WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cordeiros - a importância do fornecimento de proteínas e micronutrientes na dieta alimentar

A introdução de proteína na dieta dos cordeiros, em concentração e qualidade adequados, pode modificar o consumo pelos ruminantes, alterando tanto o mecanismo físico, como o fisiológico

Cordeiros - a importância do fornecimento de proteínas e micronutrientes na dieta alimentar

 

Nos dias atuais, não é admitido que confinadores continuem alimentando os cordeiros confinados, ou qualquer outro animal, de forma aleatória, sem considerar o necessário equilíbrio entre os nutrientes. Sendo assim, a introdução de proteína na dieta animal, em concentração e qualidade adequados,  pode modificar o consumo pelos ruminantes, alterando tanto o mecanismo físico, como o fisiológico.

O efeito da adição de proteína sobre o consumo se faz sentir mais nitidamente, quando ela se encontra em níveis muito baixos, uma vez que a deficiência de proteína degradável na dieta limitaria a atividade microbiana, afetando assim, a ingestão e a digestibilidade dos nutrientes. É importante ressaltar que a redução no teor de proteína bruta (PB) da dieta para níveis abaixo de 12%, ou na disponibilidade de nitrogênio, poderá reduzir a digestão da fibra e, consequentemente, restringir o consumo.

Principais fontes de proteína

As principais fontes de proteína para os ruminantes são a microbiana e a dietética que escapam da degradação no rúmen, as quais, digeridas no abomaso e intestino delgado, suprem os aminoácidos para o ruminante. Porém, a proteína fornecida pela síntese microbiana ruminal é inadequada para sustentar a alta taxa de crescimento, requerido nos sistemas intensivos de produção.

Micronutrientes

De maneira geral, existem muitas possibilidades em termos de dietas a serem oferecidas aos cordeiros confinados. Cada região pode possuir maior disponibilidade de determinados ingredientes, fato que tornaria mais barato a alimentação. Em determinadas áreas, por exemplo, as pastagens são pobres em micronutrientes, tais como cobre, cobalto, zinco, iodo e selênio. Essas áreas exigem o fornecimento desses elementos através do sal comum ou pela correção dos solos. A aplicação de micronutrientes em mistura com sal comum permite aproveitar pastagens, antes consideradas impróprias para a criação de ovinos.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Criação de Ovinos, entre eles o Curso Produção Intensiva de Cordeiros, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Por Silvana Teixeira

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!