WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Mastite subclínica - aprenda a diagnosticar

O diagnóstico da mastite subclínica é realizado a campo, com a utilização do Califórnia Mastite Teste, popularmente conhecido como CMT, e pela Contagem de Células Somáticas, a CCS

Mastite


Enquanto o diagnóstico da mastite clínica é bastante simples, feito visualmente por meio do teste da caneca de fundo escuro, o diagnóstico da mastite subclínica é mais complexo. É realizado a campo, com a utilização do Califórnia Mastite Teste, popularmente conhecido como CMT, e pela Contagem de Células Somáticas, a CCS.

Segundo Juliano Resende, professor do Curso a Distância CPT Ordenha Mecânica, em Livro+DVD e Curso Online, “A realização tanto do teste CMT como da CCS deve ser feita mensalmente, sendo mais indicada duas vezes ao mês. Os resultados serão usados para planejar a linha de ordenha, na qual os animais com maiores índices de mastite subclínica são ordenhados mais ao final da ordenha”.

O CMT é um teste comum e de fácil manuseio. Para ele, utiliza-se uma raquete apropriada, com quatro receptáculos que receberá o leite de cada teto. Sobre o leite colhido, é aplicada a solução CMT, que pode ser adquirida em lojas de produtos agropecuários. No teste, o leite de cada teto é coletado em cada compartimento da raquete até a marca indicada no compartimento, que corresponde a 2 mL de leite. A seguir, adiciona-se a solução CMT até que seja atingida a segunda marca indicada no compartimento, que garante a adição de 2 mL da solução. Na sequencia, são realizados movimentos circulares com a raquete, promovendo a mistura do leite com a solução CMT, quando ocorrerá ou não a formação de um gel. Por fim, a leitura do teste é feita em função da reação do leite com a solução CMT, de acordo com as indicações do fabricante do produto, como indicado na tabela. É importante que o CMT seja feito por um profissional treinado, preferencialmente sob orientação de um veterinário.

Grau CMT

Reações da mistura leite/solução CMT

Negativo

Não há formação de gel

Traço (falso positivo)

O gel se forma instantaneamente, mas logo

desaparece, não havendo alteração na

consistência

Fracamente positivo (+)

Rápida formação de gel no centro da solução,

que logo desaparece. Porém, observa-se leve

alteração na consistência

Positivo (++)

Formação visível de gel que, com a agitação,

tende a ficar mais fraca, havendo alteração na

consistência do material observado

Fortemente positivo (+++)

Forte formação de gel, que não desaparece

mesmo depois de algum tempo. Ocorre

também forte alteração na consistência

A CCS é um teste normalmente realizado pelas indústrias de laticínios que compram o leite dos produtores, sendo utilizada como indicador da qualidade do leite.

Análise dos resultados do teste para contagem de células somáticas (CCS)

Grau CMT

CCS*

Negativo

100.000

Traço (falso positivo)

300.000

Fracamente positivo (+)

900.000

Positivo (++)

2.700.000

Fortemente positivo (+++)

8.100.000

* Número de células somáticas por mL de leite.


É importante destacar que há uma associação entre os resultados do CMT e da CCS, o que pode ser observado na Tabela 5.4. Geralmente, se o CMT for negativo, a CCS estará abaixo de 100 mil, enquanto CMT positivo indica CCS altíssima (2.700.000).

Mastite x saúde humana


Não apenas aspectos econômicos devem ser considerados quando se analisa a mastite, uma vez que a incidência dessa doença gera perda de produção e o encarecimento do custo do produto, enquanto a indústria recebe um leite de pior qualidade. O controle da mastite também está associado a questões da saúde humana, pois algumas cepas de Staphylococcus aureus, causadoras de mastite, podem, por exemplo, produzir enterotoxinas no leite comercializado in natura mal refrigerado ou durante a produção de queijo produzido com leite cru. Depois de formada, essa toxina não pode mais ser destruída pelo calor e nem mesmo por dessecagem. Quando esses produtos são ingeridos por humanos, causam náuseas, vômitos e cólicas abdominais.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Gado de Leite.

Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!