WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Artigos sobre a área Suinocultura

Esterco de porco não é só dejeto, é também fonte de nutrientes!

De acordo com o Prof. Remi José Sterzelecki, do Curso CPT Criação de Suínos em Camas Sobrepostas, “os dejetos de suínos são ricos em nutrientes que, se transformados em composto, deixam de ser problema para serem um importante insumo para a produção agrícola.”

Cria porcos? Trate adequadamente esterco e resíduos e livre-se das moscas

A proliferação de vetores, ou seja, aumento de um grande número de moscas perturbam e transmitem doenças aos animais, além de causar desconforto aos operadores que trabalham no local. E as moscas, como se sabe, são extremamente prejudiciais à suinocultura, principalmente porque podem carregar agentes causadores das feridas purulentas, das diarreias dos leitões, das verminoses e dos ovos...

Cria porcos? Opte por camas sobrepostas e livre-se de problemas

O sistema mais comum de criação de suínos no Brasil, até os dias de hoje, é aquele desenvolvido em granjas de piso ripado, total ou parcialmente. “Grande erro dos suinocultores, diga-se de passagem, pois nesse sistema os animais ficam confinados em ambientes pequenos, em contato permanente com seus dejetos, o que acaba causando uma série de problemas, tais como mau cheiro, proliferação...

Principais cuidados com leitões lactentes

Remi José Sterzelecki, professor do Curso CPT Criação de Suínos em Camas Sobrepostas, destaca que o manejo dos leitões é uma das mais importantes práticas numa criação de suínos, pois são eles necessitam de cuidados especiais para que consigam expressar ao máximo o seu potencial produtivo.

Dicas de transporte de suínos para abate

O transporte de suínos para abate é uma etapa importante na cadeia de produção. Quando realizado inadequadamente, impacta de forma negativa no pós-abate, como desqualificação da carcaça por lesões e altas taxas de mortalidade no plantel por falta de planejamento (jejum pré-abate). Os suínos devem passar por regime de jejum 12 horas antes do transporte até os abatedouros.

O que fazer com os dejetos da suinocultura? Transformá-los em A.D.U.B.O!

Os dejetos de suínos são ricos em nutrientes que, se transformados em composto, deixam de ser problema para serem um importante insumo para a produção agrícola, aponta Prof. Remi José Sterzelecki, do Curso CPT Criação de Suínos em Camas Sobrepostas. Informações da pesquisa (Embrapa) indicam que uma granja com vinte matrizes em ciclo completo, pode produzir 500 m3 de dejetos por ano....

Criação de suínos em camas sobrepostas: espessura e revolvimento da cama

Se você pretende iniciar uma criação de suínos em cama sobreposta saiba que quanto à espessura da cama, deve-se colocar uma quantidade que atinja a altura de 50 centímetros do solo. “Você pode optar por colocar os 50 centímetros de cama de uma única vez, ou também pode colocar apenas 20 centímetros inicialmente e depois ir complementando o material, à medida que a cama vai...

Vai enviar leitões para o abate? Siga essas recomendações!

O carregamento e transporte dos animais terminados é uma fase muito importante na cadeia de produção que pode refletir negativamente no pós-abate em fatores ligados à indústria, como pior qualidade de carcaça e aumento de condenações por lesões, no frigorífico, e ainda prejuízos por perda de peso e mortes de animais.

Vai criar suínos light? Comece pelas fêmeas!

A tarefa de seleção das fêmeas de reposição, para quem vai iniciar uma criação de suínos light, é atribuição do próprio produtor de terminados, afirma Luiz Mário Fedalto, professor do Curso CPT Produção de Suíno Light - Mais Carne, Menos Gordura. Nesta tarefa, ele deve observar os seguintes critérios:

Porco brasileiro: cada vez mais magro e saudável!

Criado em granjas, o porco brasileiro está magro e saudável como nunca. Os suínos brasileiros passaram por um regime. Perderam 31% de gordura na carne e no toucinho, 14% de calorias e 10% de colesterol. “Alguns cortes de carne de porco, dependendo do modo como são servidos, há são mais leves que certos preparos de boi, frango ou peixe”, afirma Luiz Mário Fedalto, professor do Curso CPT...

Fique por dentro das novidades!