Peixes ornamentais de água doce são coloridos, resistentes e de fácil manejo

Entre as espécies de peixes ornamentais de água doce destacam-se os caracídeos, poecilídeos, ciclídeos e anabantídeos

A oferta ainda é inferior à demanda, portanto, ter sucesso na criação depende de criar em grande quantidade e com qualidade.

A oferta ainda é inferior à demanda, portanto, ter sucesso na criação depende de criar em grande quantidade e com qualidade.

Eles enfeitam os ambientes com suas cores e movimentos graciosos. Ocupam pouco espaço e são fáceis de criar. Os peixes ornamentais encantam pela beleza e leveza. Hoje, são cultivados em todo o mundo e diversos piscicultores dedicam-se a trabalhos de melhoramento genético, visando obter novas variedades.

Normalmente, as espécies mais cultivadas são aquelas que necessitam de pouca ou nenhuma técnica de manejo. De acordo com o professor Dr. Manuel Vazquez Vidal Júnior, no curso Produção de Peixes Ornamentais, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “a oferta ainda é inferior à demanda, portanto, ter sucesso na produção depende de criar em grande quantidade e com qualidade”. Ele acrescenta que, entre os peixes ornamentais de água doce, destacam-se quatro famílias.

Uma delas é os caracídeos, peixes pequenos e calmos. Estão entre os mais conhecidos no aquarismo pelas cores variadas e belas, pela resistência e facilidade de manejo. Geralmente vivem em grandes cardumes. Dentre eles, os Tetras são os mais procurados, dadas as suas cores realçantes. Outros representantes da espécie são o Neon e o Mato-Grosso.

Guppys, Molinésias, Platys e Espadas estão entre os representantes mais importantes  dos poecilídeos, peixes resistentes que se reproduzem facilmente em cativeiro. São calmos e gostam de viver em cardume.

Os ciclídeos estão entre os peixes ornamentais mais conhecidos. São divididos em dois grupos, o dos menores, que é composto por peixes como o Kribensis cujo tamanho raramente excede 7,5 cm. E os  maiores, como o Apaiaris, que podem alcançar de 30 até 50 cm.

Peixes com sistema auxiliar de respiração, os anabantídeos, também conhecidos labirintídeos, sobrevivem em águas com pouco oxigênio. Seus representantes mais conhecidos são o Beta, o Beijador e a Colisa.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Criação de Peixes em Viveiros Escavados

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Cursos Relacionados

Curso Produção de Peixes Ornamentais Curso Produção de Peixes Ornamentais

Com Prof. Dr. Manuel Vazquez JR

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade