Adubo orgânico líquido (Tenkei-jiru)

O adubo orgânico líquido (Tenkei-jiru) pode ser preparado na propriedade, com ingredientes que se encontram na região

O adubo orgânico líquido (Tenkei-jiru) pode ser preparado na propriedade, com ingredientes que se encontram na região

 

Geralmente, as plantas se desenvolvem em harmonia com a natureza, apresentando nas superfícies das folhas e nas rizosferas microrganismos benéficos a elas. Entretanto, em condições adversas, os microrganismos se enfraquecem e sua população se reduz, prejudicando o seu desenvolvimento normal. Para sanar esse mal, os adubos líquidos caseiros (orgânicos), aplicados nas folhas ou no solo, fortalecem os microrganismos debilitados, fornecendo a eles hormônios, sais minerais, vitaminas e outros ingredientes nutritivos. Como resultado, a planta volta a se desenvolver novamente.

Os ingredientes para o preparo de um volume de 200 L são:

→Mais ou menos dois sacos cheios de biomassa vegetal picada (folhas novas tenras, broto de bambu, artemísia e outras);

→Água pura (sem cloro);

→5,0 kg de farelo de arroz;

→2,0 kg de açúcar mascavo;

→1 L de inoculante.

Processo de elaboração do adubo orgânico:

→O adubo líquido deve ser preparado em um tambor ou tanque de material que não oxida, como os tambores plásticos;

→Despejar, dentro do tambor, o farelo de arroz, o açúcar e o inoculante;

→Adicionar um pouco de água e misturar, para que o material se dissolva;

→Colocar uma travessa de madeira (um bastão) na boca do tambor, para pendurar dois sacos de nylon telado, cheio de biomassa vegetal picada;

→Para forçar a imersão da biomassa, quando o tambor estiver sendo cheio de água, pode ser colocada uma pedra, como contrapeso, no fundo do saco;

→Completar o volume do tambor com água.

→Agitar o conteúdo do tambor com uma pá de madeira.

→A agitação deve ser feita duas vezes por dia, para forçar a aeração e provocar a fermentação do material.

Estado final do líquido:

O material apresenta-se transparente no início. Depois de dois a três dias, completa a fermentação e o líquido assume o tom verde-amarelado e emana cheiro agradável de fermentação. Pode-se, também, adaptar uma bombinha de aquário, para oxigenar. Nesse caso, a fermentação se completa em um ou dois dias. O líquido resultante deve ser coado, para sua utilização, a fim de evitar o entupimento do pulverizador.

Aplicação:
 
A calda fermentada poderá ser utilizada na diluição de 5% a 10% (5 a 10 L em 100 L de água), aplicando-se nas folhas; ou 20 L de líquido, em 100 L de água, para aplicar no solo.

Por Andréa Oliveira.

Conheça o Curso CPT Agricultura Natural.

Cursos Relacionados

Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa

Com Prof. Luiz Geraldo de Carvalho Santos

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Tornar sua Fazenda Orgânica Curso Como Tornar sua Fazenda Orgânica

Com Prof.ª Clevane Valle e Prof. Joe Valle

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Agricultura Natural Curso Agricultura Natural

Com Prof. Kunio Nagai, Prof. Newton Miyasaka e Prof. D...

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

JOSE CARLOS CAU DOS SANTOS SANTOS

1 de abr de 2015

Gostaria de saber onde eu compro ou como fazer para aquisição de INOCULANTE??

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de abr de 2015

Olá, José Carlos!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Você pode encontar o inoculante na Embrapa de sua região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Elvison Nascimento

14 de jan de 2015

Eu acredito muito na agricultura orgânica, por isso que me formei como técnico agrícola, sonho em ser um agrônomo e trabalhar na ária, acho lindo o trabalho de todos que acreditam na agricultura orgânica do nosso país..

Outros artigos relacionados à área Agricultura Orgânica

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade