WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Pamonha doce não pode faltar em barraquinhas de festa juninha

Para preparar essa guloseima, o primeiro passo é obter a massa de milho, ralando as espigas

A pamonha é servida na própria palha de milho, na forma de saquinho.

A pamonha é uma das receitas mais tradicionais e mais presentes nas barraquinhas de festas juninas. Seu nome vem do tupi “pa'muña” e significa “pegajoso”. Acredita-se que tenha chegado ao Brasil por meio dos escravos africanos. Hoje, é prato típico nos estados de Minas Gerais e Goiás.

É servida na própria palha de milho, na forma de saquinho. A embalagem, além de ser original, chama a atenção por sua beleza. As pamonhas podem ser consumidas como lanche rápido, ou mesmo como café da manhã.

Para preparar essa guloseima, o primeiro passo é obter a massa de milho, ralando as espigas. Ao escolhê-las, dê preferência às compridas, com grãos grandes e bem amarelados, pois possuem maior concentração de amido. Na hora de ralar, deve-se ter cuidado com sabugo, que deve passar longe do ralador, pois amarga a pamonha.

No curso Processamento de Milho Verde, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, a professora Marli Cambraia lembra que “a massa de milho verde tem pouco tempo de vida útil, antes do cozimento, devendo ser cozida em, no máximo, duas horas e meia após o preparo, quando começará a fermentar. Guardá-la sob refrigeração não aumenta sua vida útil”.

A preferida dos consumidores é a pamonha doce. No mesmo curso, Cambraia ensina a prepará-la utilizando 10 kg de massa de milho verde, obtida a partir de 80 a 100 espigas de milho; 2,5 kg de açúcar cristal; 1,250 L de óleo; 1 kg de queijo fresco e 75 g de sal. O rendimento da receita é de 50 pamonhas.

“Podem ser usados outros recheios no lugar do queijo, como coco fresco ralado e creme de leite, acrescentando duas colheres de sopa por pamonha”, a professora nutricionista e extensionista da Emater dá a dica.

Assista o vídeo e acompanhe o passo a passo da preparação da pamonha doce.

Por: Clara Peron.

Curso CPT - Processamento de Milho Verde

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!