WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Saiba como plantar physalis

Plantar physalis é uma forma lucrativa de negócio, particularmente para o médio e pequeno produtor rural

Saiba como plantar physalis

A Physalis angulata, conhecida popularmente como juá, é uma deliciosa fruta comestível, disposta dentro de um casulo em cálice, constituído de folhas super finas. A forma mais comum de consumo é in natura, mas o fruto pode virar doces, compotas, geleias, licor, sorvete e molhos. Na confeitaria, a physalis é utilizada, na decoração de bolos finos, devido à sua exótica beleza. Já na medicina alternativa, o fruto é utilizado no tratamento de reumatismo e doenças hepáticas.

Essa fruteira solanácea apresenta alto valor comercial, 100 gramas custa mais de R$10,00. Sendo assim, plantar physalis é uma forma lucrativa de negócio, particularmente para o médio e pequeno produtor rural. Mas como é realizado o plantio dessa fruta exótica? Quais as exigências para um plantio assertivo? Qual o espaçamento ideal? Quais os principais cuidados com a frutífera? Quando ocorre a colheita?

Clima e solo


A Physalis angulata é uma planta rústica, capaz de se desenvolver muito bem, em qualquer época do ano, principalmente em regiões de clima quente. Embora suporte o frio, não tolera umidades elevadas. Sem falar que essa fruteira pode ser facilmente acometida por doenças fúngicas - além de pragas, como ácaros e tripes. Quanto ao solo, ele deve apresentar boa fertilidade, com bom volume de matéria orgânica, e pH 6.

Semeadura e espaçamento


A semeadura da physalis pode ser desenvolvida em bandejas de isopor (128 células), copos de plástico (300 mL) ou saquinhos de polietileno (13 x 13cm). Se a opção for bandeja, em cada célula com substrato de hortaliça, deve ser depositada uma única semente de physalis. Até germinar, período de aproximadamente 20 dias, a planta deve ser mantida em área com 30% de sombra.

O espaçamento recomendado deve seguir 0,8m de distância (entre plantas) e 1,80m (entre linhas). Quando a muda de physalis alcançar 20cm de altura, ela pode ser transplantada para local definitivo. São plantadas duas mudas, lado a lado, com espaçamento de 30cm. Assim que chegarem a 80 centímetros de altura, o produtor deve realizar o tutoramento da planta, semelhante ao do tomateiro.

Tutoramento e demais cuidados


No tutoramento da physalis, são utilizados bambu ou estaca, com dois metros de altura (entre plantas). Ambos devem ser presos com barbante, para dar suporte à planta até o ciclo final de produção. Quando bem tutorada, a physalis pode alcançar 2,5m de altura. Já o melhor sistema de irrigação é o de gotejamento.

Algumas medidas preventivas também devem ser tomadas para evitar doenças fúngicas. Em épocas cuja umidade relativa do ar aumenta, deve-se aplicar calda bordalesa (proporção de 1%) a cada 15 dias. Para prevenção de pragas, como ácaros e tripes, são recomendadas pulverizações, com produtos prescritos por engenheiro agrônomo, a cada dez dias.

Produção e colheita


Em cada hectare, podem ser plantadas até 12 mil fruteiras. Podem ser colhidos cerca de três quilos de frutas por planta quando a cultura recebe o manejo adequado. A primeira colheita da physalis ocorre quatro meses, após o plantio, e se estende a oito meses.

Conheça os Cursos CPT da Área Fruticultura.

Leia o artigo "Conheça algumas frutas exóticas."

Fonte: revistagloborural.globo.com

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!