WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

5 palmeiras (coqueiros) para plantar em jardins

Para se desenvolverem vigorosamente, as palmeiras devem ser plantadas em áreas onde incide a luz direta do sol

5 palmeiras (coqueiros) para plantar em jardins

As palmeiras ou arecáceas, conhecidas popularmente como coqueiros de jardim, podem chegar entre 4 e 30 metros. Entretanto, para se desenvolverem vigorosamente, elas devem ser plantadas em áreas onde incide a luz direta do sol e em solos com alta fertilidade, em especial os solos ricos em húmus. Ainda assim, essas plantas ornamentais devem ser adubadas para que recebam os nutrientes essenciais à manutenção da sua vitalidade.

Dentre as palmeiras mais procuradas para plantio em jardins, temos a palmeira areca-bambu, a palmeira licuala grande, a palmeira-das-canárias, a palmeira-leque-de-fiji e a palmeira rápis. Todas com características próprias de cada espécie, como veremos abaixo:

Areca-bambu


A palmeira areca-bambu (Dypsis lutescens) é uma das preferidas do paisagismo devido à bela ornamentação de suas folhas. Além disso, a sua rusticidade permite que seja cultivada até mesmo em cachepots e jardineiras, pois cresce de forma lenta. Indicada para áreas de sol pleno ou meia sombra, esse lindo coqueiro de jardim pode alcançar 10 metros de altura.

Licuala grande


A palmeira licuala grande (Licuala grandis) apresenta porte menor (até três metros) que a palmeira-leque embora se pareça com esta. Seu plantio pode ser feito em vasos grandes isoladamente. Deve-se mantê-la em uma área onde há meia sombra, principalmente em regiões excessivamente quentes.

Palmeira-das-canárias


A palmeira-das-canárias (Phoenix canariensis) apresenta porte grande (até 16 metros) e, por isso, é amplamente utilizada na ornamentação de praças e parques. Entretanto, isso não descarta o seu plantio em jardins residenciais. Seu caule ereto e suas folhas pinadas (cujos folíolos partem da raque, como uma pena) a tornam uma belíssima planta ornamental. Embora resista a ventos fortes, não suporta geadas.

Palmeira-leque-de-fiji


A palmeira-leque-de-fiji (Pritchardia pacifica) tornou-se conhecida graças a Roberto Burle-Marx em seus famosos projetos paisagísticos. Sua folhagem em leque a torna uma planta ornamental única. Além de ser exigente em luz direta do sol, essa palmeira requer umidade relativa do ar de mais de 50%. Perfeita para plantio em regiões litorâneas e tropicais de altitude, ela atinge 12 metros de altura na fase adulta.

Palmeira Rápis


A palmeira rápis (Rhapis excelsa) apresenta porte pequeno (até quatro metros) e pode ser mantida em ambientes internos. Resistente a pouca luminosidade e a geadas, a rápis pode ser plantada em jardins ou vasos. Nesse último caso, o vaso deve ser substituído, de três em três anos, para que a planta permaneça viçosa e vigorosa.

Conheça os Cursos CPT da Área Jardinagem e Paisagismo:

Planejamento, Implantação e Manutenção de Jardins

Como Montar um Viveiro de Plantas Ornamentais

Como Montar uma Empresa de Manutenção de Jardins

Fonte: Jardinagem & Paisagismo.com

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Guia Básico de Irrigação

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!