WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!

Artigos sobre a área Administração Rural

Principais tipos de seguro rural

Produtores rurais estão sujeitos a uma série de infortúnios, desde intempéries climáticas até acidentes, que podem colocar em risco os negócios. Felizmente, o seguro rural lhes garante proteção para que as atividades do campo permaneçam a pleno vapor. Os principais são: seguro agrícola, seguro pecuário, seguro aquícola, seguro florestal, além do seguro de bens e equipamentos.

Quais são os principais tipos de cercas?

As propriedades rurais são verdadeiras fontes de renda para criadores de animais, agricultores ou para quem pratica alguma outra atividade fazendo uso delas. Porém, independentemente da atividade exercida, é preciso garantir a sua segurança com a construção de cercas, que também servem para delimitar o território e evitar a invasão ou fuga de animais.

Descubra as diferenças entre chácara, sítio e fazenda

Nos primórdios, as propriedades rurais, dentre elas, chácaras, sítios e fazendas, eram dimensionadas de acordo com a extensão em metros quadrados (m²). No Brasil e muitos países em todo o mundo, o sistema métrico adotado para esse fim é o hectare, que corresponde a 10.000 m². O objetivo foi padronizar a medida para evitar conflitos por especificações diferentes entre regiões.

Agronegócio: segmentos e produtos mais rentáveis

O agronegócio ou agrobusiness engloba atividades rurais com fins de comercialização de produtos agropecuários. Seus agentes são viveiristas, agricultores, pecuaristas, piscicultores, aquicultores, apicultores, empresas agropecuárias, agroindústrias, indústrias de biocombustíveis, indústrias/distribuidores de defensivos e fertilizantes agrícolas e outros.

Como melhorar a gestão da propriedade rural

Para melhorar a gestão da propriedade rural, o gestor deve adotar estratégias, que amenizem os custos de produção e potencializem a rentabilidade do negócio. Vele lembrar que tais medidas não podem comprometer a qualidade dos produtos, mas sim garantir um bom padrão, como diferencial competitivo imbatível.

Índices zootécnicos: por que isso é tão importante na pecuária?

A adoção de tecnologia, em sistemas de produção, deve ser mensurada e avaliada economicamente, bem como o impacto de seu uso sobre o aumento dos índices zootécnicos e produtivos nas diversas fases do ciclo de produção de bovinos, de acordo com cada sistema em particular, para que possa ser indicado técnica e economicamente.

Confinar ou não confinar gado de corte? O que eu devo saber sobre isso?

O confinamento é uma atividade que envolve um risco mais elevado devido ao volume de desembolso financeiro, e sua rentabilidade ser muito dependente do preço de compra e venda dos bovinos, afirma Fabiano Alvim Barbosa, professor do Curso a Distância CPT Planejamento e Gestão Financeira da Empresa Rural.

Informática combina com agropecuária? Sim, e muito!

À medida que a complexidade e a quantidade dos dados obtidos para gerar as informações vão aumentando, o uso da informática torna-se fundamental para a eficiência na coleta e armazenagem dos dados e agilidade e precisão dessa informação. “E isso acontece, principalmente, no setor agropecuário”, afirma Fabiano Alvim Barbosa, professor do Curso a Distância CPT Planejamento e Gestão...

Como ganhar mais dinheiro com o seu sítio? Criação de animais

Com o avanço da sociedade moderna e posterior surgimento de tecnologias que facilitaram a vida do homem do campo, sítios e fazendas deixaram de ser apenas locais onde se produz alimento para a subsistência para se tornarem locais de onde é possível, além de alimentos, tirar renda.

Mercado varejista e mercado atacadista: como funcionam?

Os varejistas constituem o grande número de indivíduos que operam com grande variedade de mercadorias, porém, em pequenas quantidades. São donos das mercadorias e compram e vendem para seu próprio lucro. “Bons exemplos são supermercados, mercearias, padarias, açougues, verdureiros, armazéns, feiras, restaurantes, farmácias, cooperativas entre outros”, afirma Alberto Martins Rezende,...

Fique por dentro das novidades!