Resultados da busca para "montaria-em-cavalos"

Criação de cavalos: equipamentos necessários à montaria

Antes de o cavaleiro partir, de fato, para a montaria, deve ter conquistado a confiança do cavalo. Somente assim, o animal permitirá a aproximação e a monta. Esse início de convivência é uma relação de ganho e confiabilidade, afirma Dr. Haroldo Vargas Leal Júnior, professor do Curso a Distância CPT Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos, em Livro+DVD e Curso online.

Higiene básica em cavalos: como fazer?

O cavalo é um ser vivo que geralmente causa o fascínio da grande maioria das pessoas. Independentemente da pelagem, da raça e do porte, dificilmente conheceremos pessoas com restrições aos cavalos. A sua beleza e imponência torna-o uma unanimidade. "É muito importante, no entanto, saber como fazer a higiene básica do cavalo antes de montá-lo, pois não se deve selar o animal sem que ele esteja totalmente limpo", afirma Dr. Haroldo Vargas Leal Júnior, professor do Curso a Distância CPT Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos, em Livro+DVD e Curso Online.

Vai comprar um cavalo? Faça a escolha certa!

Vai comprar um cavalo? Faça a escolha certa! Antes de comprar um cavalo, faça uma avaliação honesta da sua capacidade de montar, tendo em mente que a maioria das pessoas tende a superestimar suas habilidades. “Cavaleiros talentosos e experientes tiram o melhor de todos os tipos de cavalos, até os de temperamento mais difíceis

Criação de caprinos de corte - monta e estação de monta

A monta pode ser feita o ano todo, com os reprodutores sendo mantidos junto às matrizes durante todo o tempo. Entretanto, na criação de caprinos de corte pode ser escolhido um período específico para a monta, com duração pré-definida, em épocas mais favoráveis à fertilidade das fêmeas, e também em função da definição de períodos mais favoráveis ao nascimento das crias, em função da disponibilidade de forragem nas pastagens. Além disso, a concentração da atividade reprodutiva determina, também, a concentração dos nascimentos, permitindo a produção de lotes de animais mais padronizados para o abate. Essa concentração da atividade reprodutiva é chamada de estação de monta.

Entenda os cavalos e saiba como lidar com eles

Há muitos anos o homem divide seu espaço com os animais, especialmente com aqueles domesticáveis, que podem ser úteis na execução de atividades diárias, como os cavalos. A convivência com os equinos tem se tornado cada vez mais próxima devido à índole deles, pois são amistosos, leais e perspicazes. Com uma percepção bastante aguçada, eles aprendem os comandos de um líder com muita eficiência e rapidez. Interessante notar que, ao estabelecer uma relação afetiva com o dono, o cavalo se esforça ao máximo para cumprir as tarefas que lhe forem solicitadas, por mais difíceis que elas sejam. Felizmente, hoje em dia, o cavalo quase já não é explorado no transporte de cargas e de pessoas ou visto como fonte de alimento, fatores que comprometiam seu bem estar, impedindo que ele tivesse um tratamento condizente com seu tipo de relação tão próxima e benéfica ao homem.

Equitação terapêutica desenvolve a tenacidade, a perseverança, a calma e o domínio de si mesmo

Equitação é a arte de montar a cavalo, adestrá-lo e prepará-lo para as diversas atividades em que pode ser utilizado. A equitação desenvolve com mais harmonia essas ações e, ainda, o equilíbrio, a coordenação motora, a agilidade, a destreza, conferindo um sentimento de força física e fazendo aumentar a autoconfiança. Aumenta a vontade, o espírito de decisão, a iniciativa e a resolução. O adestramento do cavalo desenvolve no cavaleiro a tenacidade, a perseverança, a calma e o domínio de si mesmo.

Equoterapia - motivo da utilização do cavalo e seus benefícios

A equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo como mecanismo essencial para o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de deficiência ou de necessidades especiais. Na equoterapia, essas pessoas não são consideradas "clientes" ou "pacientes". Mas, sim, o sujeito do processo. Elas participam de sua própria reabilitação da maneira direta; são "agentes" de sua própria reabilitação, logo são um praticantes de equoterapia. O cavalo, por sua vez, é utilizado na equoterapia por vários motivos: no campo psicológico, o cavalo transmite uma sensação de força e poder, ou mesmo nos reporta a lembranças inconscientes de embalo e proteção. No cavalo, o cavaleiro participa como um todo, contribuindo para o aprimoramento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo, desenvolvimento do equilíbrio e da coordenação motora, essenciais para o indivíduo se manter de pé, ou andar. Essa terapia também contribui para a melhora dos distúrbios da fala e comunicação, auxilia na articulação dos sons e linguagem, melhora a atenção e concentração, além de proporcionar uma harmonização através de um melhor conhecimento de si mesmo, melhorando a percepção da realidade externa e a maneira de se posicionar em relação ao mundo.

Cavalos - como alimentá-los corretamente

Diferente do que muitos imaginam, alimentar cavalos é uma difícil tarefa, já que há disponível no mercado uma infinidade de produtos disponíveis para este propósito. No entanto, o que deve ser levado em consideração quando o assunto for a forma correta de alimentá-los é que existem fatores, como o clima local, peso animal, tipo de cavalo, idade, saúde, caraga de trabalho, que determinam o tipo de alimento e a quantidade a ser dada para cada cavalo. Partindo-se disto, pode-se afirmar que o que é ideal para um equino pode não ser bom o bastante para outro, uma vez que não existem dois animais iguais.

Doma racional de cavalos: duração dos treinos

O tempo empregado nas lições é fator importantíssimo em quaisquer ocasiões onde se pretenda o ensino do cavalo. Saber dosar tempo, intensidade, quantidade de exercícios é uma das habilidades a ser perseguida pelos treinadores. "A duração das lições deve respeitar o desenvolvimento da capacidade do cavalo em manter a atenção dirigida para as mensagens que a ele estão sendo transmitidas. Pouco adianta prosseguir na instrução de um cavalo cujas atenções já tenham se dispersado", afirma Paulo Guilhon, professor do Curso a Distância CPT Doma Racional Interativa, em Livro+DVD e Curso Online.

Doma de cavalos - charreteamento do equino em 6 passos

Quando o cavalo estiver rodando bem no cabresto, já selado, podemos iniciar o charreteamento. Neste momento, passamos cada uma das pontas da rédea comprida pelo estribo correspondente e prendemos nos respectivos lados na focinheira do cabresto ou na professora. Em seguida realizamos as seguintes etapas:

Atendimento Online
Quer Facilidade