Vassourinha Verde - de planta invasora à planta de cultivo

A vassourinha verde, também conhecida como Alecrim do Campo, está mudando a vida dos criadores de abelha do norte de Minas. Diga-se de passagem, muito para melhor!

Alecrim verde

A vassourinha verde, também conhecida como Alecrim do Campo, largamente encontrada nos campos do cerrado mineiro, até muito pouco tempo era considerada uma planta invasora. Atualmente, ao contrário de antes, é planta de grande cultivo e está mudando a vida dos criadores de abelha do norte de Minas. Diga-se de passagem, muito para melhor!

Diariamente, as abelhas voam pelos campos com o intuito de coletar néctar e pólen das flores para fabricar alimento. Algumas operárias, no entanto, são destacadas para uma função especial: extrair resinas medicinais produzidas pelas plantas e fabricar a própolis, massa de cor escura usada para matar fungos e bactérias da colmeia. Com essa massa, as abelhas também conseguem fechar os espaços abertos das colmeias, impedindo a entrada de luz e vento e, ainda, mumificar insetos invasores para que, depois de mortos, não apodreçam e contaminem o ambiente.

O que muitos não conheciam, no entanto, era o grande poder medicinal que a vassourinha do campo e a própolis verde possuem, característica esta que está fazendo desta dupla uma excelente oportunidade de negócio e geração de renda para agricultores e apicultores.

A própolis verde é feita a partir da resina da vassourinha do campo. Assim como o Alecrim do campo, a própolis verde possui muitos poderes medicinais, entre eles, o Artepelin-C; substâncias antimicrobianas; atua na prevenção da gripe; combate resfriados, bronquites e outras doenças infecciosas. Também atua no combate ao câncer e melhora o sistema imunológico. A coleta, por sua vez, é feita a partir das folhas jovens, brotinhos, onde as substâncias estão concentradas.

Atualmente, a própolis verde é exportada para 18 países, entre eles o Japão – nosso maior consumidor. Sua produção é uma atividade menos trabalhosa, necessita de menos mão de obra e é bem mais fácil de se vender. O mel, antes almejado para a comercialização, agora nada mais é que alimento para as próprias abelhas.

Na prática, a produção da própolis verde é feita deixando-se espaços abertos nas caixas (colmeias). Isto faz com que as operárias comecem imediatamente o trabalho de fechar este espaço, para impedir a entrada de luz e vento. Após uma semana, o apicultor pode voltar ao local e retirar a própolis apenas com a ajuda de um estilete. Tão logo o faça, elas recomeçam todo o trabalho.

Ao que tudo indica, então, o cultivo da vassourinha verde ou alecrim do campo só trás benefícios ao agricultor. Para tal, necessita-se apenas corrigir o solo, adubar, plantar e aguardar a visita das abelhas.

Por Silvana Teixeira.
Fonte: Globo Rural.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Manejo do Apiário - Mais Mel com Qualidade Curso Manejo do Apiário - Mais Mel com Qualidade

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 420,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção e Processamento de Própolis e Cera Curso Produção e Processamento de Própolis e Cera

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Pólen e Geleia Real Curso Produção de Pólen e Geleia Real

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade