WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

#fiqueemcasa Vamos nos unir nessa corrente: só o conhecimento constrói o amanhã!

Dicas importantes para cultivar amendoim forrageiro

O amendoim forrageiro é uma leguminosa rasteira, perene e nutritiva, apropriada para alimentação animal

Dicas importantes para cultivar amendoim forrageiro

O amendoim forrageiro (Arachis pintoi) é uma leguminosa rasteira, perene e nutritiva, apropriada para alimentação animal, principalmente para gado de corte. “Para se tornar viável técnica e economicamente, seu plantio deve seguir as condições climáticas, de solo e de topografia da propriedade”, afirma Antônio Vander Pereira, Doutor em Melhoramento de Plantas e professor do Curso CPT Seleção de Forrageiras.

Além disso, é indispensável acompanhar a época de plantio indicada para a região. Se o índice pluviométrico local não for propício, o produtor deve implantar um bom sistema de irrigação. Outra dica importante é não plantar amendoim forrageiro sob temperaturas menores que 18°C independentemente da irrigação.

Índice pluviométrico


As altitudes recomendadas para cultivar amendoim forrageiro podem variar do nível do mar até 1.800 metros. Entretanto, é fundamental que o Índice pluviométrico ultrapasse 1.200 milímetros anuais. Algumas cultivares de amendoim forrageiro se desenvolvem ainda melhor em regiões com precipitação anual de 1.400 milímetros. Como não suporta períodos de estiagem, na região do Cerrado, por exemplo, a cultura deve ser irrigada.

Condições de solo


Essa forrageira leguminosa apresenta ótima resposta em solos com acidez elevada, textura leve e fertilidade média. Embora tenha a capacidade de absorção de fósforo, mesmo em níveis mais profundos, é importante realizar uma boa adubação para melhorar a distribuição desse mineral no solo. Outra característica do Arachis pintoi é a tolerância a encharcamentos moderados. Ainda assim, é preciso garantir uma boa drenagem do solo.

Calagem e adubação


Para o cultivo do amendoim forrageiro, o produtor deve proceder à calagem, 45 dias antes do plantio, para se alcançar uma saturação de base em torno de 50%. Já a adubação de plantio pode ser de 50 Kg de P2O5 por hectare conforme a cultivar. Recomenda-se a aplicação do adubo nas covas ou nos sulcos de plantio. No momento em que as mudas germinarem, deve-se realizar a adubação de cobertura com 40 Kg de K2O por hectare.

Espaçamento


O plantio do amendoim forrageiro, em especial da cultivar Belmonte, deve respeitar o espaçamento de 0,5 metro (sulcos) ou de 1,0 metro x 0,5 metro (covas). Em caso de consórcio do amendoim forrageiro com braquiária, por exemplo, o espaçamento a ser utilizado é de 2,0 metros a 3,0 metros de distância entre plantas. O objetivo é permitir uma densidade de plantio que garanta a boa produtividade da leguminosa forrageira.

Conheça os Cursos CPT da Área Pastagens e Alimentação Animal.

Leia o artigo "Tipos de pastejo mais adequados às espécies forrageiras."

Fonte: ceplac.gov.br

Por Andréa Oliveira.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Alimentação de Gado de Corte

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!