WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Lojas online devem começar a se preparar para o Natal

Especialista recomenda que estratégias de marketing e preparação de estoques devem começar agora

 

 As compras pela internet se intensificam no Natal. Foto: reprodução.

O Natal é certamente a melhor data para o comércio varejista. As semanas que o antecedem e alguns dias depois formam o momento mais lucrativo para as lojas. Com o varejo online não seria diferente. As vendas pela internet vêm acumulando altas todos os anos, sobretudo no fim de ano.

Para 2012, a previsão é de um crescimento de 20%, com um faturamento total em torno de R$ 12,2 bilhões no segundo semestre, de acordo com a pesquisa Webshoppers. Assim, para atender a uma grande demanda, as lojas online precisam começar a se preparar desde já para as vendas de fim de ano, foi o que defendeu o diretor-executivo da empresa de tecnologia GVP IT Solutions, Daniel Pereira, em entrevista ao site do Estadão PME.

Para Pereira, o empresário precisa priorizar agilidade, segurança, proatividade, atenção e organização na preparação de uma boa estratégia para as vendas de fim de ano. Segundo ele, os lojistas precisam monitorar os produtos mais procurados pelos clientes para criar um bom estoque para dezembro.

O diretor-executivo destacou que as empresas precisam construir uma boa rede de relacionamento com os clientes, de modo que tenha retorno sobre o atendimento e sobre os produtos. Desse modo, é possível aprimorar o serviço e resolver algum problema antes do Natal, quando a demanda é bem maior.

Ele acredita que um bom trabalho no período de fim de ano é um passo para a fidelização do cliente. Por isso, o pós-venda também é muito importante. A empresa precisa acompanhar o produto até a entrega e ter certeza de que o consumidor ficou satisfeito. Sendo assim, é importante que a empresa crie um centro de atendimento que tenha todas as informações dos consumidores e possa receber todas as reclamações por todos os meios, como telefone e e-mail.

Por: Maria Clara Corsino.

Fonte: Estadão PME.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!