WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito
Cursos da Área Curso Como Administrar Pequenas Empresas Curso Administração Financeira na Pequena Empresa Curso de Negociação - Técnicas e Estratégias de Sucesso Curso Fidelização de Clientes Curso Marketing para Pequenas Empresas Curso Liderança Gerencial - Como Desenvolver Habilidades em Liderança Curso Treinamento de Gerente de Loja Curso Gestão de Pessoas na Pequena Empresa - Parte 1 Curso Planejamento Patrimonial Sucessório por Meio de Holding Curso Segurança Patrimonial para Empresas Curso Loja de Sucesso - Planejamento, Gestão e Marketing Curso Como Administrar Estoque e Almoxarifado Curso Gestão de Pessoas na Pequena Empresa - Parte 2 Curso Primeiros Socorros - nas Escolas, nas Empresas e em Residências Curso Merchandising Visual para o Seu Negócio Curso Como Tornar sua Empresa uma Franqueadora Curso Análise de Crédito e Cobrança na Pequena Empresa - Parte 1 Curso Dinâmicas para Motivação e Cooperação de Equipes nas Empresas - Jogos e Dinâmicas com 10 Práticas Curso Dinâmicas para Motivação e Cooperação de Equipes nas Empresas - Práticas de Jogos e Dinâmicas de Grupo Curso Como Administrar Pequenas Indústrias Curso Análise de Crédito e Cobrança na Pequena Empresa - Parte 2 Curso Estratégias para Desenvolvimento de Municípios Curso Como Implantar um Plano de Cargos e Salários Curso Estratégias para Desenvolvimento de Municípios II com base em Agropecuária e Confecções Áreas Afins 10Capacitação na Empresa Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

O papel do franqueador e do franqueado nas redes de franquias

Franqueador e franqueados atuam no mesmo ramo de negócio, porém, em territórios diferentes, distribuindo para o consumidor final, um conjunto de produtos e/ou serviços

O papel do franqueador e do franqueado nas redes de franquias.

 

O franqueador é um empresário especialista que, por meio de sua empresa, detém os direitos sobre uma marca registrada e atuante no mercado. Para efetuar a expansão de seu negócio pelo sistema de franchising, ele precisa ter desenvolvido e testado um conceito de negócio, e sistematizado suas experiências para serem transferidas aos parceiros, que são os franqueados.

O franqueador permite que cada franqueado utilize sua marca

Por meio de um contrato de franquia, o franqueador permite que cada franqueado utilize sua marca para implementar o conceito desenvolvido e testado, devendo, ainda, seguir as regras e os princípios específicos da franquia, e, assim, por operar com a mesma marca e dentro do mesmo padrão, passa a fazer parte de uma rede.

O franqueado foi aprovado pelo franqueador por seu perfil empreendedor

O franqueado é uma pessoa que foi aprovada, pelo seu perfil, para comprar e operar um formato de negócio sistematizado, que possui área de atuação e território bem definido, e que, por princípios da maioria das franquias, deverá ficar à frente da empresa. Para integrar à rede, alguns padrões de comportamento são exigidos dos franqueados. O mais importante deles é a total afinidade com  segmento de negócio, e a capacidade de se relacionar bem com as pessoas, incluindo principalmente os clientes e potenciais clientes, funcionários, fornecedores, franqueador e equipe.

O franqueado deverá obedecer às regras da franquia

O franqueado constituirá uma empresa (pessoa jurídica) para operar sua franquia, e como principal gestor de sua empresa deverá obedecer às regras da franquia. Perde, naturalmente, um pouco de sua liberdade e independência, porém, faz uso de uma série de vantagens, sendo que as mais importantes são: utilizar uma marca sólida, com identidade visual trabalhada profissionalmente; operar um negócio com processos padronizados; e ter acesso a fornecedores previamente selecionados.

O franqueado deve fazer com que a franquia evolua.

O franqueado tem a função de manter a franquia em constante evolução.

O franqueado tem a função de manter a franquia em constante evolução

Enfim, ele entrará em um negócio cujo modelo já foi testado e aprovado, o que lhe dará mais segurança. Com isso, ele passará a fazer parte de uma rede de franqueados que, junto com o franqueador, trabalhará para promover a marca e fazer com que o negócio esteja em constante evolução. É, portanto, a rede que dá força para o desenvolvimento da própria rede.

O Sistema de Franchising exige organização e fidelidade entre as partes

O que está por trás do Sistema de Franchising é um canal de distribuição específico, de ampla aplicabilidade, que exige conhecimentos, organização, disciplina, colaboração e fidelidade entre as partes. Franqueador e franqueados atuam no mesmo segmento de negócio, sob uma única bandeira e sistemática, porém, em territórios diferentes, distribuindo para o consumidor final, um conjunto de produtos e/ou serviços.

Franqueador e franqueados possuem o interesse de preservação da identidade da rede

Tanto o franqueador como os franqueados possuem interesse em preservar o conceito de negócio e a identidade da rede. É por isto que nos contratos de franquia consta que o franqueador pode e deve auditar o sistema operacional em cada uma das unidades franqueadas. Esse acompanhamento, essa proteção ao sistema não configura para os franqueados como uma obrigação de prestação de serviços por parte do franqueador, e sim uma verificação de que todos estejam protegendo a imagem da marca, e seguindo as regras do sistema-empresa. Proteger a operação e a imagem dá mais solidez ao negócio, e é um componente essencial para a preservação de toda rede de negócios, seja ela uma franquia ou não.

Cabe ao franqueado explorar os aspectos intangíveis para gerar receita e lucro

Considerando que o franqueador já trabalhou antes os aspectos tangíveis do negócio, ou seja, sistematizou a operação, preparou a forma de transferir o know-how, de gerenciar o negócio, e de preservar o padrão de qualidade na franquia, cabe a cada franqueado explorar bem os aspectos intangíveis. Estes são aqueles que não podemos determinar com precisão, não podemos tocar, mas sabemos que existem na operação, e, se bem aplicados, são capazes de gerar receita, tornando-se assim um valor para o negócio.

O cliente é o principal foco de atenção.

Na franquia, o cliente deve ser o principal foco de atenção.

Na franquia, o cliente deve ser o principal foco de atenção

Nessa categoria, temos o conhecimento e experiências bem sucedidas do franqueador, os procedimentos de atendimento e relacionamento diferenciado com os clientes, que dependem da seleção adequada de funcionários e treinamentos destes nos princípios e conceitos da franquia.

O franqueado precisa exercer a liderança em seu território, utilizar corretamente as práticas gerenciais aprendidas, e cuidar bem dos clientes, fazendo com que eles se tornem fãs de sua marca. É fundamental que o franqueado tenha vocação para o varejo para estabelecer bons relacionamentos com os clientes. Na franquia, como em todo negócio, o cliente deve ser o principal foco de atenção, pois sem ele o negócio não sobrevive.

Os franqueados podem propor enriquecimentos e inovações para a franquia

Os franqueados podem também propor enriquecimentos e inovações para a franquia. Cabe, porém, ao franqueador decidir a viabilidade e o momento de adotá-los na rede. Nenhum franqueado pode criar novos produtos ou introduzir novos serviços, sem um estudo e prévia aprovação do franqueador, pois todos estão sujeitos a um padrão comum na franquia; o objetivo é preservar a identidade e operação na rede.

O franqueado deve buscar a satisfação das necessidades emocionais dos clientes

Todo franqueado é responsável pelo desenvolvimento da “fidelidade emocional” do cliente com a marca. Para crescer com sua marca, conquistar um público fiel e tornar o seu varejo altamente competitivo, é fundamental identificar e trabalhar, de forma ética e dedicada, na criação de valor para a marca. Buscar a satisfação das necessidades emocionais dos clientes, e manter em alta a credibilidade da empresa, dos produtos e serviços por ela comercializados é algo indispensável.

Por Andréa Oliveira.

Confira os Cursos CPT, da área Gestão Empresarial, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre eles, destacam-se:

Curso CPT Como Tornar sua Empresa uma Franqueadora

Curso CPT Como Administrar Pequenas Empresas

Curso CPT Marketing para Pequenas Empresas

Curso CPT de Negociação - Técnicas e Estratégias de Sucesso

Curso CPT Análise de Crédito e Cobrança na Pequena Empresa - Parte 1

Curso CPT Gestão de Pessoas na Pequena Empresa - Parte 2

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!