WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Irrigação de gramados

Saiba como fazer a manutenção de um belo gramado


“Num gramado é preciso haver água em quantidade suficiente durante o período de crescimento da grama. Se faltar água nessas ocasiões, a grama pode não enraizar direito e desenvolverá pouco. Quando a seca é forte a planta produz poucas raízes e poucas folhas. No caso de gramado recém-plantado, pode até morrer”, afirma o professor Claúdio Coelho do Curso CPT de Cultivo de Gramas e Implantação de Gramados.


O gramado deve ser irrigado antes que fique completamente seco. Um bom indício de que a hora de irrigar já passou, é o fato da grama começar a enrolar as folhas. A grama tem este comportamento para diminuir a área da folha exposta ao sol. Outra dica importante é quando alguém caminha sobre o gramado e deixa as marcas das pegadas na grama, principalmente pela manhã. Quando isto acontece é porque o gramado está precisando urgente de água.


Normalmente, em lugares onde as chuvas são bem distribuídas e regulares, a grama cresce e produz bem com o que a natureza oferece. Somente em locais onde ocorre um período de estiagem prolongada é necessário irrigar. A irrigação é essencial para a produção de grama com alto padrão de qualidade.

Irrigação de gramados


A irrigação pode ser feita pelo sistema de aspersão convencional, que aplica a água sobre a grama. Existem, ainda, os aspersores, tipo canhão, com sistema autopropelido, e os microaspersores, também bastante eficientes no trabalho de irrigar a grama.


Pode-se encontrar também irrigações feitas com pivô central, que chega a irrigar até 100 hectares de plantio e mantém a umidade do solo em níveis ideais. Os pivôs são muitos utilizados nas fazendas produtoras de grama.


Uma novidade bem exibida e já vista por milhares de pessoas pela televisão é a irrigação totalmente automatizada existente nos estádios de futebol e campos de golfe.


Trata-se de aspersores escamoteáveis, chamados rotores, especialmente projetados para esta finalidade, possuindo até uma cobertura de borracha nivelada com o gramado, cujo funcionamento obedece a um programa de computador, com horário de partida e tempo de duração. Os rotores são dispostos de forma sempre a existir um “overlapping” entre eles, para não haver áreas secas. Os bicos produzem perfeita aspersão, possibilitando uma rega homogênea.


O turno de rega variará em função de características do solo, época do ano, umidade relativa e outros fatores inerentes à região. Em geral, o melhor momento para irrigar é pela manhã, mas, em dias muito quentes, pode-se fazer a irrigação a tarde e até mesmo à noite.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Jardinagem e Paisagismo.
Por Eduardo Silva RIbeiro.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!

Precisa de ajuda?