Como alimentar o gado na seca?

Em período de escassez de chuva, uma excelente alternativa de alimentação para o gado é a ensilagem ou silagem

Em período de escassez de chuva, uma excelente alternativa de alimentação para o gado é a ensilagem ou silagem

 

Em período de escassez de chuva, uma excelente alternativa de alimentação para o gado é a ensilagem ou silagem. Entretanto, sua produção deve se iniciar ainda na época de fartura, quando há excesso de forragens, como milho, sorgo, capim-elefante, ou outras forrageiras. O processo consiste na fermentação lática da matéria vegetal, o que diminui o pH e possibilita a anaerobiose. Como consequência, a degradação da matéria orgânica é interrompida, conservando o material, sem que este perca suas qualidades nutritivas.

Como o ciclo climático do planeta sofre variações drásticas a cada ano, muitos pecuaristas brasileiros vêm adotando a ensilagem como o principal método de armazenamento e conservação das forragens produzidas em meses de maior abundância.

Essa necessidade torna-se maior para os pecuaristas das regiões de clima temperado e frio e das regiões subtropicais, com períodos de estiagem muito marcados, quando a produtividade estival é insuficiente.

As forrageiras mais utilizadas para a produção de ensilagem são o milho, o sorgo e o capim-elefante.

Silagem de milho

Para uma boa ensilagem, o milho deve ser colhido entre 102 a 119 dias, pois nesse estágio, contém de 28 a 35% de matéria seca. Alguns cultivares possuem rendimento médio entre 9,7 e 14,0 ton/ha, com a silagem apresentando em torno de 4 a 7% de proteína bruta.

Silagem de sorgo

Além do milho, o sorgo é uma forrageira bastante utilizada para a produção de silagem para a pecuária tanto leiteira como de corte. A produção de matéria seca obtida com o sorgo oscila entre 11 a 18 ton/ha. Embora o valor nutritivo do sorgo represente 80 a 90% da silagem de milho, ele é uma planta que possibilita mais de um corte por plantio. Quanto à produção de MS de sorgo, esta pode alcançar 60%.

Silagem de capim-elefante

Outra forrageira muito boa para ensilagem é o capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum). Isso porque a planta possui alta produtividade, muitas variedades, boa adaptabilidade, facilidade de cultivo e bom valor nutritivo. Uma silagem de qualidade pode ser feita quando o corte do capim-elefante for feito entre 40 e 50 dias, momento em que a forrageira atinge teores de matéria seca entre 43 e 50%.

Por Andréa Oliveira.

Confira o Curso CPT Produção de Silagem da área Pastagens e Alimentação Animal.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual do Gado Zebu

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Cursos Relacionados

Curso Cultivo de Milho Hidropônico - Para Alimentação Animal Curso Cultivo de Milho Hidropônico - Para Alimentação Animal

Com Prof. Augusto Neves

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Seleção de Forrageiras Curso Seleção de Forrageiras

Com Prof. Dr. Prof. Antonio Vander

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Jukanan

24 de out de 2017

Muito bom o informativo

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de out de 2017

Olá, Jukanan.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo!

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Outros artigos relacionados à área Pastagens e Alimentação Animal

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade