WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Artigos sobre a área Piscicultura

Piscicultor responda: Todos os peixes têm bexiga natatória?

A presença da bexiga natatória é uma característica dos peixes ósseos. Muitos peixes ósseos possuem uma bexiga natatória, ou bexiga de ar, que promove a capacidade de os peixes flutuarem. Alguns peixes que vivem no fundo são desprovidos de bexigas natatórias, pois, segundo os seus hábitos, são desnecessárias, já que os seus movimentos ficam restritos ao fundo.

Como medir o nível de oxigênio em açudes?

O piscicultor deve sempre se preocupar com o oxigênio dissolvido, pois é um dos principais fatores responsáveis pelo sucesso ou o fracasso de uma piscicultura. “É preciso ter água suficiente, e de qualidade; caso contrário, o produtor vai precisar lançar mão de artifícios para aumentar o O2 disponível, como o uso de aeradores, sopradores, oxigenadores etc.”, explica Giovanni Resende...

Como deve ser o tanque para alevinos?

O tanque ideal para alevinos é aquele que possui proteção contra predadores e facilita as operações de seleção, repicagem e despesca. “A quantidade por embalagem varia em função da espécie, do tamanho dos peixes e da distância a ser percorrida”, explica Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura.

Como montar uma piscicultura de sucesso?

A piscicultura causa baixos impactos ambientais, gera empregos e serve de sustento para inúmeros produtores rurais. São várias as espécies de peixes que podem ser criadas, como tilápia, pacu e tambaqui. Entretanto, para o sucesso da piscicultura, são necessários alguns cuidados com a localização, a estrutura, a alimentação e a reprodução dos peixes.

Importância do programa alimentar na criação comercial de peixes ornamentais

Os peixes devem ser alimentados de três a sete vezes por dia, dependendo da etapa de sua vida, sempre com a quantidade de ração variando de acordo com a temperatura da água. “Os peixes necessitam de temperatura e de oxigênio para aproveitar bem o alimento”, explica Manuel Vazquez Vidal Junior, professor do Curso CPT Produção de Peixes Ornamentais.

Criação comercial de peixes ornamentais: proteínas e aminoácidos

Os peixes não absorvem a proteína intacta, mas sim seus aminoácidos. Os aminoácidos que não podem ser sintetizados pelos peixes são chamados essenciais, sendo fundamental que estejam presentes na alimentação. “Os principais aminoácidos essenciais para os peixes são a metionona, a lisina e o triptofano, pois costumam estar em quantidade insuficiente nas rações comuns”

Vai criar peixes ornamentais para comércio? Aprenda a formular rações

As rações para a criação comercial de peixes ornamentais devem ser formuladas para atender as exigências nutricionais com o menor custo possível. “Mas é fundamental ter à disposição um bom número de ingredientes ricos em proteína e outros ricos em energia”, explica Manuel Vazquez Vidal Junior, professor do Curso CPT Produção de Peixes Ornamentais.

Criação comercial de peixes ornamentais: deficiências nutricionais

A nutrição inadequada dos peixes causa diversas deficiências nutricionais, com sintomas específicos. De maneira geral, todas afetam a velocidade de ganho de peso e por isso causam prejuízo econômico. “Quanto mais intensiva for a criação de peixes, maior será a dependência dos nutrientes da ração e por isso mais comum será o aparecimento de sinais de deficiência nutricional em...

Um pouco mais sobre a reprodução de peixes ornamentais em cativeiro

A reprodução em cativeiro é uma condição bastante importante para o desenvolvimento de sistemas produtivos de determinadas espécies. Das mais de 100 espécies cultivadas para corte, apenas as enguias não têm sua reprodução em cativeiro dominada, significando um dos entraves à expansão desta cultura.

Vai criar peixes ornamentais para comércio? Dê alimentos vivos a eles

Nas criações em sistema semi-intensivo, o uso de adubos favorece a produção, no próprio tanque de cultivo dos peixes, de organismos planctônicos, larvas de mosquito e outros pequenos animais que servem de alimento para os peixes ornamentais, complementando sua necessidade de proteína e vitaminas, além de ácidos graxos essenciais. Nesse caso, uma produção específica de alimentos vivos...

Fique por dentro das novidades!