Criação de porcos - importância da alimentação rica em vitaminas na fase de engorda

São muitas as vitaminas que os porcos necessitam receber, como as do complexo A, complexo B, vitamina D, vitaminas para a função reprodutiva, para a prevenção de doenças, entre outras

Criação de suínos

Em todas as fases da vida dos suínos, em especial a de engorda, a presença de vitaminas na alimentação é muito importante, já que elas auxiliam no ganho de peso animal e, também, na prevenção de uma série de doenças. São muitas as vitaminas que os porcos necessitam receber, entre elas as do complexo A, complexo B, vitamina D, vitaminas específicas para a função reprodutiva, vitaminas específicas para a prevenção de doenças, entre outras.

Milho e Soja


O milho moído e o farelo de soja, como já é do conhecimento de experientes produtores, têm a função básica nutricional para os porcos. No entanto, o fornecimento de apenas esses dois elementos na dieta alimentar não basta para que o desenvolvimento animal atinja seu máximo de eficiência, havendo necessidade, então, de se introduzir um núcleo vitamínico mineral, específico para cada fase, para complementá-la.

A grosso modo, a dieta suína deve obedecer a seguinte composição: milho, que tem função energética, farelo de soja, que fornece proteína e, por fim, microminerais, como o Fósforo e o Cálcio. As proporções devem ser de 75% de milho moído, 21% do farelo de soja e 4% do núcleo vitamínico mineral. Estes elementos devem ser bem misturados, seja com pá ou enxada, para que tudo fique bem homogêneo. Desta forma, em qualquer lugar que se resolva tirar uma parte da mistura para fornecê-la aos animais, se encontre o milho, a soja e o núcleo. O porco de granja na fase de engorda consome diariamente de 2,5 a 3 kg de ração. Com alimentação de qualidade, cada animal pode engordar de 800 ou 900 g por dia.

Outros cuidados


Em uma criação de porcos, principalmente nas granjas onde há grande volume de suínos, cuidados extras também devem ser tomados para garantir a saúde dos animais. Como se sabe, de nada adianta cuidar da alimentação se outros fatores, não considerados, derem abertura para a entrada de enfermidades no local. Uma dessas precauções, por exemplo, é a necessidade de se trocar de roupa todas as vezes que se precisar entrar na granja, já que as roupas vindas da rua podem contaminar o local, transmitindo doenças.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Suinocultura.
Por Silvana Teixeira.
Fonte: GloboRural.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Sistema Orgânico de Criação de Suínos Curso Sistema Orgânico de Criação de Suínos

Com Prof.ª Arenales

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Suínos em Camas Sobrepostas Curso Criação de Suínos em Camas Sobrepostas

Com Prof. Remi José Sterzelecki

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Suíno Light - Mais Carne, Menos Gordura Curso Produção de Suíno Light - Mais Carne, Menos Gordura

Com Prof. Luiz Mário

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Esafo Lourenço

6 de dez de 2018

É recomendável o farelo de milho.

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de dez de 2018

Olá Esafo,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

É sim.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

diego santos

10 de nov de 2018

75% e quantos quilo de milho

Resposta do Portal Cursos CPT

12 de nov de 2018

Olá Diego,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Em 100 kg de ração corresponde a 75 kg.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Lucas santos

2 de out de 2018

Posso misturar núcleo com milho moido

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de out de 2018

Olá Lucas,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Você pode sim.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Márcio Roberto Bognin

18 de set de 2018

Boa noite gostaria de saber se posso misturar o farelo de trigo na ração junto com o milho e farelo de soja e o núcleo e a percentagem que utilizo

Resposta do Portal Cursos CPT

19 de set de 2018

Olá Marcio,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Pode sim! A grosso modo, a dieta suína deve obedecer a seguinte composição: milho, que tem função energética, farelo de soja, que fornece proteína e, por fim, microminerais, como o Fósforo e o Cálcio. As proporções devem ser de 75% de milho moído, 21% do farelo de soja e 4% do núcleo vitamínico mineral. Estes elementos devem ser bem misturados, seja com pá ou enxada, para que tudo fique bem homogêneo.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Fernando

20 de ago de 2018

Quanto tempo leva para tirar um lote de suínos

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de ago de 2018

Olá Fernando,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. De 145 dias em diante é possivél realizar o abate.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Felipe fernando

9 de ago de 2018

Se utilizado complexos vitaminicos em todas as fases pode diminuir o tempo de abate em quantos dias ?

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de ago de 2018

Olá Felipe,

Agradecemos a vsita e comentário em nosso site. Para mais informações, você deve consultar um veterinário ou técnico da área.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Charles Rodrigo

28 de jun de 2018

Quantos quilos de farinha de osso é necessário pra fazer 100 quilos de ração pra porco

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de jun de 2018

Olá Charles,

Não é aconselhável dar farinha de osso para porcos, pois pode haver contaminação e gerar danos na criação. A grosso modo, a dieta suína deve obedecer a seguinte composição: milho, que tem função energética, farelo de soja, que fornece proteína e, por fim, microminerais, como o Fósforo e o Cálcio. As proporções devem ser de 75% de milho moído, 21% do farelo de soja e 4% do núcleo vitamínico mineral. Estes elementos devem ser bem misturados, seja com pá ou enxada, para que tudo fique bem homogêneo. Desta forma, em qualquer lugar que se resolva tirar uma parte da mistura para fornecê-la aos animais, se encontre o milho, a soja e o núcleo. O porco de granja na fase de engorda consome diariamente de 2,5 a 3 kg de ração. Com alimentação de qualidade, cada animal pode engordar de 800 ou 900 g por dia.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto.

Brenda

17 de mai de 2018

Conteúdo muito bom... Porém segundo o Embrapa a ração perde seus nutrientes caso seja misturada com pá, inchada ou mãos.

Resposta do Portal Cursos CPT

18 de mai de 2018

Olá Brenda,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do conteúdo. Sobre o comentário do Embrapa, consultando os coordenadores do curso, nenhum confirmou sobre a veracidade desta informação, mas ficaram de verificar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Joel da silva nunes

8 de abr de 2018

Como preparar racao p porco

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de abr de 2018

Olá Joel,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Davi Ismael

2 de abr de 2018

Tenho uma curiosidade: Existe alguma erva nativa natural para conter os vermes dos suínos ?

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de abr de 2018

Olá Davi,

Não existem relatos que vermes em suínos podem ser pegos por meio de alimentação natural.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Suinocultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade