WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Metodologia Viçosa de cálculo de custo de produção na pecuária leiteira

Modelo a ser usado por pecuaristas é a Metodologia Viçosa de Cálculo de Custo de Produção, que é excelente padrão para realizar os mais diversos cálculos relacionados à produção de leite

Metodologia Viçosa de cálculo de custo de produção na pecuária leiteira   Artigos CPT

 

Modelo a ser usado por pecuaristas é a Metodologia Viçosa de Cálculo de Custo de Produção, que é excelente padrão para realizar os mais diversos cálculos relacionados à produção de leite, explica Prof. Marcelo Carvalho de Souza, do Curso CPT Gestão Econômica e Financeira na Pecuária Leiteira.

Tendo esta metodologia como ferramenta, o pecuarista aprende a realizar:


- o cálculo de custo da produção;
- o custo operacional efetivo (COE);
- o custo operacional total (COT);
- o custo total (CT);
- o custo do leite x o custo da atividade;
- a margem bruta da atividade leiteira;
- a margem líquida da atividade leiteira;
- o lucro na atividade leiteira e, ainda,
- aprende sobre a variação do inventário animal (VIA).

De forma bem simplificada, podemos dizer que:


I- Metodologias de cálculo de custo de produção
A adoção de uma metodologia para calcular o custo de produção é uma forma de absorver todas as particularidades no custo de produção de leite e, assim, gerar informações de grande importância para o produtor rural.

II- Custo operacional efetivo (COE)
O primeiro extrato de custos que será abordado dentro da Metodologia Viçosa de Cálculo de Custos de Produção de Leite relacionado ao custo operacional efetivo (COE) corresponde aos insumos utilizados dentro de um ciclo de produção (12 meses). Para calcular o custo operacional efetivo, é preciso selecionar e somar todas as despesas decorrentes da produção de leite. A partir desse valor, é possível calcular diversos indicadores econômicos que auxiliarão na tomada de decisão no processo de gestão da fazenda.

III- Custo operacional total (COT)
O custo operacional total corresponde a todos os itens de custos necessários para a manutenção da operação da empresa rural e deve ser colado na tabela de indicadores, no campo Custo operacional total da atividade leiteira.

IV- Custo total (CT)
O Custo Total (CT) corresponde a todos os custos operacionais da empresa somados a uma remuneração mínima para a atividade se tornar atrativa economicamente. Os componentes do custo total são: COT (custo operacional efetivo, depreciação e mão de obra familiar) somados ao Custo de Oportunidade do capital investido em animais, máquinas, benfeitorias e forrageiras não anuais.

V- Custo do leite x custo da atividade
A diferenciação entre o custo do leite e o custo da atividade será demonstrada a partir de uma atividade prática.
Dados
• Venda de leite: 365.000 L X R$ 1,00 (preço do leite) = R$ 365.000,00
• Venda anual de animais: R$ 91.250,00
Renda bruta total: R$ 456.250,00 ( 80% Leite, 20% animais, 80% Renda do leite em relação à renda da atividade)

Conhecer o custo do leite é fundamental para verificar a viabilidade de sua produção, e conhecer o custo da atividade é fundamental para saber a viabilidade da atividade leiteira como um todo.

VI- Margem bruta da atividade leiteira
A margem bruta da atividade leiteira corresponde à renda bruta da produção obtida, subtraídos os custos operacionais efetivos atribuídos a essa exploração, considerando o período analisado.

VII- Margem líquida da atividade leiteira
É a diferença encontrada entre a Renda Bruta e o Custo Operacional Total, considerando o período analisado de acordo com a cadeia de produção.

- Lucro na atividade leiteira
O cálculo do lucro é feito subtraindo da renda bruta o custo total da atividade leiteira, considerando o período analisado.

VIII- Variável do inventário animal (VIA)
Para tratar as particularidades que surgem do cálculo do custo da produção referentes ao final do ciclo, é utilizada a ferramenta Variação do Inventário Animal (VIA), que consiste na estabilização hipotética do rebanho e possibilita, entre outras coisas, corrigir custos de produção que não condizem com a realidade do sistema de produção.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Gestão econômica e financeira na atividade leiteira

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!