Ligue Agora (31) 3899-7000 WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Espécies de codornas: europeia, americana, japonesa, chinesa e africana

No Brasil, as espécies de codornas mais conhecidas são as codornas europeias e as codornas japonesas. Entretanto, há também as codornas americanas, sendo a mais conhecida a Bobwhite, além das chinesas e das africanas

Espécies de codornas: europeia, americana, japonesa, chinesa e africana

 

As aves conhecidas como codornas pertencem à família das Faisânidas, sendo consideradas galináceas. No Brasil, as espécies de codornas mais conhecidas são as Coturnix coturnix coturnix (codornas europeias ou selvagens) e as Coturnix Coturnix japonica (codornas japonesas ou domésticas). Entretanto, há também as codornas americanas (Colinus Virginianus), sendo a mais conhecida a Bobwhite, além das chinesas (Coturnix adansonii) e das africanas (Coturnix delegorguei). Cada uma delas com características bem peculiares: uma dóceis, outras nervosas; outras grandes produtoras de ovos, outras baixas produtoras de ovos, mas com excelente produção de carne.

Estas belas avezinhas foram disseminadas, em nosso país, com a chegada dos imigrantes, principalmente os europeus e os japoneses. Independente de sua origem, as codornas são criadas para produção de ovos e carne (esta considerada exótica). Fatores como precocidade sexual, rusticidade, baixo consumo alimentar, alta postura e fácil manuseio só aumentam o número de avicultores ávidos por sua criação, principalmente os descendentes dos imigrantes que introduziram as codornas no Brasil. Atualmente, estes são os principais responsáveis pela produção nacional.

Codorna europeia (Coturnix coturnix coturnix)

A codorna europeia (Coturnix coturnix coturnix) é uma espécie selvagem, com penas nas cores bege, branca e marrom-escura. Foto: Reprodução.

Codorna europeia (Coturnix coturnix coturnix)

A codorna europeia (Coturnix coturnix coturnix) é uma espécie selvagem. Possui plumagem nas cores bege, branca e marrom-escura. Nos primórdios, esta codorna era uma ave migratória, sendo capaz de percorrer quilômetros e quilômetros, por todo o Continente Europeu, em busca de alimento.

Devido ao melódico canto do macho, a codorna europeia foi disseminada na China e no Japão entre os séculos XI e XII. No início de 1910, o Japão e a China passaram a cruzar suas codornas domésticas com a selvagem europeia, o que fez com que surgissem dois grupos de codornas: o asiático (pequeno porte e alta produção de ovos); e o grupo europeu (maior porte e produção de carne e ovos).

Quanto à postura, as codornas europeias produzem menos que as japonesas, mas os seus ovos são bem maiores. Entretanto, por sua carne ser saborosa, a Coturnix coturnix coturnix é comercializada principalmente para corte, o que compensa a sua baixa produção de ovos (menos de 200 ovos/ano).

Uma outra vantagem das codornas europeias é quanto ao ganho de peso: entre 170 e 200 g até os 21 dias de vida (aproximadamente 25 vezes o peso de um dia de idade).

Codorna americana (Colinus virginianus)

A codorna americana (Colinus Virginianus), também conhecida como Bobwhite, habita os Estados Unidos e o México, sendo dócil e de fácil criação. Foto: Reprodução.

Codorna americana (Colinus virginianus)

A codorna americana (Colinus Virginianus), também conhecida como Bobwhite, habita os Estados Unidos e o México. Como a maioria das codornas a americana é bastante dócil e de fácil criação. Entretanto, quando criadas em cativeiro, necessitam de uma área ampla, onde possam coabitar com outras aves, como agapornis, calopsitas e outras, visto que são aves bastante sociáveis.

A Bobwhite é uma bela espécie, principalmente o macho, que possui uma faixa escura na cabeça. Já a fêmea possui marcas na tonalidade marrom, creme ou ocre. Geralmente, o casal mede em torno de 23 cm.

Quanto à produção de ovos, grande especialidade da codorna americana, esta produz de 12 a 40 ovos, quando da época de reprodução (geralmente na Primavera). A incubação dos ovos ocorre de 23 a 24 dias.

Codorna japonesa (Coturnix Coturnix japonica)

A codorna japonesa (Coturnix Coturnix japonica) é excelente produtora de carne e de ovos, produzindo de 200 a 300 ovos/ano).  Foto: Reprodução.

Codorna japonesa (Coturnix Coturnix japonica)

A codorna japonesa (Coturnix Coturnix japonica) habita o Japão e parte do Sudeste Asiático. É uma ave ideal para iniciantes, pois é bastante dócil e de fácil criação. Assim como a codorna americana, a japonesa também pode coabitar com outras aves, quando em cativeiro, já que são bem sociáveis.

Outra característica da Coturnix Coturnix japonica é quanto à sua resistência. Esta adapta-se bem tanto em regiões de climas frios como em regiões de climas quentes. Entretanto, a condição climática ideal para a sua criação gira em torno de 21 e 25° C.

Esta espécie possui a coloração da cabeça e do pescoço mais contrastante no macho, em relação à fêmea. Geralmente, a japonesa possui uma faixa bege na lateral da cabeça. Quanto à plumagem do corpo, esta varia nos mais diversos tons de bege, marrom e cinza-azulado. Quando adulta, esta espécie pode pesar de 120 a 180 g e alcançar dos 15 aos 16 cm de tamanho.

A Coturnix japonica é excelente produtora de carne e de ovos. Aos 35 dias de vida, já começam a postura, que pode ocorrer durante todo o ano (de 200 a 300 ovos/ano). Isso demonstra a sua alta precocidade. O período de incubação dos ovos vai de 17 a 18 dias.

Codorna chinesa (Coturnix adansonii)

O macho da codorna chinesa (Coturnix adansonii) possui sua cabeça com um tom azul intenso, que se torna mais claro, na plumagem superior, como se fosse um manto. Foto: Reprodução.

Codorna chinesa (Coturnix adansonii)

A codorna chinesa (Coturnix adansonii) habita parte do sudeste asiático e Austrália. Característica comum à maioria das codornas, a docilidade da codorna chinesa a torna ideal para coabitar em viveiros com outras aves, como agapornis, calopsitas e outras. Além disso, a chinesa é uma espécie de faxineira, pois aproveita as sementes deixadas por outras aves e insetos invasores.

O macho da espécie é o mais colorido entre todas as espécies de codorna conhecidas. Sua cabeça possui um tom azul intenso, que se torna mais claro, na plumagem superior, como se fosse um manto. Já na plumagem inferior, a coloração é marrom-avermelhada.

Além disso, a Coturnix adansonii apresenta dimorfismo sexual, o que facilita a diferenciação dos sexos, mesmo nos 25 dias de vida. A codorna chinesa apresenta cerca de 11 a 13 cm de tamanho, sendo bem pequenina.

As Coturnix adansonii já começam a sua postura aos 35 dias de vida, na época da Primavera, quando começam a reprodução. É uma ave de baixa postura. Geralmente, são produzidos de 6 a 10 ovos, com o período de incubação girando em torno de 16 dias.

Codorna africana (Coturnix delegorguei)

A codorna africana (Coturnix delegorguei), ou Codorna Arlequim, habita o Centro-Sul do Continente Africano e a ilha de Madagascar, sendo uma ave muito arisca e nervosa. Foto: Reprodução.

Codorna africana (Coturnix delegorguei)

A codorna africana (Coturnix delegorguei), ou Codorna Arlequim, habita o Centro-Sul do Continente Africano e a ilha de Madagascar. Ao contrário da maioria das codornas, a africana é muito arisca e nervosa. Por isso, quando em cativeiro, o ideal é criá-las em um viveiro amplo, com muitas plantas. Não é adequado alojá-las com aves de outras espécies, dado a sua pouca sociabilidade.

O macho possui um tipo de babador branco e preto no pescoço, lembrando um arlequim. Daí o nome popular da Coturnix delegorguei. Já o peito possui a cor marrom-avermelhada, com uma grande mancha negra no centro. Quanto ao tamanho, a codorna africana pode alcançar dos 16 aos 19 cm.

A Coturnix delegorguei também é uma ave de baixa postura, em torno de 4 a 8 ovos, no período de reprodução. A incubação dos ovos da africana ocorre de 15 a 16 dias.

Veja o infográfico abaixo sobre as principais espécies de cordornas:

Espécies de codornas: europeia, americana, japonesa, chinesa e africana

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Quails & Cia, Quail Farm, That Quail Place, Bird Care, Avibirds, Rural News, Webnode, Criar e Plantar e Aves Criadouro Guadiana.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, das áreas Avicultura e Aves Exóticas, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre eles, destacam-se:

Curso Codornas - Iniciando a Criação
 
Curso Codornas - Recria e Reprodução

Curso CPT Os Segredos da Criação e Comercialização de Agapornis

Curso CPT Criação de Periquitos Australianos

Curso CPT Criação Comercial de Canários de Cor e Porte

Curso CPT Criação de Pavões

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Armando da Silva Pessoa Neto

12 de jun de 2019

Excelente documentário, desejaria algumas publicações.

Resposta do Portal Cursos CPT

13 de jun de 2019

Olá Armando da Silva Pessoa Neto,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes em saber que você gostou do nosso artigo. No site há outras publicações sobre criação de codornas, e em breve, publicaremos novos.

Atenciosamente,
VIctor Sampaio

Isaias Fioravante

15 de fev de 2019

Quero iniciar uma granja de codornas para postura, com qual devo começar, a italiana ou a japonica

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de fev de 2019

Olá Isaias,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. A codorna jamoinesa é ideal para iniciantes, por ser de fácil criação.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

 

Hatahuana

11 de nov de 2018

Gostaria de saber o ano de publicação desse texto?

Resposta do Portal Cursos CPT

12 de nov de 2018

Olá Hatahuana,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

A publicação é de 28/03/2014.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Danielle Santos

6 de jun de 2018

Ovo de codorna chinesa é comestível? Tem o mesmo gosto do ovo de codorna que compramos no mercado? Obrigada

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de jun de 2018

Boa tarde Danielle Santos,

Os ovos das codornas chinesas podem ser consumidos normalmente, eles apresentam praticamente as mesmas características dos ovos das codornas normais.
Agradecemos pelo contato.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Antônio Carlos

26 de abr de 2018

Bom dia! Sr. por gentileza pretendo comprar codorna de grandes portes e três espécies diferentes, como comprar e a forma de pagamento?

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de abr de 2018

Olá Antônio,

Nós produzimos cursos de capacitação, para mais informações recomendamos que procure por criadores em sua região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Edivandro Neves De Oliveira

15 de abr de 2018

Achei muito interesante os tipos de cordona.

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de abr de 2018

Olá Edivandro,

Agradecemos seu comentário em nosso site.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

santos Azarias Daniel

17 de mar de 2018

Fiquei muito informado e consegui estudar algo interessante.

Resposta do Portal Cursos CPT

19 de mar de 2018

Olá Santos,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

CARLOS SOARES CAMPOS

22 de jan de 2018

Bom dia! Pretendo comprar uma boa quantidade de codornas, mas gostaria de saber qual delas dão a maior quantidade de ovos em cativeiro e qual delas têm a melhor carne. obrigado!

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de jan de 2018

Olá Carlos,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

A codorna americana ou bobwhite é muito vendida no Brasil, pois de adapta com facilidade ao nosso clima. Essa raça alcança duas ninhadas ao ano, podendo somar mais de 300 ovos anualmente e é uma das raças mais precoces.

As fêmeas da raça de codornas japonesas são de maior porte que o macho e são capazes de render aves bastante pesadas, assim, dão ainda mais lucro ao criador. O percentual de lucro de quem cria essa raça é baseado no peso, pois sua taxa de reprodução é bem menor do que a da citada anteriormente, a codorna americana.

A mais utilizada por criadores brasileiros é a codorna japonesa, porém a européia também é bastante escolhida entre os criadores. Além disso ela é uma das mais baratas do mercado, por isso quem está começando a criação costuma optar por ela.

O cruzamento entre codornas de raças diferentes não é recomendado aos criadores. Isso porque há riscos de diminuir a produtividade das aves. O ideal é que elas sejam mantidas sem cruzamento com outras raças e nem com outras com grau de parentesco direto.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Orlando Motta Barbosa

13 de nov de 2017

Gostei muito de conhecer seu site.

Resposta do Portal Cursos CPT

13 de nov de 2017

Olá, Orlando.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado. Volte sempre! :)

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Antônio carlos

20 de abr de 2017

Bom dia! Gostaria de comprar codorna americana e japonesa. Qual o procedimento e forma de pagamento. Att

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de abr de 2017

Olá Antônio Carlos,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Recomendamos que procure em casas agrícolas ou por criadores que podem ser encontrados em mecanismos de busca como o Google.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!