Arbóreas, espécies nativas estão na tendência do paisagismo

É importante escolher as espécies arbóreas adequadas a cada região

Os formosos ipê amarelo e cerejeira estão no gosto popular e enfeitam qualquer cidade com suas belas flores.

As políticas de arborização urbana são as maiores responsáveis pela produção e consumo de plantas arbóreas. Normalmente, essas eram produzidas em viveiros pertencentes a órgãos públicos, como prefeituras, instituições de ensino e pesquisa, e hortos florestais. Por isso, sua distribuição, na maioria das vezes, era gratuita.

Atualmente, o reflorestamento, realizado com espécies nativas, tem movimentado o mercado. Projetos de recuperação de áreas degradas, implantação de parques públicos e privados, e a arborização de propriedades rurais demandam uma maior produção de mudas, de diferentes espécies.

Há um aumento significativo do número de árvores utilizadas no plantio, com diferentes portes, formatos de copas, folhagens, tipo e época de floração e frutificação. Isso é acompanhado por uma tendência de se introduzir, no ambiente urbano, espécies nativas das matas brasileiras, principalmente as originárias da própria região onde será feito o plantio.

A escolha da espécie adequada é fundamental. Se bem feita, determina o sucesso do plano e a diminuição de gastos com tratos culturais e manutenção. Por isso, quem produz mudas para arborização urbana deve conhecer bem as características das espécies com que trabalha, verificando se estão próximas do padrão ideal para plantio no ambiente das cidades.

De modo geral, em locais de clima tropical recomendam-se copas que deem boa sombra, mas que não dificultem o arejamento, com preferência para espécies com folhagem perene. Para o clima frio, as de copas ralas são as mais indicadas. Em locais de inverno rigoroso, as melhores são as que perdem suas folhas, pois possibilitam a insolação direta na superfície do solo, atenuando a temperatura.

Com relação ao porte, em canteiros centrais de avenidas e em calçadas e ruas largas, pode-se optar pelo uso de árvores de porte grande ou médio. No entanto, em calçadas estreitas, prefira espécies de pequeno ou médio porte. Sob fiação, a escolha deve ser por espécies com pouco ou mediano crescimento, de modo a não provocar problemas na rede elétrica.

Para os produtores que desejam cultivar mudas arbóreas de excelente qualidade, oferecendo o melhor no mercado da região no qual estão inseridos, o CPT – Centro de Produções Técnicas, elaborou o curso Como Produzir Mudas Arbóreas de Valor Comercial, sob a coordenação técnica do professor Dr. Wantuelfer Gonçalves, engenheiro florestal, chefe do Setor de Parques e Jardins, da Universidade Federal de Viçosa.

No mesmo, você terá informações sobre a fisiologia de reprodução; produção, coleta e

Há uma tendência de se introduzir, no ambiente urbano, espécies nativas das matas brasileiras, principalmente as originárias da própria região onde será feito o plantio.

beneficiamento de sementes. A estrutura para produção de mudas por sementes, além da condições para produção de mudas por estaquia e o manejo das mudas depois do transplantio, também serão abordados.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-Line de Viçosa, filiada e mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

 

Os viveiros de plantas ornamentais que já possuem uma estrutura de canteiros e irrigação instalada, têm nas mudas arbóreas mais uma alternativa de trabalho. Algumas das que são bem aceitas no mercado para a arborização são a paineira, hibisco, sabiá e canelinha. Os formosos ipê amarelo e cerejeira estão no gosto popular e enfeitam qualquer cidade com suas belas flores.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

francielson

5 de mar de 2013

Gostei das dicas. Sou técnico florestal e estou trabalhando ultimamente com paisagismo com especies nativas do meu estado.

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de mar de 2013

Olá, Francielson!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Não deixe de acessar nosso site para ficar por dentro de conteúdo em sua área de interesse.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Cursos Relacionados

Curso Arborização Urbana Curso Arborização Urbana

Com Prof. Dr. Wantuelfer Gonçalves

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo de Bromélias - Para fins Comerciais ou Hobby Curso Cultivo de Bromélias - Para fins Comerciais ou Hobby

Com Prof. Dr. Cláudio Coelho

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso de Topiaria e Mosaicultura - Esculturas Vivas com Plantas Curso de Topiaria e Mosaicultura - Esculturas Vivas com Plantas

Com Prof.ª Vânia Silva

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Outros artigos relacionados à área Jardinagem e Paisagismo

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade