WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Linguagem de Programação JavaScript: um breve histórico

JavaScript é uma Linguagem de Programação criada por Brendan Eich, a pedido da empresa Netscape, em meados de 1995, inicialmente, com o nome Live Script

Linguagem de Programação JavaScript: um breve histórico

 

JavaScript é uma Linguagem de Programação, criada por Brendan Eich, a pedido da empresa Netscape, em meados de 1995. No início, o JavaScript foi batizado com outro nome: LiveScript. No entanto, a Netscape não ficou sozinha com o desenvolvimento do JavaScript. A empresa SUN Microsystems interessou-se por ela e entrou de cabeça no desenvolvimento desta nova linguagem, uma vez que acreditava na ideia inovadora que era o JavaScript.

As linguagens JAVA e JavaScript são diferentes

Com o sucesso inicial do JavaScript, a mudança do nome de LiveScript para JavaScript foi inevitável, e, com certeza, veio por influência da própria SUN, que mantém uma Linguagem de Programação chamada JAVA. É claro que as Linguagens de Programação JAVA e JavaScript são parecidas somente no nome, já que se diferem no conceito e no uso.

Inicialmente, o JavaScript tinha a função de validar formulários HTML

O JavaScript, a princípio, foi criado com o objetivo principal de validar formulários HTML. Na verdade, o JavaScript foi concebido para rodar no servidor. No entanto, com o passar do tempo isso foi modificado e, hoje, o JavaScript é uma linguagem Client-side.

O JavaScript possui uma tipagem mutável

Da mesma forma, o JavaScript foi criado também pensando em ser uma Linguagem de Programação fraca, pois a sua tipagem é mutável, ou seja, uma variável pode conter, por exemplo, um valor do tipo float e depois mudar para um valor do tipo string.

A linguagem de programação Java script é uniformizada

Para que todos os navegadores consigam interpretar os códigos de scripts de forma idêntica, a linguagem de programação JavaScript foi uniformizada.

As variáveis do JavaScript são declaradas sem tipo

Além disso, as variáveis não necessariamente necessitam ser declaradas, além de serem sempre não tipificadas, ou seja, são declaradas sem tipo.

Nos anos 90, a Microsoft criou o JScript, uma dor de cabeça aos desenvolvedores WEB

A Microsoft, vendo tudo isso que estava acontecendo com o JavaScript, percebeu que era uma boa ideia e, em vez de ajudar no desenvolvimento do JavaScript e se tornar parceira desta linguagem, resolveu seguir um caminho paralelo ao JavaScript e criou o JScript para rodar somente no Internet Explorer, o que causou uma grande dor de cabeça aos desenvolvedores WEB por volta de 1997.

Como o JScript só rodava no Internet Explorer, a ECMA criou O ECMAScript

Não obstante, ao perceber este problema, uma empresa chamada ECMA resolveu padronizar a linguagem de modo que pudesse funcionar em todos os navegadores. Desta ideia, nasceu um padrão chamado ECMA, e a linguagem foi batizada de ECMAScript.

Atualmente, o ECMAScript adotou o nome JavaScript, por motivos de marketing

Na verdade, atualmente, todos os programas desenvolvidos em JavaScript são, na realidade, programas em ECMAScript. No entanto, por motivos de marketing e como o nome JavaScript já estava muito bem consolidado, o nome permaneceu JavaScript, em todos os lugares, como livros, revistas, sites e outros.

O ECMAScript é uma uniformização das linguagens de scripts

ECMAScript é uma linguagem de scripts padronizada, ou seja, uma uniformização das linguagens de scripts. Isso acontece para que todos os navegadores consigam interpretar os códigos de scripts de forma idêntica, seja ele o JavaScript ou o JScript. Além destes, o ActionScript do Flash também é compatível com ECMAScript .

Por Andréa Oliveira.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Desenvolvimento de Sites e Softwares, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre os cursos, temos:

Curso CPT Desenvolvimento de Sites – Parte 3 – JavaScript

Curso CPT Desenvolvimento de Sites – Parte 2 – CSS

Curso CPT Desenvolvimento de Sites – Parte 1 – HTML

Curso CPT de Programação Java

Curso CPT Programação PHP

Curso CPT Avançado de Programação PHP

Curso CPT Lógica de Programação

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!