WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Apicultor extrai mel usando menos fumaça

Fumaça reduz a agressividade das abelhas, mas interfere na qualidade do mel

Apicultor de Pernambuco desenvolve técnicas que podem ajudar na criação de abelhas. Foto: reprodução.

Apicultor de Pernambuco desenvolve técnicas que podem ajudar na criação de abelhas. Foto: reprodução.

A técnica mais comum para a extração do mel das colmeias é usando um fumegador, que ajuda a diminuir a agressividade das abelhas. No entanto, a fumaça fica impregnada no mel, reduzindo bastante a qualidade. Para tentar resolver o problema, o apicultor Adelmo Cabral, do sertão do Pajeú, em Pernambuco, desenvolveu uma técnica que utiliza um labirinto, que permite colher o mel com menos fumaça.

O equipamento é colocado na colmeia um dia antes da colheita do mel, único momento em que se aplica a fumaça. Durante a noite, as operárias descem para o ninho, mas, por causa do labirinto, não conseguem voltar. No dia seguinte, o mel pode ser colhido sem precisar enfumaçar o lugar.

No entanto, essa não é a única inovação de Adelmo na propriedade. Uma técnica chamada de condomínio aumenta a produtividade das abelhas. Em uma única colmeia, os ninhos ficam agrupados e as melgueiras ocupam quase o mesmo espaço. Uma tela impede as rainhas de se encontrarem (uma pode matar a outra), permitindo a passagem apenas das operárias, que são bem menores.

Além disso, a roupa utilizada no manejo é feita de tecido de paraquedas, material resistente que as abelhas não conseguem perfurar. Assim, de acordo com o apicultor, enquanto uma colmeia comum produz cerca de 30kg por ano, no sistema de condomínio a produção pode atingir 150kg. O mel produzido é repassado a uma cooperativa que atende outros 200 apicultores da região.

Adelmo agora ajuda na capacitação de outros criadores da região. No treinamento, além de passar as técnicas desenvolvidas por ele, também são difundidas ideias de reflorestamento, técnicas para multiplicar os enxames e a troca anual da rainha.

A maior parte do mel produzido na propriedade é vendida em Recife. Mas, também, é ensacado em sachês que reforçam a merenda escolar. Os produtores cooperados estão animados com as mudanças e já pensam até em exportar. Enquanto isso, Adelmo já está dando palestras e cursos em outros municípios pernambucanos e na Paraíba.

Por: Maria Clara Corsino.

 

Fonte: Globo Rural.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

maria rosa barbosa

2 de jan de 2017

Gostaria de saber como adquirir os macacões para apicultura feitos com tecidos de paraquedas, pois, somos apicultores e gostaria de experimentar essa tecnologia.

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de jan de 2017

Olá Mario Rosa,

Recomendamos que procure em lojas especializadas em produtos de apicultura, sobre mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

IVANILDO ÂNGELO

20 de ago de 2012

Bom dia, você tem uma fita de vídeo onde mostra todas essas técnicas do Adelmo Cabral, pelo que vi na Globo tem muito mais na sua apostila que foi desenvolvida por ele e que não foi mostrado.

Resposta do Portal Cursos CPT

21 de ago de 2012

Olá, Ivanildo!

Nossas consultoras entrarão em contato para mais informações sobre os Cursos de Apicultura.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!