WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "a-importancia-dos-aterros-sanitarios" ()

Como é o dia a dia de um aterro sanitário (lixão), você sabe?

Em aterros sanitários, popularmente chamados de lixões, são descarregadas toneladas de lixo diariamente. “As primeiras atividades do dia são a compactação e o aterramento do lixo descarregado da coleta noturna”, afirma Maeli Estrela Borges, professora do Curso a Distância CPT Aterro Sanitário - Planejamento e Operação, em Livro+DVD e Curso Online. Enquanto isso, uma escavadeira mecânica retira material de cobertura de uma encosta dentro da área do aterro e, ao mesmo tempo, abre mais espaço para aterramento de lixo.

Aterros sanitários ou lixões. Qual o melhor destino para o lixo urbano?

Algumas pessoas talvez nunca tenham ouvido falar em aterros sanitários; outras, que já ouviram, podem não saber o que eles são e para que servem; tem, ainda, os que devem pensar que aterros e lixões sejam a mesma coisa. Não, não são! E para começar, é preciso esclarecer que lixão não é aterro e eles não devem ser confundidos. Mas, afinal, qual o melhor destino para o lixo urbano: aterros sanitários ou lixões?

Licenciamento ambiental para aterros sanitários. Isso é mesmo necessário?

Licenciamento ambiental para aterros sanitários é mesmo necessário? Sim, é! Todo aterro sanitário deve ter um licenciamento ambiental, concedido por órgão governamental competente, que quase sempre são os Conselhos Estaduais de Política Ambiental da Secretaria Estadual de Meio-ambiente de seu Estado.

Aterros sanitários: sistemas de drenagem e drenagem do chorume

Os sistemas de drenagem de aterros sanitários deverão ser projetados visando a drenagem superficial e de águas pluviais, a drenagem do chorume e a drenagem do biogás, afirma Maeli Estrela Borges, professora do Curso a Distância CPT Aterro Sanitário - Planejamento e Operação, em Livro+DVD e Curso Online.

Planejamento e operação de aterro sanitário

Especial - Você sabe como é feito o gerenciamento de um aterro sanitário? Conhece as formas corretas de destinação do lixo urbano? Acompanhe a série de artigos especiais que o portal CPT publicará nesta semana sobre o planejamento e a operação desses depósitos. No mundo, dia após dia, constata-se a necessidade crescente de melhoria na gestão do lixo. Em muitos locais do planeta, convive-se com as consequências da má administração (poluição dos recursos naturais, infestação de pragas e doenças).

Aterros sanitários são a melhor forma de destinação do lixo urbano

Especial - Um aterro sanitário bem administrado pode gerar grandes benefícios sociais e econômicos. Mas, para que esses depósitos sejam encarados dessa forma, é preciso investimento em administração dos serviços de limpeza pública e destinação adequada dos rejeitos.

Planejamento e métodos de execução para o correto gerenciamento do aterro sanitário

Especial - O planejamento de um aterro sanitário é dividido em etapas. A execução dos trabalhos diários dependerá de como elas serão definidas, portanto carecem de elaboração criteriosa, pautada em conhecimentos seguros e informações confiáveis.

Por que dizer SIM aos aterros sanitários?

Quando bem projetado e manejado, podem-se citar entre as vantagens do aterro sanitário: “é uma destinação final sanitária, adequada e completa; recebe quase todos os tipos de lixo; protege o meio ambiente e a saúde pública; é uma solução econômica com baixos investimentos iniciais de implantação, quando comparados a outros processos; é um processo de implantação rápida; possibilita a recuperação de terrenos degradados; elimina problemas sociais, estéticos, de segurança; e possibilita o aproveitamento do biogás se projetado para essa finalidade

Todo tipo de lixo tem de ser encaminhado para os aterros sanitários?

Nos serviços de limpeza são gerados resíduos sólidos urbanos: resíduos comuns ou domiciliares, os resíduos públicos e os resíduos especiais. Dentro dos resíduos comuns, destaca-se o lixo domiciliar, produzido nas residências, nos prédios públicos, no comércio e nas escolas. Na sua composição, destaca-se a matéria orgânica como principal componente, o papel e papelão e o plástico.

Tipos de lixo para o aterramento sanitário

Especial - O que descartamos é composto de materiais tratados de acordo com a classificação que recebem. Nem tudo vai para o aterro sanitário, ele recebe apenas a parcela que não pode ser reciclada. Os resíduos sólidos urbanos são divididos em comuns ou domiciliares, públicos e especiais.

Fique por dentro das novidades!