WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cultivo de produtos orgânicos em sítios e chácaras

O cultivo de produtos orgânicos é uma boa alternativa financeira para produtores rurais

Agricultura orgânica

As mudanças climáticas e a necessidade de cuidar dos recursos não renováveis possibilitaram o crescimento da agricultura orgânica. Essa prática é uma boa alternativa para produzir alimentos sem a utilização de agrotóxicos ou fertilizantes químicos e pode ser realizada em vários locais.

Jacimar Souza, um dos professores do Curso a Distância CPT Horticultor Orgânico, defende que a produção orgânica é uma atividade que tem crescido muito em todo o mundo, principalmente pela importância de se preservar o meio ambiente e pela exigência de produtos mais saudáveis por parte dos consumidores.

O cultivo orgânico é uma tendência do mercado que só tem a crescer por causa da crescente preocupação dos consumidores em relação à qualidade de vida. Produzir itens orgânicos é uma boa alternativa também para pequenas propriedades rurais e tende a gerar lucros.

Os diferenciais do cultivo orgânico são: tratamento do solo somente com adubo orgânico (estercos e composto), diversificação de culturas, rotação de culturas, associação das culturas e uso de plantas repelentes, plantas atrativas e plantas e que estimulam o crescimento das hortaliças.

Explicamos abaixo como lidar em algumas situações numa produção orgânica:

Fertilização do solo

A fertilização do solo só pode ser feita com compostos orgânicos, húmus e outras alternativas, sem a utilização de qualquer produto químico ou agrotóxico. A rotação de culturas também ajuda na fertilização do solo a longo prazo.

Combate a pragas e doenças

O combate às pragas e às doenças também não pode ser feito com nenhum composto químico, como fungicidas e herbicidas. São utilizados métodos naturais, como as chamadas plantas repelentes.

Repelentes naturais

Alho, manjerona, gerânios, mal-me-quer, urtiga, camomila, cebola, hortelã e tomilho são exemplos de plantas que funcionam como repelentes para insetos. O plantio dessas espécies na horta ou em sua proximidade evita pragas e outras doenças.

Nematóides

Nematóides são pequenos vermes que atacam as raízes de quase todas as hortaliças e faz com que a produção seja reduzida. Para evitar seu aparecimento, é importante fazer a rotação de culturas. Cobrir a cobertura morta entre as hortaliças com capim picado também pode ajudar.

Predadores

Qualquer animal que tente comer as hortaliças ou causem estragos são chamados de predadores. Para evitar que eles apareçam e prejudiquem a produção, é necessário cercar a horta.

Hidroponia

São muitas as técnicas de cultivar vegetais, mas uma se destaca na produção orgânica: a hidroponia. É uma técnica antiga e única. Sua proposta é cultivar vegetais sem a utilização do solo e fazer o cultivo apenas com água, associada a elementos nutritivos.

A hidroponia também permite alto grau de produtividade de hortaliças e outros vegetais. Essa prática é muito comum em regiões onde não há solo adequado para o cultivo, ou até mesmo em regiões de clima inóspito, pois o cultivo hidropônico é feito, geralmente, em estufas, com temperatura controlada.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Agricultura Orgânica:

Curso Horticultor Orgânico
Curso Produção de Morango Orgânico
Curso Cultivo Orgânico de Tomate, Pimentão, Abóbora e Pepino

Fonte: Rural News – Ruralnews.com.br

por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!