Quer plantar frutas em seu quintal? Veja como preparar o solo

Se você quer iniciar um pomar no seu quintal, inicialmente toda a área deve ser limpa, eliminando-se qualquer vegetação que impeça o preparo do solo, por exemplo, árvores e arbustos

Quer plantar frutas em seu quintal? Veja como preparar o solo   Artigos Cursos CPT

 

Se você quer iniciar um pomar no seu quintal, inicialmente toda a área deve ser limpa, eliminando-se qualquer vegetação que impeça o preparo do solo, por exemplo, árvores e arbustos. Se o cultivo for em sistema agroflorestal, não se eliminam as árvores de porte, apenas retira-se a vegetação rasteira. "Este sistema de cultivo, porém, só é possível para algumas espécies que crescem à sombra, porém quando a vegetação natural é espessa, não existe esta limitação", afirma Dr. Dalmo Lopes de Siqueira, professor do Curso a Distância CPT Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas, em Livros+DVDs e Cursos Online. Outra ação importante é localizar e eliminar formigueiros e cupinzeiros da área de plantio e próxima a ela.

O solo


O solo deve ser analisado em laboratório especializado, para verificar sua fertilidade. A partir daí, determina-se as necessidades de aplicação de calcário e de adubos. Para estas e outras especificações, indica-se procurar um Engenheiro Agrônomo para acompanhar e orientar a retirada da amostragem, análise do solo, interpretação dos resultados, recomendação da calagem e adubação.

- Solo argiloso, de pastagem ou já cultivado

Se o solo da área onde você pretende instalar o pomar for argiloso, solo de pastagem ou se já vem sendo cultivado por longo tempo, é provável que ele apresente alguma compactação, e isto é problema para o desenvolvimento das plantas. Recomenda-se, neste caso, que, além da aração e da gradeação, realize-se uma subsolagem profunda para melhor drenagem e aeração das camadas inferiores do solo.

- Solo leve e profundo

Se o solo é leve e profundo, basta arar a uma profundidade de 25 centímetros, pelo menos três meses antes do plantio, em seguida, gradear para incorporação do calcáreo e do adubo. Mais próximo do plantio, é feita uma nova gradeação da área para eliminar o mato e facilitar a marcação e abertura de covas.

Plantio


Preparado o terreno, faz-se a marcação e o alinhamento das covas ou a abertura de sulcos para o plantio das mudas, que deve ser feito a mão.

- Plantio em sulcos
Plantar em sulcos, quando se trata de áreas maiores, é mais econômico, mais rápido e as linhas de plantio ficam mais uniformes. Em pomares maiores, é comum dividir a área em talhões ou quadras com carreadores para facilitar o trânsito de veículos.

- Plantio em áreas acidentadas
Em terrenos acidentados, com muitos tocos deve-se abrir covas, o que é também recomendado para o plantio de pequena quantidade de frutíferas. Em áreas com declividade acima de 5%, é preciso fazer o plantio em curvas de nível; isto é, marcar as covas em linhas que cortemo sentido das águas para evitar a erosão do solo.

Abertura de covas


Para o caso de abertura de covas, estas deverão ter de uma maneira geral 50x50x50 centímetros. Essas dimensões variam principalmente de acordo com as características do solo a ser cultivado.

- Solos profundos, férteis e bem preparados
Para solos profundos, férteis e bem preparados, as dimensões da cova podem ser de 30x30x30 centímetros a 40x40x40 centímetros.

- Solos menos profundos, pouco férteis, secos e compactos
Para solos menos profundos, pouco férteis, secos e compactados, as dimensões da cova pode ser de 50x50x50 centímetros a 70x70x70 cm.

Durante a abertura da cova, faça a separação da terra de superfície ou a terra de cima retirada nos primeiros 20 centímetros, da terra que é retirada do subsolo ou do fundo da cova. À terra retirada de cima, misture 20 litros de esterco de curral curtido ou 5 litros de esterco de galinha curtido ou 1,5 kg de torta de mamona para suprir as necessidades de matéria orgânica. Acrescente a adubação química, cujas dosagens são determinadas pela análise do solo. Porém, de uma maneira geral, recomenda-se, por cova:
- 300 gramas de calcáreo dolomítico,
- 500 gramas de adubo supersimples,
- 150 gramas de cloreto de potássio,
- 10 gramas de bórax e
- 10 gramas de sulfato de zinco.

Todos os adubos devem ser bem misturados com a terra e a matéria orgânica e colocados no fundo da cova, 30 a 60 dias antes do plantio. A terra retirada do fundo da cova é usada para completar o enchimento da cova no momento do plantio da muda.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia as matérias CPT abaixo.


- Plantação de árvores frutíferas: passos para o plantio correto das principais frutas
- Pomar de frutas diversificadas: uma estratégia de sucesso!

Quer saber mais sobre o Curso CPT? Dê Play no vídeo abaixo!


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos online, da área Fruticultura.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas Curso Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Mudas Frutíferas Curso Produção de Mudas Frutíferas

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Cupuaçu Curso Produção de Cupuaçu

Com Prof. Pesquisadores da Ceplac

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Fruticultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade