Fábrica de pizza congelada - planeje e obtenha sucesso em seu empreendimento

Ao planejar seu empreendimento, é importante fazer uma pesquisa de mercado para ter a certeza de que o seu produto terá boa aceitação

A produção de massas de pizza congelada tem atraído a atenção de indústrias já estabelecidas, principalmente ligadas à atividade de panificação e de outras massas alimentícias.

A produção de massas de pizza congelada tem atraído a atenção de indústrias já estabelecidas, principalmente ligadas à atividade de panificação e de outras massas alimentícias.

A produção e o consumo de massas alimentícias congeladas vêm aumentando muito nos últimos anos, em virtude das exigências da vida moderna, onde a participação da mulher no mercado de trabalho tem sido crescente e demanda a utilização de produtos de rápido preparo. A produção de massas de pizza congelada tem atraído a atenção de indústrias já estabelecidas, principalmente ligadas à atividade de panificação e de outras massas alimentícias (como pastéis), podendo ser produzida uma infinidade de produtos, a partir de uma mesma massa básica, como forma de validar o processo produtivo.

“A pizza pronta e congelada é ideal para aqueles que buscam praticidade e sabor. Há uma boa diversificação de sabores de pizza congelada disponível no mercado para atender até os padrões mais exigentes e sofisticados”, afirma Mônica Ribeiro Pirozzi, professora do curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Pizza Congelada, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

A pizza pré-assada é ideal para se preparar em casa, com a vantagem de que o consumidor escolhe o recheio de sua preferência e pode criar sabores diversificados. Certo mesmo é que não faltarão consumidores para este tipo de produto, se for feito mediante um bom padrão de qualidade e com custo compatível. O perfil do consumidor alvo do produto é uma importante informação que o empreendedor deve ter em mãos, que pode ser usada, inclusive, para ajudar a dimensionar a fábrica.

Atualmente, os consumidores preferem a praticidade de se assar pizza congelada na sua própria casa, ao invés de irem a pizzarias.

Atualmente, os consumidores preferem a praticidade de se assar pizza congelada na sua própria casa, ao invés de irem a pizzarias.

Mercado

Ao planejar seu empreendimento, é importante fazer uma pesquisa de mercado para ter a certeza de que o seu produto terá boa aceitação. Esta pesquisa deve ser realizada antes da implantação da fábrica, pois por meio dela é que se terá uma definição da viabilidade do projeto. O empreendedor deve visitar todos os comerciantes da região que trabalham com pizzas e procurar obter deles o maior número possível de informações, assim saberá o interesse do público consumidor. Outra pesquisa a ser feita é junto aos possíveis fornecedores. Deve-se conseguir a melhor matéria-prima, sempre dentro do mesmo padrão. Isso deve ser certificado antes da implantação da fábrica.

O futuro da indústria de pizza congelada passa obrigatoriamente pela seriedade com que o empreendedor vai assumir o conceito da qualidade total para evitar, ao máximo, o desperdício e  buscar uma produção eficiente, a partir da garantia de um ambiente de satisfação para os funcionários, que se reverterá em bons lucros para a empresa. O mercado, hoje, seja de massas de pizza, seja de qualquer alimento pronto, carece de boas empresas, com empreendedores dispostos a investir em qualidade, fazendo um produto diferenciado pelo padrão que é oferecido aos consumidores. A qualidade dos produtos, as condições de higiene e a criatividade no preparo dos recheios são sempre requisitos essenciais para uma clientela que está, cada vez mais, exigente.

Planejamento

O planejamento é essencial em qualquer atividade humana para que se obtenha o sucesso desejado. No ramo da pizza congelada, é importante que o empreendedor leia tudo o que encontrar sobre o tema e procure se informar sobre todos os aspectos da atividade. É preciso aguçar a curiosidade e a atenção, se você escolher este ramo; pesquisar muito, testar todos os produtos e fórmulas e procurar inovar sempre. Além disso, é importante dimensionar bem o seu empreendimento e analisar o seu potencial financeiro para evitar gastos desnecessários com a compra de equipamentos muito sofisticados, ou mesmo com a aquisição de equipamentos que rapidamente estarão em desuso; outro aspecto é quanto às instalações, é preciso prever futuras ampliações para evitar grandes reformas e até a inviabilidade do projeto.

Aspectos legais

Assim que se decidir pela implantação da empresa, o empreendedor deve procurar a prefeitura local para conhecer a legislação específica relativa à implantação de indústria alimentícia. É importante que se conheça, de antemão, o código sanitário fornecido pela prefeitura local; o código de defesa do consumidor, fornecido pelo PROCON, para adequar seu produto às normas estabelecidas. Outra providência é registrar o produto no Ministério da Saúde, portanto, é importante consultar a Instrução Normativa número 01/SUS/MS de 30 de setembro de 1994 e a Secretaria de Vigilância Sanitária do seu Estado sobre o Dinal para obtenção do selo de Inspeção Sanitária, essencial para que o produto possa ser comercializado por todo o Estado. Outro item é a aprovação do laudo da água usada no processo.

O conhecimento da lei é muito importante para que se evitem multas e, principalmente, para evitar a contaminação dos alimentos e, até mesmo, para poder defender-se em caso de abusos por parte da fiscalização. Basicamente, são quatro os grupos de normas contidos no código Sanitário: 1) Aspectos construtivos e estruturais da fábrica; 2) Funcionamento da fábrica; 3) Registros, controles e padrões dos alimentos; 4) Fiscalização, infração e penalidades.

Recursos humanos

O número de funcionários a ser contratado dependerá das dimensões de sua fábrica; um gerente à frente do empreendimento, que quase sempre é o proprietário, que cuida de todos aspectos ligados à comercialização do produto; entra em contato com fornecedores, seleciona e contrata funcionários, entre outros. Para uma pequena fábrica de pizzas congeladas, pode-se começar com um pizzaiolo, um ajudante e uma secretária.

Um excelente funcionário será determinante para a qualidade de suas pizzas e um bom pizzaiolo precisa de, no mínimo, três anos de experiência; o empreendedor deve, portanto, investir neste funcionário, pois dele dependerá o sucesso de seu empreendimento. Várias empresas fabricantes de ingredientes para massas oferecem excelentes cursos para pizzaiolos. Por isso, o empreendedor deve estar atento a eles para enviar seus funcionários. O treinamento e a reciclagem devem ser periódicos, pois sempre se aprende muito.

Instalação

A localização de qualquer fábrica de alimentos deve ser definida, considerando alguns aspectos da infraestrutura do local, como a disponibilidade de água, rede de esgotos, energia, vias de transporte e sistemas de comunicação, além do custo. É recomendável uma análise da qualidade da água da região para verificar se está dentro das especificações desejáveis ao processamento. A proximidade com os centros consumidores e com os fornecedores pode significar um grande passo para a conquista do mercado e representa uma economia no transporte dos produtos.

A área de produção de pizzas congeladas não requer espaço físico muito grande para a sua instalação, dependendo diretamente da capacidade de produção desejada, que estará, por sua vez, definindo o tamanho dos equipamentos. É indispensável que o tamanho desta área seja suficiente para alocar todos os equipamentos, sem prejuízo para o fluxo dos trabalhadores dentro da fábrica. Pequenas empresas podem funcionar muito bem em uma área com 20 a 24 m2. A disposição dos equipamentos, mesas, bancadas e armários deve estar de acordo com a sequência de utilização para que se considere o menor trânsito possível do pessoal na área de produção, agilizando e organizando o processamento.

Da mesma forma, deve-se levar em consideração que os locais para manipulação e armazenamento dos produtos alimentícios, ou daqueles utensílios que vão entrar em contato com os alimentos, devem ser de material que não transmita substâncias tóxicas, odores e/ou sabores estranhos, que sejam capazes de resistir a repetidas operações de limpeza e desinfecção. As superfícies devem ser lisas sem rugosidades, frestas ou outras imperfeições, que possam comprometer a higiene ou que sejam fontes de contaminação. Deve-se evitar o uso de madeira e de outros materiais que não possam ser adequadamente limpos. Aço inoxidável é o material mais recomendado para as bancadas de manipulação, bem como os utensílios.

Em qualquer dependência da fábrica de pizzas congeladas, os recipientes destinados ao armazenamento dos produtos não comestíveis (material de limpeza, por exemplo) e do lixo devem ser construídos em metal ou qualquer outro tipo de material não absorvente nem permeável, que sejam de fácil limpeza e de eficiente eliminação do conteúdo de suas estruturas. As lixeiras devem estar sempre tampadas e serem, de preferência, do tipo que se abre com pedal, para evitar que os funcionários toquem com as mãos a tampa da lixeira o tempo todo. Locais estratégicos para as lixeiras, uso constante de sacos de lixo e manutenção de um funcionário responsável por este item, são práticas simples e fundamentais para uma boa apresentação da fábrica.

Confira mais informações, acessando os cursos da área Pequenas Indústrias.

Por Andréa Oliveira

Cursos Relacionados

Curso Como Montar Uma Pequena Fábrica de Pão de Queijo Curso Como Montar Uma Pequena Fábrica de Pão de Queijo

Com Prof.ª Mônica Ribeiro

R$ 470,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Pizza Congelada Curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Pizza Congelada

Com Prof.ª Mônica Ribeiro

R$ 490,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,83 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Produtos de Chocolate Curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Produtos de Chocolate

Com Prof.ª Cecília Corrêa

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Fabricação de Produtos de Limpeza Curso Fabricação de Produtos de Limpeza

Com Prof.ª Eliana Aparecida

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso de Fabricação de Cosméticos - Linha Básica Curso de Fabricação de Cosméticos - Linha Básica

Com Prof.ª Eliana Aparecida

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Alimentos Congelados Curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Alimentos Congelados

Com Prof.ª Denise Andrade

R$ 538,00 à vista ou em até 12x de R$ 44,83 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Adriana Cristiona Ronque Borghesão

7 de mai de 2015

GOSTARIA DE SABER SE O CURSO COMO MONTAR UMA PEQUENA FÁBRICA DE PIZZAS CONGELADAS,ENSINA TODO O PROCESSO DESDE FAZER A MASSA,ATÉ O CONGELAMENTO DA MESMA....

Resposta do Portal Cursos CPT

11 de mai de 2015

Olá, Adriana!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Os seguintes tópicos serão abordados no curso: Como administrar; o mercado; planejamento estratégico; equipamentos básicos; ingredientes; processamento da massa; recheios; embalagem e congelamento; cálculo de produção; procedimentos gerais de higiene; avaliação financeira; qualidade; publicidade e marketing.

Para mais informações sobre o Curso CPT Como Montar uma Pequena Fábrica de Pizza Congelada.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Pequenas Indústrias

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade