WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Turismo rural gera desenvolvimento econômico e social no campo

O turismo rural surge como forma alternativa de renda, um negócio que proporciona aos proprietários manter as propriedades produtivas, além de gerar empregos à população local

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1709/m-turismo-.jpg

Esse tipo de turismo deve estar sempre comprometido com a convivência harmoniosa das práticas agrícolas e com o modo de vida local.

O turismo rural é um segmento turístico que, de acordo com o Ministério do Turismo, pode ser entendido como o conjunto de atividades desenvolvidas no meio rural, sempre empenhadas em valorizar a produção agropecuária e agregar valor aos serviços e produtos do campo, resgatando, assim, a importância cultural e natural da localidade.

Ao se tratar desse tipo de turismo, é preciso lembrar que o seu desenvolvimento deve estar sempre comprometido com a convivência harmoniosa das práticas agrícolas e com o modo de vida local. Isso porque é uma proposta de respeito às  nossas raízes, principalmente nos tempos atuais, quando muito se fala, e começa a ser feito, pelo meio ambiente.

Descrever essa modalidade turística é também confrontar duas realidades distintas: campo e cidade. É possível observar que, com o corre-corre diário nas cidades grandes, pensar em um final de semana de descanso e tranquilidade, e em contato com a natureza, é uma possibilidade agradável. A busca por melhor qualidade de vida tem levado as pessoas a se deslocarem para o campo, para recuperar as energias.

Nesse contexto, o turismo rural surge como forma alternativa de renda, um negócio que proporciona aos proprietários rurais manter suas propriedades produtivas, além de gerar empregos à população local. Também desperta a consciência e compreensão ecológicas, transformando os moradores, de forma espontânea, em agentes conservadores da natureza, sobretudo à medida em que percebem o turismo como fonte de economia. Corresponde a uma forma de lazer saudável, com consciência ambiental, na qual valores culturais e regionais são resgatados e valorizados. Um negócio propício para um país como o Brasil, que possui grande extensão territorial, diversidade cultural e um número considerável de fazendas, impulsionando a economia agrícola e o desenvolvimento de regiões.  

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1709/m-turismo-meio-rural.jpg

A atividade turística pode trazer benefícios, como a promoção de atividades artesanais.

Mantendo-o de maneira sustentável, ganha o produtor e a comunidade, pois é uma alternativa flexível e que pode ser adequada a cada demanda. Observando que essa atividade pode ter seu início em locais não muito desenvolvidos economicamente, a formação de parcerias torna-se atraente e transformadora, podendo a implantação de atividades funcionar como agente modificador e trazer benefícios e prosperidade para a região.

A implantação de um empreendimento de turismo rural em uma fazenda exige uma série de considerações sobre o potencial da propriedade e a sua capacidade de transformar os atrativos que ela oferece aos visitantes em produto turístico vendável.

Pensando na implantação de empreendimentos de turismo rural, o CPT – Centro de Produções Técnicas, elaborou o curso “Como Implantar o Turismo Rural em Sua Fazenda”, apresentando, inicialmente, quatro exemplos de empreendimentos completamente diferentes quanto a seus atrativos, organização e público-alvo, para depois discutir, em detalhe, os principais pontos da organização do negócio. Nele você receberá informações do zootecnista Fábio M. Hosken, consultor e professor do SEBRAE em Turismo Rural.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

A atividade turística, como promotora de desenvolvimento econômico e social, pode trazer benefícios, como a melhoria na infraestrutura da região, desenvolvimento de atividades de lazer para a população, pequenas indústrias caseiras e promoção de atividades artesanais e, assim, aumento da procura por produtos alimentícios tradicionais do local.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!