WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Projeto pretende exportar mel ecológico

Técnicas adequadas de produção agregam valor à apicultura orgânica

 

 A casa mel fará o beneficiamento do mel produzido por mais de 300 produtores. Foto: Deviantart.

O projeto Casa do Mel, de iniciativa do Instituto Terra, pretende recuperar áreas degradadas da Mata Atlântica no Vale do Rio Doce e desenvolver a área rural de modo sustentável. Para isso, busca aperfeiçoar a apicultura da região, que já tem gerado emprego e renda. O projeto é feito em parceria com a empresa Legambiente.

Segundo o presidente da empresa, Lorenzo Frattini, o projeto pretende desenvolver padrões internacionais para o mel produzido na Mata Atlântica, tornando-o competitivo no setor de produtos ecológicos. Assim, a Casa do Mel já negociou a construção de uma unidade de processamento, que será instalada no Instituto Federal de Ensino Superior de Colatina, no Espírito Santo.

Colatina foi escolhida por possuir o Ifes, além de contar com uma localização privilegiada, no centro de mais de 30 municípios com potencial para a apicultura no Vale do Rio Doce. Na unidade, devem ser processadas cerca de 300kg de mel por dia. Nela, pretende-se melhorar a qualidade e a apresentação do produto que será comercializado para o mercado externo.

São mais de 40 pessoas envolvidas na produção de mel somente em Colatina. Anualmente, são produzidas em torno de 30 toneladas, vendidas para os mercados interno e externo. O objetivo da Casa do Mel é beneficiar mais de 380 apicultores da região Norte do Espírito Santo e do Leste de Minas Gerais. Os produtores integrantes do projeto receberão um certificado de qualidade e os produtos serão padronizados.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!