Parede verde comestível: com quais plantas montar

Mantida na própria cozinha, nas paredes da área de serviço ou de lazer, a parede verde comestível mistura hobby, beleza e horticultura, de onde saem produtos fresquinhos e livres de agrotóxicos

Parede verde comestível: com quais plantas montar   Artigos Cursos CPT

As hortaliças apresentam um valor estético muito grande, podendo ajudar a decorar e criar recantos aromáticos, da cozinha aos jardins de uma residência. Esse valor estético pode ser explorado, considerando-se que a grande variedade de formas e cores das hortaliças permite que sejam feitas composições de muita criatividade no projeto. “A partir do conceito de horta vertical, surgiu uma variável conhecida como parede verde comestível, na qual é cultivada uma grande variedade de espécies de plantas comestíveis, como é o caso da alface, da sálvia, do alecrim, da lavanda, do aipo, entre muitas outras plantas”, afirma Eduardo Elias Silva dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Jardins Verticais - Implantação e Manutenção, em Livro+DVD e Curso Online.

Mantida na própria cozinha, nas paredes da área de serviço ou de lazer, a parede verde comestível mistura hobby, beleza e horticultura, de onde saem produtos fresquinhos e livres de agrotóxicos. É interessante perceber que, muito melhor do que ter um jardim apenas decorativo, será poder cultivar e colher as hortaliças da própria horta. Além disso, será possível combinar os vários tipos de cultivo, viabilizando a produção de plantas que vão aromatizar os alimentos, servirão para a preparação de chás e infusões e, ou poderão ser usadas em aromaterapia.

Existem dezenas de espécies de hortaliças, ervas aromáticas, medicinais e condimentares que se adaptam facilmente ao cultivo vertical. As principais são:

- Alecrim
É planta medicinal e um tempero, ao mesmo tempo. Além de passar um aroma gostoso para carnes e massas, o alecrim facilita a digestão, reduz o acúmulo de gases nos intestinos, é usado na medicina popular contra febres e doenças respiratórias. Ajuda a regular o fluxo menstrual.

- Erva Cidreira
Também conhecida como melissa, a erva cidreira é indicada na medicina popular para regular transtornos do sono, atenua o nervosismo, a ansiedade e a pressão alta, tendo, inclusive, ação de controle da herpes labial.

- Absinto
É usada para estimular o apetite, controlar bactérias do estômago, auxiliar o tratamento de problemas na vesícula, além de sua ação digestiva. Também, é feita sua aplicação tópica como curativo em feridas e em picadas de insetos.

- Abrótano
Essa espécie de planta medicinal é muito amarga, mas apresenta excelente função hepática e para a digestão. Ajuda a eliminar bactérias maléficas dos intestinos, tem ação relaxante sobre espasmos e reduz as febres causadas pelos mais variados tipos e doenças. Tem ação também como ótimo repelente de insetos e, principalmente, mosquitos e pernilongos.

- Tomilho
Usado para temperar alimentos variados, como frango, pizza e molhos. Também tem ação medicinal, como um ótimo fluidificante e expectorante, sendo recomendado na medicina popular para casos de sinusite e bronquite.

- Boldo do Chile
Ajuda a controlar problemas de digestão, reduz a flatulência e dores de barriga. É tradicionalmente usado para a cura de úlceras e espasmos, consumido na forma de chá.

- Confrei
As folhas de confrei são usadas no tratamento de doenças gastrintestinais, disenterias, inflamações, reumatismos, hemorroidas e tosses. Seu uso prolongado, geralmente, é muito prejudicial ao fígado, não sendo recomendado o seu uso como chá. Já seu uso tópico é de grande valor para a fitoterapia, graças a seu alto poder cicatrizante, anti-inflamatório e analgésico.

- Marrúbio
Erva medicinal de ação expectorante muito indicada tanto para tosses secas quanto para aqueles casos em que o doente apresenta muco. Também atua no funcionamento da vesícula biliar e do fígado, além de reduzir palpitações. É usada, popularmente, como auxiliar no controle da febre tifoide.

- Babosa
Apresenta princípios ativos curativos cicatrizantes. É conhecida por sua ação regeneradora e antioxidante natural, com reconhecidas propriedades antibacterianas e cicatrizantes, sem contar sua capacidade de reidratar a pele, o que lhe confere alto poder cicatrizante em casos de queimaduras.

- Carqueja
Usada no tratamento de anemias e asma, apresentando ação antibiótica e anti-inflamatória, além de efeitos depurativos, digestivos e diuréticos, servindo, também, como estimulante hepático, hepato-protetor e vermífugo. Outra importante ação da carqueja é sua atividade bacteriostática e bactericida de amplo espectro, o que lhe garante alta capacidade desinfetante e antisséptica.

- Arnica
Exala um aroma suave bem típico, cuja ação adstringente e cicatrizante torna seu uso mais popular no tratamento de ferimentos, em geral, na pele e de traumatismos e contusões variadas. É anti-inflamatória, analgésica e cicatrizante, em uso tópico, na forma de extrato em álcool. É um excelente tempero para sopas e carnes e quando em infusão, abre as vias respiratórias. Além disso, também ajuda emagrecer.

- Tansagem
É uma planta medicinal também conhecida como tanchagem, tanchagem-de-folha-larga, tansagem-maior, plantagem e erva-de-soldado. Suas principais propriedades são as ações depurativa, hemostática, expectorante, tônica, cicatrizante, anti-inflamatória e antisséptica. É usada no tratamento de problemas respiratórios; inflamações como otite, gengivite e estomatite; febres em geral; diarreia; dermatoses e picadas de inseto.

- Citronela
Suas folhas são muito aromáticas. É matéria-prima básica para a produção do óleo de citronela. É rica em geraniol, citronelol e citronelal, compostos utilizados na fabricação de velas, cremes e loções. Age como repelente de insetos de origem vegetal e possui também propriedades antifúngicas.

- Bálsamo
São utilizadas as suas folhas, onde se concentra a maior parte dos princípios ativos compostos por Mucilagens, alcaloides piperidinicos, triterpenos, sesquiterpenos e taninos hidrolisáveis. É usada como emoliente, cicatrizante, digestivo, curativo de contusões, torções, machucados, feridas gangrenosas, além de úlceras, inflamações gastrointestinais e da pele.

- Salsa ou salsinha
Talvez a mais popular das plantas aromáticas, a salsinha está presente nas melhores cozinhas, tendo também aplicação medicinal em tratamentos contra cistite, flatulência, reumatismo e até mesmo o mau hálito.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Jardinagem e Paisagismo.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Planejamento, Implantação e Manutenção de Jardins Curso Planejamento, Implantação e Manutenção de Jardins

Com Prof. Eduardo Elias

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Treinamento de Jardineiro Curso Treinamento de Jardineiro

Com Prof. Eduardo Elias

R$ 468,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Jardins Verticais - Implantação e Manutenção Curso Jardins Verticais - Implantação e Manutenção

Com Prof. Eduardo Elias

R$ 468,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Jardinagem e Paisagismo

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade