WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "abrigo-para-ovelhas" ()

Como fazer tosquia profissional em ovelhas

Os principais objetivos de tosquiar ovelhas concentram-se em garantir o bem-estar e a higiene dos ovinos, além de obter lucros com a comercialização da lã. A tosquia profissional, em uma única ovelha, produz até 4,5 quilos de lã. Dependendo da raça do ovino, a lã produzida se transforma em um fio de excelente padrão de qualidade.

Razões para fazer tosquia em ovelhas

A tosquia não apenas retira a lã das ovelhas para comercialização, como também garante o conforto animal, principalmente nos períodos mais quentes do ano. Por meio da tosquia, o ovinocultor protege os ovinos do calor excessivo. Isso é muito importante, pois o excesso de lã no corpo dos ovinos impede que a temperatura corporal seja reduzida.

Vou construir um canil. Como devem ser os boxes?

Os boxes, também conhecidos como abrigos, devem ser divididos em duas áreas: uma área para abrigo coberto e a outra para solário, pois os animais não devem ficar sem espaço para exercitar. Recomenda-se que esses abrigos apresentem um espaço de 8 m de comprimento por 2 m de largura, para cada dois cães de médio a grande porte, sendo que você nunca deve colocar dois machos juntos. Desses 16 m2, um espaço de 2 m por 2 m servirá para a área coberta e o restante para o solário.

Registros zootécnicos na criação de ovelhas: isso é mesmo necessário?

Para melhorar a eficiência reprodutiva de um rebanho, é preciso aumentar o percentual de ovelhas gestantes, o número de nascimentos, o número de animais desmamados, e o peso final dos cordeiros no desmame. “Outros fatores também deve ser considerados: prolongar a vida útil das matrizes e explorar ao máximo o potencial dos animais, reduzindo a taxa de reposição, e estabelecer critérios de descarte para que mais animais sejam destinados à produção de carne, e para que se possa estabelecer programas de seleção e até mesmo melhoramento genético do rebanho”

Crie ovinos de corte e obtenha sucesso no mercado

A criação de ovinos (conhecidos popularmente como cordeiros ou ovelhas) ou ovinocultura se expande pelo Brasil todo. Desde o Rio Grande do Sul, região tradicional dessa atividade, passando pelo Sudeste e pelo Centro-Oeste, chegando até o Nordeste do país. Entre as diversas funções dessa prática, estão a produção de lã, a exploração da pele e a produção de carne dos animais.

Ile de France - Características sobre essa raça de ovinos

De origem francesa, foi introduzida no Brasil, por volta de 1973, e tem tido uma procura bastante intensa, mesmo no Rio Grande do Sul. Tradicional reduto das raças laneiras. Adaptou-se bem às nossas condições, apresentando excelente fertilidade e cordeiros com ótima velocidade de crescimento, sobretudo, quando utilizada como raça pai sobre ovelhas de lã ou mistas?, afirma o professor Edson Ramos de Siqueira, do curso Criação de Ovinos de Corte, elaborado pelo CPT ? Centro de Produções Técnicas.

Saiba mais sobre a raça ovina Suffolk

Os ovinos são mamíferos ruminantes bovídeos. Possuem grande importância no mercado, sendo fonte de lã, carne e couro. No feminino, são chamados de ovelhas, já na espécie masculina, carneiro. Quando filhotes, são chamados de cordeiro, anho ou borrego. A Raça Sufolk Histórico Essa raça surgiu na Inglaterra em 1776. É originária dos condados de Suffolk, Norfolk e Cambridge e obtida por meio dos cruzamentos de ovelhas Norfolk com carneiros Southdown.

Cuidados com a gestação e com ovinos recém-nascidos

Para garantir o sucesso da criação de ovinos, a atenção do criador deve ter início com os cuidados práticos adotados desde a gestação das ovelhas até o período de terminação. A gestação da ovelha pode ser dividida em duas fases: a primeira corresponde aos primeiros 100 dias ou os 2/3 iniciais do desenvolvimento do feto, onde as exigências da gestante são moderadas.

4 raças de ovelhas para a produção de carne. Conheça!

O grupo de raças especializadas na produção de carne, é, sabidamente, mais exigente em termos de nutrição e ambiente em geral, adaptando-se melhor a criações mais intensificadas, como no caso das pequenas propriedades. “Nestas, em virtude da impossibilidade de se trabalhar com grandes rebanhos, o retorno econômico propiciado pela lã não seria tão significativo, justificando, portanto, a criação de raças com menor potencial de produção da nobre fibra e maior habilidade carniceira”, afirma Dr. Edson Ramos de Siqueira, professora do Curso a Distância CPT Criação de Ovinos de Corte.

Reprodução de ovelhas: quando iniciar essa atividade?

Para se determinar o começo da atividade sexual dos animais, deve ser levado em consideração o seu peso, que na maior parte dos casos está em torno de 40 kg. “A idade para a reprodução é, na maior parte dos casos, ao redor de 18 meses, podendo ser reduzida ou elevada de acordo com a circunstância. Tudo depende do manejo, nível nutricional e material genético utilizado”, afirma Dr. Edson Ramos de Siqueira, professora do Curso a Distância CPT Criação de Ovinos de Corte.

Fique por dentro das novidades!