Ligue Agora (31) 3899-7000 WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Especialista: Pessoas desejam consumir carne com qualidade ética!

As pessoas desejam consumir carne com “qualidade ética”, ou seja, carne de animais manejados através de sistemas que promovam seu bem-estar, ambientalmente corretos e eticamente sustentáveis

Especialista: Pessoas desejam consumir carne com qualidade ética   Notícias Cursos CPT

 

Dados comprovam que os suinocultores brasileiros têm obtido altos índices zootécnicos no que diz respeito a quantidade de carne magra na carcaça suína e vários fatores, associados, contribuíram para tamanho desempenho, em especial o manejo.

“Manejo é um dos fatores essenciais para o sucesso da suinocultura. Entende-se por manejo o conjunto de técnicas utilizadas na criação, em suas diferentes etapas, desde o nascimento até o abate do animal”, afirma Dr. Paulo César Brustolini, professor do Curso a Distância CPT Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate, em Livro+DVD e Curso Online.

É primordial ressaltar que, nos dias atuais, as pessoas desejam consumir carne com “qualidade ética”, ou seja, carne de animais manejados através de sistemas que promovam seu bem-estar, ambientalmente corretos e eticamente sustentáveis. Em alguns novos processos de industrialização, porém, nos quais a quantidade põe a qualidade em segundo plano, quase sempre resultam em sofrimento para os animais.

Uma das novas tendências do manejo correto tem duas vertentes de conduta para melhorar o bem-estar do animal: enriquecimento ambiental e reorganização dos sistemas de produção. Quanto ao enriquecimento ambiental, a ideia é introduzir melhorias nos locais de confinamento com o objetivo de tornar o ambiente mais adequado às necessidades comportamentais do suíno, colocando objetos como concorrentes e “brinquedos” - isto é tão importante que chega a reduzir os casos de canibalismo. Também é recomendado colocar palha no piso evitando piso rispado, garantir área mínima por animal, reduzindo os casos de agressão, separar as áreas de descanso e excreção e ampliar o espaço nas gaiolas.

Quanto ao sistema de produção, pesquisadores propõem sistemas alternativos e defendem a criação ao ar livre (extensiva). Sustentam, ainda, que o fator humano é essencial para o bem-estar do animal e a produtividade. Neste sentido, a forma como o tratador se relaciona com a criação tem influência direta no comportamento do suíno. Gritos, agressões e outras formas de violência são atitudes condenáveis, assim como a utilização de cães no interior das instalações.

Negar bem-estar aos animais significa carne de qualidade inferior, perda de produção e queda nas vendas.

 

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Suinocultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!