Você sabe por que tem de alimentar corretamente suas galinhas caipiras?

A alimentação influencia diretamente na produção de ovos, carne, ou de ambos, na criação de galinhas caipiras. Portanto, o correto manejo da alimentação dessas aves é fator primordial para o sucesso do empreendimento

Alimentação de galinhas caipiras   Artigos Cursos CPT


galinha caipipira

A alimentação influencia diretamente na produção de ovos, carne, ou de ambos, na criação de galinhas caipiras

Você sabe por que tem de alimentar corretamente suas galinhas caipiras? Simples: a alimentação influencia diretamente na produção de ovos, carne, ou de ambos, na criação de galinhas caipiras. Portanto, o correto manejo da alimentação dessas aves é fator primordial para o sucesso do empreendimento.

Para você ter uma ideia, quando as galinhas caipiras têm uma alimentação com menores quantidades de alimentos concentrados (milho, farelo de soja,  e outros), a produtividade é reduzida, e o manejo alimentar passa a ser definidor do sistema de produção adotado.

Qual é o melhor sistema de criação de galinhas caipiras?


No sistema caipira, tem-se quatro opções de produção. Pode-se produzir ovos, frangos de corte, pintos de um dia ou frangas de reposição. E ainda, fazer uma ou mais combinações com estas alternativas.

Em função das condições climáticas, da facilidade de obtenção dos insumos necessários e do mercado consumidor, o produtor pode definir o volume da produção, ou seja, o número de aves produzidas, e o sistema em que as aves serão criadas. Seja ele qual for, o manejo da alimentação deverá ser realizado com a máxima atenção, evitando-se desperdício de tempo e investimento.

galinha caipipira

O manejo da alimentação tem como objetivo suprir os requerimentos nutricionais das aves Foto: Reprodução

Por que eu devo me preocupar quanto a forma correta de alimentar minhas galinhas poedeiras?


O manejo da alimentação tem como objetivo principal suprir os requerimentos nutricionais das aves em todo o seu período de desenvolvimento e de produção, otimizando o crescimento, a eficiência produtiva e a lucratividade da exploração, já que o custo com alimentos representa cerca de 75% do custo total de produção.

“O uso de alimentos alternativos permite, assim, reduzir os custos com a alimentação”, afirma o professor Luiz Fernando T. Albino, professor do Curso a Distância CPT Criação de Frango e Galinha Caipira, em Livro+DVD e Curso Online.

Em um sistema extensivo de criação, as aves ficam totalmente soltas e consomem o que encontrarem disponível no campo, mas alguns criadores, na tentativa de melhorar o desempenho, fornecem sobras de comida (verduras, sobras de arroz etc.), milho, etc.

Já em sistemas de criação onde é fornecida uma ração balanceada, esta deve ser disposta em comedouros, protegidos do sol e da chuva, que deverão ficar no interior da construção. Os comedouros podem, também, ficar na área de pastagem desde que sejam guardados assim que houver ameaça de chuva e devem ser sempre trocados de local, para não deteriorar a qualidade do pasto que está próximo a ele.

A ração inicial, tanto para corte quanto para postura, deve ser fornecida de forma balanceada. Este é o período que define o potencial produtivo do lote. Os ingredientes não convencionais podem e devem ser utilizados para minimizar os custos, desde que não apresentem fatores antinutricionais que comprometam o desempenho das aves.

galinha caipipira

Num sistema extensivo de criação, as aves ficam totalmente soltas e consomem o que encontrarem disponível no campo Foto: Reprodução

O fornecimento da ração para frango está relacionado com a qualidade e o tamanho da área de pastagem destinada a cada ave. Assim, em uma criação de aves caipiras, na qual sejam fornecidos 50% de consumo à vontade, as galinhas necessitariam de 4 a 5 m2 de pasto por ave. No caso de fornecimento de 80% do consumo à vontade, esta área seria reduzida para apenas 3 a 4 m2.

No sistema de confinamento, um frango alimentado apenas de ração consome em média, até 60 dias de idade, seis quilos de ração. A alimentação voltada para a produção de carne ou de ovos deve atender as necessidades de manutenção e de produção das aves.

Em geral, toma-se por base o fornecimento de ração balanceada, que é em torno de 70% do que as aves consumiriam caso fossem alimentadas somente com ração. Com a ração balanceada, as aves rapidamente ganham peso e aumentam a produção de ovos, obtendo o máximo de aproveitamento do seu potencial de crescimento.

A ração para frangos pode ser utilizada no sistema caipira, desde que balanceada especificamente para frangos de corte e poedeiras, e formulada para atender as exigências nutricionais de cada fase da criação. Esta é a dificuldade de apresentar fórmulas prontas e acabadas.

O que é necessário para formular rações na propriedade?


Em primeiro lugar, deve-se conhecer:
- As exigências nutricionais das aves;
- As tabelas de composição química dos ingredientes; e
- Os fatores econômicos envolvidos.

Os principais ingredientes possíveis de serem utilizados na fabricação de rações são:


- Fontes Energéticas: milho, sorgo, triguilho, triticale, quirera de arroz, farelo de trigo, óleo de gomado de soja, gordura animal, raspa de mandioca, farelo de arroz.
- Fontes Proteicas: Farelo de soja, farelo de algodão, farelo de amendoim, farelo de girassol, farelo de glúten, levedura de álcool, farelo de canola, soja integral processada;
- Fontes Minerais: Calcário calcítico, farinha de ossos calcinada, fosfato bicálcico, sal comum, fosfato monoamônio;
- Micronutrientes: Mistura de minerais e vitaminas (premix).

É importante esclarecer todas as rações deverão ser complementadas com sal mineral e vitaminas e, se necessário, com DL-Metionina, para atender as exigências das diferentes categorias de aves.

Alimentação de galinhas caipiras: milho   Artigos Cursos CPT

O que saber sobre as rações?


As rações representam algo em torno de 70% dos custos de produção das aves. Este é um bom motivo para se preocupar com a sua qualidade seja ela comprada pronta ou fabricada. O manuseio e o armazenamento corretos serão importantes elementos de economia e de manutenção da qualidade.

O aspecto físico da ração também influencia no seu aproveitamento e conservação. A ração farelada é a forma original do momento da elaboração da ração. As peletizadas são feitas com tratamento de vapor e compressão, produzindo pellets com os ingredientes fortemente aderidos, o que irá impedir desperdícios e diminuir a ação de contaminantes.

Apesar do maior custo, proporcionará melhor desempenho para as aves. A ração triturada nada mais é que a peletizada, triturada em fragmentos menores, ideal para a fase inicial das aves.

As rações e as matérias-primas devem ser armazenadas em locais adequados para assegurar a qualidade nutricional dos alimentos e evitar desenvolvimento de fungos prejudiciais às aves. O controle de insetos, roedores e pássaros é também muito importante. Deve-se ter um planejamento que evite a necessidade de armazenamento por longos períodos.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Avicultura.

Portanto, não perca tempo!


Leia, também, outros arigos relacionados ao tema:

Frangos e galinhas caipiras - dicas de manejo para o sucesso do empreendimento.
Galinha caipira - aprenda a escolher a melhor ave para o consumo

Por Silvana Teixeira.

 

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual sobre as Principais Raças de Galinha com fim Comercial

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Cursos Relacionados

Curso Criação de Frango e Galinha Caipira Curso Criação de Frango e Galinha Caipira

Com Prof. Dr. Luiz Albino

R$ 475,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,58 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos

Com Prof. Dr. Júlio Puppa

R$ 475,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,58 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar e Operar um  Pequeno Abatedouro de Frangos Curso Como Montar e Operar um Pequeno Abatedouro de Frangos

Com Prof. Dr. Luiz Albino

R$ 468,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Carolina Costa Silva Lopes

23 de ago de 2018

Boa tarde! Posso acrescentar farelo de urucum/semente na ração para minhas galinhas poedeiras? Se sim, qual a proporção? Obrigada!

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de ago de 2018

Olá Carolina,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Você pode acrescentar o farelo sim. Para mais informações, você pode entrar em contato com um técnico da área, pois a quantidade depende da tabela de nutrição da ração que você quer fornecer.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

afonso

31 de mai de 2018

Olá, como faço ração para minhas galinhas, tenho soja e milho ,

Resposta do Portal Cursos CPT

1 de jun de 2018

Olá Afonso,

Para aprender como fazer ração para galinhas, clique aqui.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Veraluciarosarosa

21 de out de 2017

Excelente, gostaria de aprender como iniciar um criadouro de galinhas caipiras no fundo de quintal,de pequeno porte,negociar com ovos e frangos, muito obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de out de 2017

Olá, Vera Lucia.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Mirian dantas

25 de jun de 2017

Bom dia gostaria de saber qual eo cosumo de uma galinha poendeira por dia na fase inicial e na fase de recria agradeço de ja sua resposta;

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de jun de 2017

Olá, Mirian.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. No nosso Curso de Galinhas Poedeiras - Cria e recria, você encontra essa e outras informações.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

KERLEN OLIVEIRA

2 de mai de 2017

Ok, obrigada por cadastrar meu email mas, por favor, quantas vezes devo alimentar galinhas caipiras em confinamento total? Não tive esta resposta. A materia que consta no site eu lí toda mas nao responde a minha pergunta diretamente. Podem me ajduar?

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de mai de 2017

Olá Kerlen,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para garantir resultados satisfatórios, o produtor precisa ter acesso a rações que sejam de excelente qualidade. De acordo com o período de idade em que a ave se encontra, a alimentação é dividida em três etapas: programa de alimentação para a fase inicial; programa de alimentação para a fase de recria; programa de alimentação para a fase de produção.

É importante que o criador conte sempre com a orientação de um nutricionista, ele indicará a quantidade certa de ração e as proporções para cada idade das aves. Tendo em vista que as quantidades de ração no período de zero a seis semanas e na época de recria são diferentes.

As galinhas poedeiras durante o crescimento precisam se alimentar à vontade, pois dependem disso para o desenvolvimento corporal e o amadurecimento para uma vida em postura. Na fase de produção é preciso que a ração diária seja controlada, pois, se a ave comer o quanto quiser, na fase de produção ela engordará e isso causará uma diminuição da vida produtiva.

As aves mais leves consomem cerca de 90g a 110g de ração por dia. Nesse caso, o criador pode escolher se irá adquirir alimentos comerciais, que são, em geral, mais caros, ou se irá produzi-los em sua própria granja.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

KERLEN OLIVEIRA

29 de abr de 2017

Bom dia, estou iniciando uma pequena produção de galinhas caipiras para basicamente produzir ovos. Devido a outros animais e também a vizinhança (por ser um condomínio de casa rurais) precisa ser de confinamento total pois não é permitido criação de animais soltos. Tenho duvidas sobre quantas vezes devo alimenta-las já que elas possuem apenas esta alimentação, não possuem áreas de pastagem. Como nao quero criar para abate, devido ao pouco espaço, qual é o procedimento quando a galinha para de botar e fica no ninho direto, no período de chocar ovos (mesmo eu recolhendo todos eles)? Obrigada pela ajuda.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de mai de 2017

Olá Kerlen,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo sobre avicultura.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Raimundo Oliveira de Queiroz

9 de abr de 2017

Me ajudem a fazer essa ração: Tenho disponível os seguintes ingredientes pelo um bom preço. MILHO MOÍDO, FARINHA DE CARNE E OSSO COM 45% DE PROTEÍNA BRUTA, FARELO DE CASCAS DE BANANA MOÍDO, FARELO DE FOLHAS DE MANDIOCAS MOÍDO, FARELO DE BAGAÇO DE CANA DE AÇUCARA MOÍDO.

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de abr de 2017

Olá Raiumundo,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,
Ana Carolina dos Santos

Julio Cezar dos Reis

5 de fev de 2017

Boa noite, eu ja sou cliente de você, eu estou iniciando uma criação de galinha caipira, na intenção de produzir carne e ovos, estou querendo iniciar com a galinha pescoço pelado, pra dupla aptidão, mais ainda tenho muitas duvida, na fabricação de ração, queria uma ajuda de vocês para me ajudar a elaborar uma ração, que sirva pra eu manter elas produzindo ovos e que sirva tambem para abate, pois eu pretendo manter a criação assim, produzindo ovos e eu tirando algumas para abate.

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de fev de 2017

Olá Julio Cezar,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber o boletim informativo sobre avicultura.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Francisco Das Chagas Damasceno Lima

26 de jan de 2017

Boa tarde, gostaria de saber de como fazer ração para galinha caipira e quais os ingredientes a ser usado?

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de fev de 2017

Olá Francisco,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Esses são os ingredientes necessários para fazer 10kg de ração balanceada para galinhas que estão entre a décima e a décima oitava semana de vida. (Fonte: Emater/MG)
Farelo de milho - 6,300 g
Farelo de soja - 3,550 g
Calcário Calcitico - 0,090 g
Sal Mineral - 0,050 g
Premix (vitaminas e minerais) - 0,010 g

Modo de Preparo:

Primeiro, o avicultor deve misturar os ingredientes de menor quantidade para que os produtos tenham uma mistura homogênea. Depois, deve acrescentar os outros ingredientes e fazer uma mistura durante alguns minutos, de forma que todos os ingredientes tenham uma aparência uniforme.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Carlos Eduardo

15 de jan de 2017

Bom dia!! Sou criador de Caipirão, e estou com um problema em meu criatório, já dois lotes que não atingem o peso médio de carcaça com 84 dias de 2.500gr. Estão ficando abaixo dos 2.000kg, todo uniforme. Qual seria o motivo, não aparentam nenhuma infermidade!!!

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de jan de 2017

Olá Carlos Eduardo,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Como está sendo realizado o manejo nutricional destas aves? Seria interessante consultar um veterinário especializado em aves para uma correta avaliação.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Avicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade