WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Aquaponia: quais são os parâmetros da água circulante?

Um dos maiores desafios dentro da aquaponia é, justamente, garantir uma condição ideal de qualidade da água, para suprir as exigências de todos os elementos envolvidos na aquaponia

Aquaponia: quais são os parâmetros da água circulante?   Dicas CPT

Um dos maiores desafios dentro da aquaponia é, justamente, garantir uma condição ideal de qualidade da água, para suprir as exigências de todos os elementos envolvidos na aquaponia, ou seja, os peixes, as plantas e as bactérias, porque cada um tem uma exigência muito específica, mas a água circulante é a mesma.

“Então, é necessário garantir que os parâmetros dessa água circulante, que passa por todos eles, cumpram as exigências em termos mínimos desses organismos”, explica Thiago Archangelo Freato, professor do Curso CPT Produção de Peixes e Hortaliças no Sistema de Aquaponia.

Existe um limiar muito estreito entre a exigência de cada um, e é preciso tomar bastante cuidado e ter muita atenção no sistema de aquaponia quanto aos parâmetros de qualidade de água, em especial:


- Temperatura;
- Oxigênio dissolvido;
- pH;
- Condutividade elétrica.

Enquanto a maioria dos peixes comerciais de clima tropical, por exemplo, requer uma faixa ideal de temperatura entre 24°C e 30°C para se desenvolverem melhor, plantas folhosas como a alface já exigem uma temperatura um pouco mais baixa que não deve ultrapassar 24°C a 25°C para ter seu máximo desempenho.

As bactérias também exigem uma temperatura abaixo de 28°C. Por isso, é preciso realizar alguns manejos e alguns cuidados para garantir esse controle bem delicado de temperatura, pH e outros parâmetros de qualidade da água.

O nitrogênio é o nutriente requerido pelas plantas em maior quantidade. No sistema aquapônico esse nitrogênio é absorvido pelas plantas, principalmente, na forma de nitrato. As bactérias nitrosomonas e nitrobacter, que fazem essa transformação, estão presentes no filtro biológico.

Geralmente, são necessários 20 a 40 dias após a introdução dos peixes para que um sistema aquapônico apresente seu ciclo de nitrificação em equilíbrio e seja possível o início da introdução das plantas.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!