WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dicas de cercas vivas para o seu jardim

As cercas vivas substituem ou revestem muros tornando o ambiente mais aprazível

Dicas de cercas vivas para o seu jardim

As cercas vivas substituem ou revestem muros tornando o ambiente mais aprazível. Além de desenhar caminhos, separar ambientes e proporcionar privacidade, a cerca viva é uma forma de tornar o seu jardim muito mais bonito. Existem várias espécies de cercas vivas, algumas delas crescem rapidamente, outras não, inclusive, muitas são de simples manutenção.

Amor-agarradinho


A amor-agarradinho apresenta gavinhas permitindo que a planta escale grades e pórticos. O mais importante é que ela se apoie em algo para formar a cerca viva em si. Embora cresça moderadamente, essa espécie de cerca viva tem um belo visual ramificado, com folhas em forma de coração.

Azaleia


Embora a azaleia seja uma planta arbustiva, ela cumpre muito bem o papel de cerca viva florífera. Desabrochando entre o outono e o inverno, suas flores podem ser brancas, vermelhas, roxas, rosas ou mescladas. Embora seu crescimento seja lento (até dois metros de altura), o seu fechamento é bastante eficiente.

Buxinho


A buxinho é ideal para topiaria, mas também cumpre muito bem o seu papel como bordadura de jardins e muros, tornando-se uma bela cerca viva contanto que podada. Entretanto, seu crescimento é lento (até 5 metros de altura).

Laurotino


A laurotino apresenta ramificação densa, tornando-se uma cerca viva bem compacta. Quando isolada, ela pode alcançar até 3 metros de altura. Seu cultivo deve ser a pleno sol e em regiões com clima ameno. Essa espécie de cerca viva não suporta podas vigorosas, apenas para contenção.

Primavera


A primavera deve ser cultivada a pleno sol. Com crescimento vigoroso, ela floresce entre o outono e o inverno. Embora tenha folhas pequenas, sua ramificação é intensa, principalmente se não forem realizadas podas. Inclusive, as podas são desnecessárias se o objetivo é utilizá-la como planta arbustiva.

Sansão do campo


A sansão do campo é uma planta arbustiva com espinhos, perfeita como cerca viva, podendo alcançar 3 metros de altura. Seus crescimento começa desde o chão, o que permite o seu fácil fechamento tornando-a ideal para cercar chácaras, sítios e fazendas, o que descarta a necessidade de muros ou cercas de arame.

Tumbérgia-arbustiva


A tumbérgia-arbustiva pode ser cultivada tanto a pleno sol como a meia-sombra. Uma de suas vantagens é que ela requer poucos cuidados. Quando em grupo, a espécie proporciona um ótimo fechamento crescendo até 2,50 metros de altura. No inverno, nela desabrocham flores lilases, que a tornam ainda mais bela.

Viburno


A viburno é uma planta arbustiva com ramificação vigorosa e densa. Suas inflorescências formam cachos com pequeninas flores brancas e perfumadas, que desabrocham entre o outono e o inverno. Perfeita para formar barreiras verdes no jardim, essa cerca viva é bem compacta, o que descarta a necessidade de muros.

Conheça os Cursos CPT da Área Jardinagem e Paisagismo:

Planejamento, Implantação e Manutenção de Jardins

Topiaria e Mosaicultura - Esculturas Vivas com Plantas

Jardins Verticais - Implantação e Manutenção

Fonte: revistacasaejardim.globo.com

Por Andréa Oliveira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!