WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Plantas Medicinais: formas de uso e seu preparo. Quer aprender?

As plantas tratam sintomas internos e externos por meio de chás, sucos, pós e tinturas de formas eficazes

Plantas Medicinais: formas de uso e seu preparo. Quer aprender?

Formas de usar as Plantas:

Tanto para o tratamento de sintomas internos como para problemas externos, as plantas podem ser usadas na forma de chás, sucos, pós e tinturas. Em qualquer forma de preparo, devem ser usados utensílios de ágata, cerâmica ou vidro, nunca alumínio, explica a Prof.ª Dr.ª Maria Bergo, do Curso Uso de Plantas Medicinais em Dermatologia.


Chá por Infusão:

A infusão consiste em despejar água fervente sobre a erva fresca ou desidratada, deixando-se repousar por 5 a 10 min, de preferência tampado. Após o repouso, o chá deve ser filtrado.

• Essa forma de preparo é indicada para flores e folhas de textura fina.

A proporção da erva vai depender da finalidade do uso. Para uso interno, geralmente, recomenda-se a proporção de uma a duas colheres de chá de erva
para uma xícara de chá de água. Para uso externo a proporção pode ser maior


Decocção:

A decocção é indicada para raízes, cascas, sementes e folhas de textura grossa.

A erva é colocada na água fria, na proporção de uma a duas colheres de chá da planta fresca ou seca para cada xícara de água. Em seguida, o chá é levado ao fogo e deve ferver durante 3 a 20 min, dependendo da textura da erva. Se forem folhas, deve ferver apenas três minutos; se forem raízes, cascas ou sementes duras, podem ferver até 20 min. Após o cozimento, o chá deve repousar por 10 a 15 min, tampado. Em seguida, deve ser filtrado. A dosagem de erva pode ser maior quando se trata de uso externo.


Maceração:

No método da maceração, a planta é colocada, amassada ou picada, de molho em água fria, durante 10 a 24 h, dependendo da parte utilizada. Folhas,
sementes e partes tenras ficam de 10 a 12 h. Talos, cascas e raízes duras, de 22h a 24h. Após cumprido o período de maceração, o chá deve ser coado.


Suco:

O suco é obtido pela trituração de folhas no liquidificador ou espremendo-se os frutos. Deve ser preparado no momento do uso. Na Cosmética e na Dermatologia pode ser usado na composição de máscaras, em compressas, em formulações de xampus e outras formas.


Pó:

Para fazer o pó é preciso, inicialmente, secar a planta. Em seguida, ela deve ser triturada. As folhas podem ser trituradas em um processador e as cascas e raízes podem ser moídas ou raladas. Para obter um pó bem fi no, a planta triturada deve ser passada em uma peneira ou pano. O pó deve ser guardado em vidro seco e tampado.


Tintura:

A tintura é uma forma de preparação em que se extrai os princípios ativos das plantas, utilizando-se álcool. De preferência, deve ser usado o álcool de cereais no preparo.

A tintura pode ser preparada com plantas frescas ou secas, previamente picadas ou trituradas. O procedimento para o preparo de tintura é o mesmo para qualquer parte da planta: raízes, caules, flores ou folhas.


Gostou dessa matéria? Descubra tudo o que o Curso CPT tem a oferecer! Assista ao vídeo abaixo!


Conheça agora o  Cursos na Área Plantas Medicinais.
Por: Thiago de Faria

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!

Precisa de ajuda?