WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Alimentos fibrosos na alimentação de ovinos

Mesmo quando criados em confinamento, os ovinos devem ter os vegetais fibrosos em quantidade adequada. Do contrário, apresentam sérios problemas digestivos que podem levá-los à morte

Alimentos fibrosos na alimentação de ovinos   Artigos CPT

Uma característica típica e facilmente observável da digestão dos ruminantes é que, durante a digestão, parte do material que está no rúmen volta para a boca do animal, sendo novamente mastigado. Durante esse processo de remastigação, conhecido como ruminação, o tamanho das partículas de folhas e talos vai sendo reduzido, o que vai aumentar o desempenho da digestão.

Essa capacidade de digerir alimentos fibrosos, entretanto, implica, também, na obrigatoriedade da presença de fibra em sua dieta. Mesmo quando criados em confinamento, esses animais devem ter os vegetais fibrosos em quantidade adequada. Do contrário, apresentam sérios problemas digestivos, que podem, inclusive, leva-los à morte.

“A obrigatoriedade da presença de fibras na dieta tem desdobramentos importantes sobre o manejo alimentar”, explica Prof. Nelson Bernardi Júnior, Professor do Curso CPT Formulação e Fabricação de Ração para Ovinos na Fazenda. De forma diferente, os alimentos não fibrosos, por sua vez, como é o caso das rações concentradas servidas no cocho, são apenas em parte digeridos pelo rúmen. Essa capacidade de digestão, entretanto, é muito limitada, com consequências sobre a forma como a dieta deve ser oferecida aos animais.

Se grande quantidade de alimentos não fibrosos é consumida por um ruminante, em uma dieta com pouca fibra, ocorre um problema metabólico denominado acidose, que é o acúmulo de ácido lático no rúmen e no sangue. Por tudo isso, para que a dieta de um ovino seja balanceada em termos de fibras, os alimentos fibrosos deverão compor pelo menos 30% do total da matéria seca ingerida.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Criação de Ovinos.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!