WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "os-alunos-com-necessidades-especiais-apresentam-um-ritmo-de-aprendizagem-mais-limitado-sendo-assim-com-relacao-a-proposta-de-educacao-inclusiva-e-correto-afirmar-que" ()

Professores de visão apriorista condenam seus alunos ao fracasso

Visão apriorista acerca do conhecimento, você sabe o que é? Você sabe o que pensam e como pensam os professores aprioristas sobre a formação do conhecimento individual dos alunos? Você sabe em que ela acarreta? Pois bem, para aqueles que não sabem, a visão, conhecida como apriorista, é oposta à proposta pelo empirismo. Apriorismo, também conhecido como inatismo, é nome que se dá à crença de que já existe algo inato ou programado na bagagem genética hereditária de cada ser humano, que depois amadurecerá, em determinadas etapas, até que a pessoa desenvolva, a partir dessa base, o conhecimento. Por essa ótica, como a base já está feita em cada pessoa, o mundo exterior acaba tendo função menor, simplesmente de abastecer o indivíduo com conteúdo, de forma que o conhecimento se faça, então, existir.

O que fazer para que alunos com deficiência gostem das aulas?

Para que os alunos com deficiência se interessem pelas aulas, o professor deve adaptar o seu modo de transmitir os conteúdos e a forma de expressão. Segundo Emiliane Rezende, professora do Curso a Distância CPT Educação Inclusiva e Educação Especial, em Livro+DVD e Curso Online, "Não podemos deixar de salientar que a forma de ministrar o conteúdo sugerido pelos estudiosos do movimento inclusivo, e que é colocada em prática e posteriormente intitulada como experiência bem sucedida de inclusão, é excelente para a turma".

Professor, aprenda a avaliar o trabalho em grupo corretamente

Avaliar trabalho em grupo não é fácil porque muitas artimanhas podem desvirtuar o processo. Sempre tem um aluno que pega carona no trabalho dos colegas, outro que, ao contrário, carrega o trabalho sozinho, sendo difícil fazer um acompanhamento mais preciso da aprendizagem somente pelo produto final apresentado.

Metodologias de ensino: importância no processo de aprendizagem

As metodologias de ensino têm um papel fundamental no processo de incremento da autonomia do aluno na aprendizagem. "Elas integram estratégias, técnicas e atividades voltadas a diferentes situações didáticas vividas em sala de aula, tendo como objetivo propiciar condições para que o aluno possa se apropriar dos conhecimentos propostos", afirma Dr. Per Christian Braathen, professor do Curso a Distância CPT Metodologia de Ensino Aplicada a Grupos, em Livro+DVD e Curso Online.

Quadro e giz não mais! Os alunos querem tecnologias!

As tecnologias da comunicação e informação podem ser utilizadas para realizar formas artísticas; exercitar habilidades matemáticas; apreciar e conhecer textos produzidos por outros; imaginar, sentir, observar, perceber e se comunicar; pesquisar informações curiosas entre outras, atendendo aos objetivos de aprendizagem ou puramente por prazer, diversão e entretenimento. "Por isso, na medida do possível, é importante que os alunos possam fazer uso dos computadores tendo propósitos próprios, fora do horário de aula ou quando terminarem a proposta feita pelo professor", afirma Marcos Orlando de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Mídias na Educação, em Livro+DVD e Curso Online.

Sala de Aula Invertida: como avaliar os alunos

Os princípios de avaliação na Sala de Aula Invertida são os mesmos que seriam utilizados em outras atividades, claro, considerando a avaliação como um fator que contribui com a aprendizagem, indicando suas falhas, tanto do lado do professor como do aluno. “A avaliação deve ser feita tanto como caráter qualitativo como quantitativo. Vem daí a necessidade de que, durante a aula, os professores devam observar e dar feedback, além de avaliar, continuamente, o desempenho dos alunos”

Pimenta-do-reino: história e produção

A pimenta-do-reino, uma das especiarias mais antigas conhecidas, é originária do sudeste da Índia. É cultivada principalmente em países de climas tropicais e subtropicais. Sendo assim, encontra no Brasil condições ideais para o seu cultivo. Sua produção no Brasil é exportada para dezenas de países, nas formas de pimenta preta, pimenta branca e pimenta verde ou em salmoura, sendo que a maior parte produzida é de pimenta preta.

Aula expositiva: número excessivo de alunos

Número excessivo de alunos - Quando o número de alunos é muito grande, fato comum no ensino brasileiro, a aula expositiva torna-se o recurso mais fácil para o professor e para a escola.

Inclusão escolar de alunos surdos: como agir?

Embora o ensino através de LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais) seja o método oficial para garantir a aquisição do conhecimento por parte do surdo, não é preciso ser especialista no assunto para fornecer recursos que de fato garantam a aprendizagem deles. "O aluno surdo deve frequentar as turmas comuns e, de preferência, em um contraturno, deve frequentar a sala de recursos onde um professor especializado deve desenvolver as habilidades do mesmo através do ensino de LIBRAS"

Trabalhos escolares em grupo: saiba como organizá-los

Existem professores que, raras vezes, propõem a seus alunos o desenvolvimento de atividades em grupo e, mesmo assim, acabam não as implementando por meio de metodologias adequadas. Em geral, eles tendem, por exemplo, a formar grupos de trabalho homogêneos, reunindo os melhores alunos em um grupo, na esperança de que o bom desempenho esperado desses alunos sirva de exemplo para os demais alunos menos adiantados, que, em geral, constituem a maioria, em uma abordagem equivocada.

Fique por dentro das novidades!