WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

#fiqueemcasa Vamos nos unir nessa corrente: só o conhecimento constrói o amanhã!

Tire suas dúvidas sobre criação de coelhos

A versatilidade dos coelhos é incrível, desde a comercialização da carne até o uso da pele para fabricação de bolsas

Tire suas dúvidas sobre criação de coelhos

“A versatilidade dos coelhos é incrível! A carne de coelho é leve, saborosa e nutritiva. Já seus pelos e sua pele viram casacos e bolsas com alto valor agregado. Até mesmo o esterco de coelhos é aproveitado para fabricação de fertilizantes. Sem falar na criação de minicoelhos, comercializados como animais de estimação”, explica José Francisco da Silva, zootécnico e professor do Curso CPT Coelhos - Técnicas de Criação

Quais os custos de criação?


Com os coelhos, gasta-se, em média, quatro quilos de ração/dia. Com isso, são gastos R$ 150, por mês, apenas com a alimentação. Não se pode esquecer das despesas com água, energia elétrica (energia solar reduz os custos) e profissionais responsáveis pelo manejo do plantel. Além disso, é importante contratar um médico veterinário para consultas periódicas. Com isso, os gastos de rotina podem chegar de R$ 350 a R$ 500,00 mensais.

Vale ressaltar que os custos podem sofrer alterações (para mais ou para menos) conforme o porte do negócio e as melhorias realizadas no coelhário, inclusive a necessidade de se contratar novos funcionários. O mais importante é controlar despesas e receitas para estimar a margem de lucro do negócio. Com planejamento financeiro e manejo adequado, o cunicultor pode maximizar a rentabilidade da produção.

Quantas matrizes adquirir?


Após a construção da estrutura e instalações necessárias, o próximo passo é a aquisição das matrizes. Inicialmente, a recomendação é que sejam adquiridas 10 fêmeas para um macho, pois os coelhos apresentam ótima performance reprodutiva. Entretanto, as matrizes devem ser adquiridas de criadores credenciados e reconhecidos no mercado para garantir coelhos vigorosos e produtivos.

Como a criação comercial de coelhos é realizada em cativeiro, os coelhos são criados em gaiolas. Uma das maiores exigências concerne ao conforto e bem-estar dos animais. Para isso, o número de animais por gaiola deve seguir as orientações de um especialista e considerar a espécie de coelho criada. Outra importante recomendação é aguardar um mês até que os animais se adaptem ao novo ambiente antes de iniciar a reprodução.

Quando iniciar a reprodução?


Após 30 dias de adaptação, o cunicultor deve esperar os primeiros sinais de cio das coelhas (vulva das fêmeas intumesce e se torna rosada). Quando isso ocorrer, deve-se colocar a coelha na gaiola com o macho para que aconteça a cópula. Para um melhor controle, é indispensável proceder a anotações, como início do cio, data do acasalamento, coelha fertilizada, entre outros. Após 36 horas, o macho pode se acasalar com outra fêmea.

A gestação da coelha pode se estender a 34 dias. Na proximidade do parto, a fêmea gestante deve ser alojada em uma caixa de madeira coberta com serragem. As crias devem permanecer com a coelha, por um mês, para que sejam devidamente amamentadas. Após esse tempo, os coelhinhos seguem para a fase de engorda (com fins de produção de carne). Nesse caso, os animais podem ser abatidos com 70 dias de vida.

Quer saber mais sobre o curso? Dê play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT da Área Pequenas Criações.

Leia o artigo "Quer criar minicoelho comercialmente? Saiba como"

Fonte: novonegocio.com.br

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Como Iniciar seu Negócio

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!