WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Quais os tipos de contenção de bovinos?

Durante a contenção do bovino, deve-se garantir o bem-estar do animal evitando que ele se machuque ou se torne agressivo

Quais os tipos de contenção de bovinos?

Na contenção de bovinos, eles são imobilizados para limitar seus movimentos garantindo sua segurança e a dos responsáveis pela técnica. Geralmente, ela é empregada para realizar procedimentos, como ordenha, castração, coleta de sêmen, ministração de medicamentos, procedimentos curativos, intervenções cirúrgicas, exames, entre outros. Durante a prática, deve-se garantir o bem-estar do animal evitando que ele se machuque ou se torne agressivo.

Contenção no brete


Construído junto ao curral, o brete permite a contenção individual dos bovinos para a realização de procedimentos clínicos ou reprodutivos. Na técnica de contenção no brete, os bovídeos são imobilizados pelo pescoço ou pela região abdominal em uma guilhotina. O brete é constituído de um corta-coice e uma trava para a imobilização do corpo do animal prevenindo possíveis acidentes. Como vantagem, ele permite a contenção perfeita do animal com total segurança para o profissional.

Contenção no cabresto


A técnica de contenção no cabresto é recomendada para bovinos calmos, principalmente para animais expostos em leilões, exposições e eventos. Ele permite que o animal caminhe junto ao tratador, mas é essencial cuidado para não enforcar o animal. O cabresto é facilmente encontrado no mercado ou pode ser elaborado com o uso de cordas.

Contenção na peia


A técnica de contenção na peia utiliza uma corda, que contorna as pernas dos bovinos acima do joelho. Para isso, bastam uma volta simples e outra cruzada em forma de oito. Muito utilizada na ordenha de vacas, ela auxilia na imobilização dos membros posteriores do animal impedindo que ele se movimente ou dê coices no profissional.

Contenção química


A técnica de contenção química pode ser empregada junto a métodos físicos. Por meio dela, aplicam-se anestésicos, sedativos ou tranquilizantes no bovino, que devem ser ministrados apenas por médico veterinário, caso contrário, pode matar o animal.

Contenção no tronco


A técnica de contenção no tronco é uma das mais utilizadas, pois permite a imobilização de vários bovinos simultaneamente. Geralmente, ela é utilizada para a realização de procedimentos, como identificação do animal, inseminação artificial, castração, coleta de sangue, vacinação, tratamento de cascos, entre outros. No procedimento, o tronco deve ser mantido cheio para impedir a movimentação dos bovídeos. Trata-se de um método ágil, versátil, seguro e eficiente.

Conheça os Cursos CPT da Área Gado de Corte:

Instalações e Equipamentos para Pecuária de Corte

Bovinos de Corte em Confinamento - Manejo e Gerenciamento

Bovinos de Corte em Confinamento - Instalações, Produção de Alimentos e Escolha dos Animais

Fonte: cptcursospresenciais.com.br

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Manual do Gado Zebu

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!