Cultivo orgânico de tomate, pimentão, abóbora e pepino: defensivos naturais

Os defensivos naturais são compostos preparados pelo agricultor que contribuem para melhorar o metabolismo das plantas.

Os defensivos naturais são compostos preparados pelo agricultor que contribuem para melhorar o metabolismo das plantas.

Os defensivos naturais são compostos preparados pelo agricultor que contribuem para melhorar o metabolismo das plantas, por um custo baixo, sem prejuízos à saúde do trabalhador e nem envenenamento dos alimentos. Alguns exemplos de defensivos são:

* os biofertilizantes enriquecidos;

* os compostos;

* as calda;

* extratos etc.

 

* A presente dica é parte integrante do curso Cultivo Orgânico de Tomate, Pimentão, Abóbora e Pepino, desenvolvido pelo CPT - Centro de Produções Técnicas.

Cursos Relacionados

Curso Cultivo Orgânico de Brócolis, Couve-Flor e Repolho Curso Cultivo Orgânico de Brócolis, Couve-Flor e Repolho

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Tomate, Pimentão, Abóbora e Pepino Curso Cultivo Orgânico de Tomate, Pimentão, Abóbora e Pepino

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Gengibre, Taro e Inhame Curso Cultivo Orgânico de Gengibre, Taro e Inhame

Com Prof. Carlos Alberto e Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

avelino guilherme b junior

30 de jan de 2013

Eu gostaria de saber como preparar um defensivo orgânico para tomate e um fungicida junto pimentão também.

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de fev de 2013

Olá, Avelino!

Agradecemos sua visita e seu comentário em nosso site.

A Calda Sulfocálcica é um dos mais antigos defensivos agrícolas. Possui ação inseticida contra insetos sugadores, como ácaros, tripes e cochonilhas, etc. Tem efeito fungicida, atuando de forma curativa, principalmente contra oídio e ferrugens.

A sua qualidade é medida em função da densidade da calda, empregando, para isso, o Aerômetro de Baumê, muito utilizado na indústria de xaropes. A calda ideal possui densidade de 32º Beumê, porém é coniderada boa uma calda com 29 ou 30º Beumê.

 

Preparo da Calda Sulfocálcica:

A fabricação da calda é feita a quente, requerendo recipiente de metal (latão ou inox). No caso de preparar 10 litros de calda sulfocálcica, utilizar os ingredientes abaixo:

* 10 litros de água

* 1 quilo de cal virgem

* 2 quilos de enxofre em pó

Coloque o recipiente no fogo com metade da quantidade de água recomendada (5 litros). Deixe aquecer ligeiramente e adicione a cal, deixando a mistura ferver. Durnte a fervura, acrescente, pouco a pouco, o enxofre em pó, agitando tudo fortemente com uma pá de madeira e com o cuidado de não deixar esfriar a mistura. A agitação deve ser contínua até formar uma mistura homogênea, sem separação do enxofre.

Em seguida, adicione o restante da água e deixe ferver por mais 50 - 60 minutos. Durante esse tempo, manter o nível da mistura, adicionando água fervendo ou água fria lentamente, para não abaixar temperatura.

Quando atingir a coloração pardo-avermelhada (cor de âmbar), a calda estará pronta. Tirar do fogo e deixar esfriar. Coar a calda com peneira bem fina ou com pano e medir sua concentraçãoa em graus baumê.

Recomendações de uso:

A calda Sulfocálcica é dissolvida um litro para 8 a 12 litros de água. Ultimamente, vem sendo utilizada em horticultura para tratamento fitossaniário no período vegetativo, com êxito, pois tendo custo baixo e eficiência, torna-se muito econômico o seu emprego. A dosagem recomendada para o período vegetativo é de concentrações de um litro da calda pra 30 a 120 litro de água.

A aplicação da calda deve ser feita sempre em períodos frescos, para evitar queimaduras na folhagem.

Qualquer dúvida, entreem contato conosco.

Atenciosamente,

Natália Parzanini Brum

Mais Dicas Cursos CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade