WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pimenta-do-reino: história e produção

A pimenta-do-reino, uma das especiarias mais antigas conhecidas, é cultivada principalmente em países de climas tropicais e subtropicais. Sendo assim, encontra no Brasil condições ideais

Pimenta-do-reino: história e produção   Dicas Cursos CPT

 

A pimenta-do-reino, uma das especiarias mais antigas conhecidas, é originária do sudeste da Índia. É cultivada principalmente em países de climas tropicais e subtropicais. Sendo assim, encontra no Brasil condições ideais para o seu cultivo. Sua produção no Brasil é exportada para dezenas de países, nas formas de pimenta preta, pimenta branca e pimenta verde ou em salmoura, sendo que a maior parte produzida é de pimenta preta.

"Cerca de 90% da produção brasileira é exportada para outros países, cabendo apenas 10% ao consumo interno. Estados Unidos, Holanda, Argentina, Alemanha, Espanha, México e França são os maiores importadores da pimenta brasileira", afirma Barachisio Lisboa Casali, professor do Curso a Distância CPT Produção e Processamento de Pimenta-do-Reino, em Livro+DVD e Curso Online.

Na região Norte brasileira, a cultura tem grande importância econômica e social. Trata-se de uma cultura que absorve a mão de obra rural e representa um fator de incremento da renda familiar, devido ao alto preço alcançado no mercado doméstico e internacional.

A pimenta-do-reino é usada em larga escala como condimento, proporcionando sabor agradável e facilitando a digestão dos alimentos, sendo consumida também pelas indústrias de carnes e conservas e, ainda, nas indústrias farmacêuticas. É utilizada na culinária de diversos países. Tem sabor forte, levemente picante, proveniente da piperina, um dos seus principais compostos químicos ativos. Por isso, foi muito utilizada, desde a idade média até alguns séculos depois, para disfarçar o sabor dos alimentos em início de decomposição.

5 dicas para a produção da pimenta-do-reino:

- A primeira etapa para o plantio da pimenta-do-reino é escolher a área, observando as exigências quanto ao clima e ao solo.

- Além das características do solo, também devem ser considerados os aspectos fitossanitários, visto que a Fusariose é um dos problemas mais sérios da pipericultura.

- A distância entre uma área infestada e a que vai ser plantada deve ser de 1000 metros.

- O solo não pode ser sujeito a encharcamento.

- Deve-se escolher área com topografia ligeiramente plana e lençol freático profundo, solos preferencialmente areno-argilosos para facilitar a infiltração da água.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


- Vai plantar pimenta-do-reino? Então, saiba mais sobre ela!
- Vai plantar pimenta-do-reino? Conheça a Singapura

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Plantas Medicinais.
Por Silvana Teixeira.

 

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Lázaro Paes Coelho Batista

10 de ago. de 2021

Bom dia. Gostei muito das informações sobre a pimenta do reino.Tenho interesse em saber mais, ok? obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de ago. de 2021

Olá, Lázaro Paes

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

Ficamos felizes em saber que você gostou de nosso artigo.

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos sobre os cursos que serão fundamentais para o seu aprendizado.

Atenciosamente,
Erika


Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!