WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Peixes, suínos e marrecos: é possível consorciar essas criações?

Na integração devemos utilizar peixes que se alimentem efetivamente de plâncton, que sejam adaptados ao clima da região e que resistam a baixos níveis de oxigênio dissolvido na água

Peixes, suínos e marrecos: é possível consorciar essas criações?   Artigos Cursos CPT

 

O consórcio é a utilização da piscicultura integrada à outra atividade agropecuária, em geral para aproveitamento de dejetos. Dentre os consórcios mais comumente utilizados, podemos citar os com suínos, marrecos, camarões e a rizipiscicultura ou integração peixe-arroz.

“Na integração para aproveitamento de dejetos devemos utilizar peixes que se alimentem efetivamente de plâncton, que sejam adaptados ao clima da região e que resistam a baixos níveis de oxigênio dissolvido na água, com essas características temos o pacu e o tambacu”, afirma Manuel Vazquez Júnior, professor do Curso a Distância CPT Criação de Pacu e Tambaqui.

I- Pacu e Tambaqui em integração com suínos


A integração com suínos pode ser de três formas básicas; na primeira, os dejetos do suíno são levados ao tanque e jogados a lanço; esta opção possui como inconveniente a elevada mão de obra e a perda do nitrogênio da urina por evaporação, perdendo assim uma fonte de nutrientes para a formação de plâncton. Outra alternativa é a utilização de canaletas de escoamento; assim, ao lavar as instalações os dejetos iriam diretamente para a piscicultura, este método permite um melhor aproveitamento dos dejetos em relação ao método anterior.

O método considerado de melhor aproveitamento é a utilização de baias suspensas sobre o tanque; estas baias devem possuir piso ripado para permitir a passagem de fezes, urina e restos de ração. Em geral, o número de suínos é dado em número de porcos em engorda por área do tanque, utiliza-se um suíno para cada 50 a 100 m2, é importante lembrar que, no período frio, como a decomposição do esterco é lenta, o seu fornecimento deve ser reduzido ou mesmo suspenso.

II- Pacu e Tambaqui em integração com marrecos


No consórcio marreco-peixe, recomenda-se colocar no máximo 500 marrecos/ha de espelho d’água para que o excesso de esterco não venha a causar problemas de falta de oxigênio à água, o que comprometeria a criação dos peixes. Os peixes serão beneficiados com a formação de alimentos naturais (zooplâncton e fitoplâncton). Para os marrecos, o contato com grande quantidade de água é tecnicamente recomendado.

Na integração com camarões, o objetivo é otimizar a produtividade do tanque a semelhança de um policultivo, porém estes peixes possivelmente irão se alimentar dos camarões inviabilizando esta prática, também a rizipiscicultura não é aconselhada uma vez que a lâmina d’água é muito pouco profunda para essas espécies poderem alcançar o seu tamanho comercial.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Vai criar pacu e tambaqui? Faça em tanques-rede!
- Úmida ou seca? Qual a melhor ração para peixes?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT da área Piscicultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Thiago siqueira

27 de set. de 2021

Ola tenho uma criação de peixes tilápias tenho 75 patos 15 gansos africanos tenho um aerador e 150 porcos a alimentação dos peixe e dos dejetos dos suínos são lavadas as baías e vão diretamente para o tanque o tamanho do tanque e de 30 por 90 gostaria de me aperfeiçoar mais como faço pra entra em contato com vc sou do sertão da Paraíba por favor se tiverem whatsaap me passe para eu poder manda vídeos da minha criação porque aqui na região não temos Tecnico nessa área de dejetos de suínos e o consórcio de patos com peixe e suínos

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de set. de 2021

Olá, Thiago! Como vai?             

Como é bom saber que há pessoas que se interessam em aprimorar seus conhecimentos! 

Fico feliz com sua visita. Em breve, uma de nossas consultoras entrará em contato com informações sobre o curso na área desejada. 

Forte abraço!   

Marcela Teixeira.

O contato do nosso whatsapp é esse, ok!

 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024

Jonas Assis Silva

23 de mai. de 2021

Sou novo área de piscicultura e marrecos. Quero deixar meus marrecos solto, tenho 2 poço bem grandes coloquei tilápia e tambacu , filhotes mais fico na dúvida se lá 9 marreco e 4 patos irão comer esse pequenos alevinos me de uma dica por favor. Poço e fundo meio deles média de 2 metros

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de jun. de 2021

Olá, Jonas Assis Silva

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site.

O ideal é que um especialista na área visite sua propriedade e avalie sua criação, para que o mesmo possa orientá-lo de forma mais eficiente.

Atenciosamente,

Erika

 

 

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!