WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Quais os principais cuidados com os cordeiros?

Um dos cuidados mais importantes é em relação à amamentação com colostro, que fornece aos animais anticorpos que combatem microrganismos patógenos causadores de infecções

Quais os principais cuidados com o cordeiro?

Os cordeiros requerem cuidados indispensáveis para que se mantenham saudáveis e vigorosos. Um dos cuidados mais importantes é em relação à amamentação com colostro, que fornece aos animais poderosos anticorpos, que combatem microrganismos patógenos causadores de infecções. Para que possa amamentar as suas crias, as ovelhas também devem estar saudáveis. Para isso, devem receber uma dieta balanceada e nutritiva, constituída de pasto e ração própria para essa categoria.

Aceitação da cria


Se a ovelha não aceitar seu cordeiro, este deve ser transferido para um curral. Aos poucos, acostume ambos a ficarem no mesmo ambiente até habituar a ovelha ao aleitamento da cria. Verifique os tetos da ovelha e veja se há rachaduras causadas pelo frio extremo, por exemplo. Se houver quaisquer anomalias, ela deixa de amamentar o cordeiro, pois sente dor.

Como tratamento, submerja os tetos da fêmea em água oxigenada ou bórica por até uma semana. Assim que as feridas (rachaduras) cicatrizarem (desaparecerem), ela aceita a cria novamente para a amamentação.

Cordeiros de partos múltiplos


Os partos múltiplos exigem cuidados especiais para que os cordeiros consigam se desenvolver normalmente. Uma forma de fortalecer esses animais debilitados é com a ministração de colostro, principalmente nos primeiros dias de vida.

Os cordeiros devem se alimentar exclusivamente de leite de ovelha até o 30° dia de vida. Depois, pode ser fornecido ao animal leite de vaca, contanto que seja respeitado um período de adaptação.

Fornecimento de feno e ração


Do 45° dia em diante podem ser fornecidos ração e feno de qualidade e à vontade. Devem-se aumentar gradualmente o fornecimento do alimento sólido e o número de horas de separação da cria com a mãe, com mamadas noturnas até que o animal seja desmamado.

Vantagens do desmame precoce


O desmame precoce é o mais recomendado e ocorre entre 45 a 60 dias de vida. Nessa fase, o cordeiro deve ser alimentado em cocho privativo, já que sua dieta é especial. Como no término da gestação e da amamentação, a ovelha libera ovos de helmintos, que contaminam os filhotes e o pasto, o desmame precoce evita verminoses em cordeiros.

Quando o desmame é realizado tardiamente (aos 70 dias de vida), o cordeiro ganha apenas 98 gramas de peso diário. Por outro lado, quando o desmame é realizado precocemente (aos 45 dias de vida), o filhote ganha 205 gramas de peso diário. Como podemos notar, a diferença é enorme.

Quanto ao desmame ainda mais tardio (bem após os 70 dias), embora seja adotado em criações extensivas, ele também não é recomendado, pois aumenta o índice de mortalidade dos cordeiros, devido à contaminação por ovos de helmintos. Sem falar na demora no ganho de peso diário.

Conheça os Cursos CPT da Área Criação de Ovinos:

Técnicas para Produzir Mais Cordeiros

Produção Intensiva de Cordeiros

Gerenciamento na Criação de Ovinos

Fonte: tudovet.com.br

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Guia Básico para a Criação de Ovinos

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!