WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!

Ecoturismo - infraestrutura de operação: equipamentos e serviços turísticos

Equipamentos e serviços turísticos.

 As áreas de recreação são espaços onde estão as trilhas, os locais de mergulho e os locais de acampamento selvagem.

Os equipamentos e serviços turísticos englobam tudo o que está relacionado às trilhas, às áres de recreação, aos banheiros, aos restaurantes, à estrutura de hospedagem, aos vestiários, aos locais de descanso, entre outros.

No empreendimento de ecoturismo, cada área tem um uso específico, conforma suas características e suas necessidades estruturais. No entanto, é preciso levar em conta que todas as instalações deverão ser projetadas em harmonia com o meio ambiente. Em Bonito, por exemplo, há grandes quantidades de instalações construídas em madeira, com cobertura de capim sapé, constituindo um ótimo exemplo de instalações harmoniosas com a atividade.

Quanto ao município, e mesmo à propriedade onde está instalado o empreendimento, deve-se pensar em um macroplanejamento. É importante um zoneamento que determine qual será o manejo para cada local, de acordo com suas características naturais, culturais e econômicas. Além disso, é preciso fazer uma análise da viabilidade das diferentes atividades recreativas que podem ser planejadas. Em termos gerais, um ordenamento espacial deve prever, pelo menos, três tipos de áreas conforme sua utilização.

Áreas de conservação


Nas áreas de conservação, as atividades são de impacto praticamente nulo ou escasso. Geralmente, são áreas de difícil acesso, destinadas à preservação, e poderiam ser consideradas reservas biológicas. Eventualmente, essas áreas podem ser usadas em estudos científicos, ou mesmo podem ser visitadas como exemplo de áreas preservadas. Em Parques Nacionais e Estaduais, essas áreas são chamadas áreas intangíveis, ou seja, locais a que os visitantes nunca têm acesso.

Áreas de recreação

Nas áreas de recreação, ocorrem atividades mais intensas, porém, com baixa concentração de visitantes. São espaços onde estão as trilhas, os locais de mergulho e os locais de acampamento selvagem. Poderíamos chamá-las de áreas de uso extensivo.

Áreas de uso geral

As áreas de uso geral também podem ser chamadas de área de uso intensivo. Nelas, a circulação de pessoas será intensa, como os locais onde serão instalados o pórtico de entrada, o estacionamento, a recepção, a central de informações, os locais de distribuição de equipamento especializado, os restaurantes, os vestiários e o sanitário.

Atenção!

É importante prever qual estrutura básica o empreendimento deve oferecer para o desenvolvimento das atividades contidas na programação. Para isso, o empreendedor deve ter conhecimentos técnicos e práticos da atividade em questão, pois sua experiência é o fator fundamental no sucesso do negócio.

Leia outros artigos relacionados ao tema:

Local e construções

Coleta seletiva de lixo

Tratamento de esgoto

Cuidado com as águas

Elementos artificiais

Recreação e playground

Possíveis impactos ambientais

Aprimore os seus conhecimentos, acessando os cursos da área Turismo Rural e Ecológico, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!