WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Como evitar a cola durante as provas?

O professor deve usar de todos os artifícios para coibir a cola, pois relaxar nesse quesito desmoraliza o professor e a instituição onde trabalha

O professor deve usar de todos os artifícios para coibir a cola, pois relaxar nesse quesito desmoraliza o professor e a instituição onde trabalha

 

A cola é tão antiga quanto a escola, ao que parece. Chega a ser um fato folclórico da educação. Mas sua ocorrência pode ser analisada sob diversas óticas. Entre elas: não permite ao professor avaliar se o aluno aprendeu de fato; diminui as chances que o professor tem de perceber se algo está errado em sua maneira de ensinar; e, considerando a boa nota como um reconhecimento aos que se dedicam mais (embora não seja esse o único elemento a contribuir para a aprendizagem), tende a desmotivar os alunos com melhores resultados (embora o que importa é se o aluno aprendeu de verdade, independentemente da nota que tirou).

Para ajudar o professor, algumas perguntas são bastante úteis para que este possa repensar os seus métodos quando em sala de aula. Vejamos algumas delas:

É provável haver cola durante a aplicação das minhas provas? Se sim, como farão?

→A olhadela prévia (conseguem cópias da prova antecipadamente).
→Olhos compridos (olham para as provas dos vizinhos).
→Anotação de precaução (trazem cola escrita).
→Chamada (enganosa) da natureza (deixam a sala de provas para ir ao banheiro e conseguem ajuda).
→O truque da troca rápida (pegam o gabarito resolvido de um colega e corrigem a prova antes de entregar).
→A prova invisível (não entregam a prova e depois alegam que você a perdeu).
→O truque da terceira página (substituem a solução errada pela correta após a prova corrigida ter sido devolvida).
→A história se repete (eles memorizam a resposta para a mesma questão de provas anteriores). Esta, temos de reconhecer, na verdade, não é cola. É sua culpa por repetir questões.
→Contratação de substituto.

Então, como posso minimizar cola?

→Não deixe cópias das provas espalhadas, inclusive em arquivos de computador.
→Saiba quantas cópias foram feitas. Conte antes da prova.
→Certifique-se de que a prova está sendo cuidadosamente fiscalizada.
→Não distribua gabaritos resolvidos antes de se certificar que todas as provas foram recolhidas.
→Registre as provas logo após serem recolhidas.
→Faça cópias de algumas provas corrigidas, especialmente daquelas que você suspeita, antes de devolvê-las.
→Exija soluções completas. Não dê notas para respostas corretas que apareceram magicamente na prova.
→Dê provas com consultas tanto quanto possível.
→Dê provas que são fáceis de ler e possíveis de serem resolvidas. É mais provável estudantes colarem em provas que considerem injustas.
→Não repita provas.
→Peça colaboração de colegas, para que haja mais de um professor na sala durante a realização das provas. (Evite, a todo custo, o uso de funcionários não docentes).
→Prepare a prova com múltiplos gabaritos (isto é o mínimo que se pode e deve fazer).
→Tente organizar com os colegas provas de disciplinas diferentes, nas mesmas salas e horários, misturando estudantes de uma prova com estudantes de outra.

Em suma, o professor deve usar de todos os artifícios para coibir a cola. Relaxar nesse quesito desmoraliza o professor e a instituição onde trabalha. Sem dúvida, é impossível erradicar por completo a cola. Entretanto, o professor não pode ser conivente com ela.

Ao flagrar um estudante fraudando colas, é necessário todo o rigor. Em princípio, à prova recolhida por cola deverá ser atribuída nota zero, desde que se tenha a prova do “crime”, é claro!

Por Andréa Oliveira.

Confira o Curso CPT Estratégias de Ensino - Como Fazer seus Alunos Aprenderem Mais.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

ERIVAN SAMPAIO CARNEIRO

6 de out de 2015

Bom dia. Gostaria de saber se o professor pode, legalmente, aplicar a prova com questões diferentes de mesmo nível de um mesmo conteúdo como meio de evitar a cola também. Trata-se de uma dúvida levantada junto a um amigo. Desde já agradeço a atenção.

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de out de 2015

Olá, Erivan!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Seria interessante consultar a Secretária de Educação de sua região para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!