WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cursos da Área Curso Como Administrar Pequenas Empresas Curso Administração Financeira na Pequena Empresa Curso de Negociação - Técnicas e Estratégias de Sucesso Curso Marketing para Pequenas Empresas Curso Fidelização de Clientes Curso Liderança Gerencial - Como Desenvolver Habilidades em Liderança Curso Treinamento de Gerente de Loja Curso Gestão de Pessoas na Pequena Empresa - Parte 1 Curso Planejamento Patrimonial Sucessório por Meio de Holding Curso Segurança Patrimonial para Empresas Curso Loja de Sucesso - Planejamento, Gestão e Marketing Curso Gestão de Pessoas na Pequena Empresa - Parte 2 Curso Como Administrar Estoque e Almoxarifado Curso Primeiros Socorros - nas Escolas, nas Empresas e em Residências Curso Merchandising Visual para o Seu Negócio Curso Como Tornar sua Empresa uma Franqueadora Curso Análise de Crédito e Cobrança na Pequena Empresa - Parte 1 Curso Dinâmicas para Motivação e Cooperação de Equipes nas Empresas - Jogos e Dinâmicas com 10 Práticas Curso Dinâmicas para Motivação e Cooperação de Equipes nas Empresas - Práticas de Jogos e Dinâmicas de Grupo Curso Como Administrar Pequenas Indústrias Curso Análise de Crédito e Cobrança na Pequena Empresa - Parte 2 Curso Como Implantar um Plano de Cargos e Salários Curso Estratégias para Desenvolvimento de Municípios Curso Estratégias para Desenvolvimento de Municípios II com base em Agropecuária e Confecções Áreas Afins 10Capacitação na Empresa Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Violência nas escolas faz responsáveis pela educação analisarem a segurança

Os riscos podem variar desde acidentes ou fenômenos naturais até danos, como furtos, assaltos, homicídios e atentados

A violência choca o Brasil, mas ao mesmo tempo confronta os responsáveis pela educação, que já discutem medidas de segurança.

O caso da escola de Realengo, no Rio de Janeiro, que ocorreu na manhã da quinta-feira, 14, traz à tona a preocupação da segurança para as crianças nos estabelecimentos de ensino. A violência choca o Brasil, mas ao mesmo tempo confronta os responsáveis pela educação, que já discutem medidas de segurança.

Como relatado no Jornal Bom Dia Brasil, veiculado pela Rede Globo, nos Estados Unidos, depois de tantos massacres, foram adotados alguns modelos rigorosos de segurança. As escolas possuem detectores de metais na portaria e guardas revistam as mochilas dos alunos. Atualmente, os americanos também têm estimulado o diálogo entre alunos e professores, encorajando-os a denunciar qualquer tipo de ameaça.

De acordo com Plácido Soares, profissional de segurança pública e privada vinculado ao Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, uma medida inicial é fazer o mapa das atividades internas da escola e manter em arquivo na guarita. “Nunca se sabe quando será necessário consultar dados e eventos ocorridos no passado. O ideal é desenvolver um software, capaz de armazenar todos os dados sobre entradas e saídas de professores, alunos, funcionários, fornecedores e visitantes”, diz Soares, professor e coordenador do curso Segurança em Estabelecimentos de Ensino, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Não existem métodos perfeitos ou infalíveis para evitar essas ações criminosas, mas existem algumas medidas e providências que a escola pode adotar, para dificultar ou impedir. Assim, Soares recomenda, no curso, não deixar objetos de valor em locais visíveis, instalar alarmes e circuito-fechado de TV, utilizar trancas e fechaduras de boa qualidade e o sistema de segredo em áreas mais sensíveis. Além disso, se possível, “contrate uma empresa de segurança que mantenha um serviço de monitoramento, capaz de ser acionado em socorro da escola, quando for necessário. Desenvolva campanhas educativas junto a professores, alunos e funcionários”, incentiva Soares.

O pesquisador Cláudio Beato chama atenção, em seu estudo sobre Perdas Sociais Causadas pela Violência, para a ausência de preparo das escolas e a perplexidade em lidar com a violência. E o bullying vem mostrando isso cada dia mais. Para ele, "os professores e funcionários precisam saber lidar com os alunos problemáticos. Em muitos casos, eles sabem quem são, mas ocultam os problemas que ocorrem dentro do seu território para que não comprometam o nome da instituição", conclui Beato.

Por: Ariádine Morgan

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!