WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"quais-os-riscos-que-corremos-em-utilizar-o-modelo-de-gestao-de-estoques-de-ponto-de-reposicao-e-lote-economico-para-todos-os-itens-de-um-sistema-produtivo"

Irrigâmetro promete economia e produtividade na irrigação

Agricultores familiares de Minas Gerais têm grandes expectativas quanto aos resultados de suas próximas colheitas. É que agora eles podem contar com a ajuda do irrigômetro, aparelho criado pela Universidade Federal de Viçosa - UFV, que promete economia e produtividade na lavoura, por meio de uma irrigação eficiente.

Uso de tecnologias intensifica os sistemas de produção na pecuária de corte

A utilização de sistemas de tipificação que atendam a heterogeneidade do sistema pecuário brasileiro, embasados em uma produção orientada, é de grande valor. A técnica socorre o pecuarista que precisa ter conhecimento do nicho específico de mercado que está sendo atendido por seu produto e do valor que pode ser agregado a esse. O método permite o incentivo da produção de lotes de animais mais homogêneos e de boas carcaças, independente do sistema de terminação adotado, com direito a direcioná-los aos nichos de mercado interno e externo.

Sistema de irrigação com linhas enterradas: o caro que sai barato!

O sistema de irrigação com as linhas enterradas apresenta maior vida útil que os portáteis e móveis, porque as tubulações ficam protegidas de choques mecânicos. Isso sem considerar que poderão ser danificadas em decorrência das repetidas manobras feitas durante as trocas de posições das linhas laterais.

Os profissionais em falta no mercado

Alguns profissionais têm sido procurados por muitas empresas, mas está difícil encontrá-los. São pessoas com alto grau de especialização e preparo, por isso quase nunca ficam disponíveis. Eles geralmente ocupam vagas de gestão, principalmente em grandes corporações. Os salários são altos, mas fazem jus à complexidade e a especificidade do trabalho. Um levantamento feito pela consultoria EXEC a pedido da revista Exame, mostra quais são esses profissionais raros e muito valorizados no mercado brasileiros. São eles: Engenheiros e técnicos para a perfuração de poços de petróleo e gás natural: a área de petróleo e gás como um todo é bem deficiente de pessoal especializado no país. Muitas empresas chegam a importar mão de obra. No entanto, o déficit é ainda maior quando se trata de profissionais para trabalhar na perfuração de poços. Além de preparação muito específica, está cada vez mais difícil encontrar pessoas dispostas a passar muito tempo nas plataformas em alto-mar. Gerentes de incorporadoras com foco na captação de terrenos: o crescimento do mercado da construção abriu espaço para profissões bem mais específicas. Esse tipo de profissional costuma ser formado na área de gestão, mas possui grande experiência e olho clínico para encontrar bons terrenos e realizar bons negócios. Ele ainda precisa ter bom relacionamento com prefeituras e outros órgãos públicos, bem como com outras empresas e pessoas envolvidas no setor. Muitos profissionais estão migrando de outras áreas para trabalhar no setor imobiliário. Gerentes e engenheiros de obras voltadas para a geração de energia: os projetos para a geração de energia são empreendimentos grandiosos, feitos por grandes empresas ou pelo próprio governo e subsidiárias. Para trabalhar nessa área é preciso ter conhecimento técnico em gestão e engenharia, além de muita experiência para lidar com problemas ambientais, locais isolados e o próprio gerenciamento de pessoas em condições especiais. A falta desses profissionais se agrava quando se trata de fontes energéticas menos comuns, como a eólica e a solar. Gerentes agrícolas: esses não parecem estar em falta, visto o grande número deles no mercado. No entanto, a demanda ainda é muito maior, por conta do grande sucesso do agronegócio brasileiro. As deficiências vêm exatamente dos setores que mais produzem para a exportação, como a soja e o setor sucroalcooleiro. O gerente agrícola é responsável por conseguir uma maior produção, com menos custos, aplicando mais tecnologia e um melhor uso dos recursos. Gerentes de planejamento tributário: o sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, as médias e grandes empresas precisam de profissionais especializados para coordenar o planejamento do pagamento e de estratégias ligadas a impostos diretos, aqueles que incidem sobre as operações. Com esse tipo de profissional, as empresas podem economizar muito dinheiro, dentro e fora do país, sempre seguindo a legislação. Gerentes de vendas para a América Latina na área de tecnologia: com o crescimento da economia brasileira e a entrada no Mercosul, o Brasil passou a ser a sede e a liderar muitas negociações na área de tecnologia. Muitas empresas multinacionais instalaram sedes ou filiais no país, fazendo negócios com toda a América Latina. Há demanda por profissionais que coordenem as vendas para os outros países da região. Além dos conhecimentos em vendas, gestão e tecnologia, ele deve ter fluência na língua espanhola e conhecer a cultura e a economia desses países. Engenheiros especializados em cloud computing: a área está relacionada com a gestão e os conhecimentos de computadores ligados em redes (ou nuvens), significando uma evolução na internet. Os profissionais que trabalham nesta área não só possuem um amplo conhecimento de informática como também estão atualizados sobre todas as novidades do setor de internet, aplicativos para dispositivos móveis e redes sociais. Gerentes de serviços na área de tecnologia: telecomunicações e informática são as alguns dos setores que mais crescem hoje. Todos eles estão ligados à prestação de serviços. Esses gerentes precisam ter conhecimento de gestão e mercado, e também entender sobre o produto que oferecem, no caso, tecnologia. Gerente de vendas na área de educação/editorial: este é um dos setores que mais cresce hoje no Brasil, pois está ligado à educação em todos os níveis, mas sobretudo na área de capacitação profissional. O gestor precisa de experiência para trabalhar na área e de conhecimentos específicos sobre o setor, as leis sobre educação e as técnicas sofisticadas de marketing. Por: Maria Clara Corsino.

A correta administração de materiais salva empresas da falência

Hélvio Tadeu Cury Prazeres, Mestre em Marketing, Sistemas de Informação e Processo Decisório, Professor titular da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, e professor do Curso a Distância CPT Como Administrar Estoque e Almoxarifado, explica o motivo pelo qual a correta administração de materiais pode salvar várias empresas da falência. “A administração de materiais é a ferramenta que dá consistência às decisões tomadas por uma empresa para evitar surpresas no futuro, relativas à utilização de recursos de curto prazo em estoques”, afirma Hélvio.

O planejamento dos sistemas pastoris consiste em saber calcular para não faltar

O planejamento dos sistemas de produção e, particularmente, de sistemas pastoris, baseia-se em informações como a projeção da dinâmica do rebanho, a identificação de épocas críticas para a sua nutrição e o estabelecimento de níveis esperados de produtividade da pastagem ao longo do ano. “Essas informações permitem estabelecer épocas de provável escassez ou excesso de forragem e possibilitam prever intervenções de manejo para minimizar estresses nutricionais dos animais e condições inadequadas de utilização da pastagem”

Clique agora e baixe gratuitamente o Miniguia Rápido Para Produção de Peixes no Sistema de Recirculação de Água

Na piscicultura, existe um sistema de criação de peixes e crustáceos conhecido como RAS - Sistema de Recirculação de Água. Por meio dele, a água do cultivo passa por tratamento para ser usada novamente, o que garante ao piscicultor maior economia de água. Trata-se de um sistema constituído de caixas de armazenagem com peneiras, que mudam as gramaturas conforme o tamanho os peixes.

Importância do vazio sanitário nos sistemas de criação de frango de corte

No Brasil, a avicultura de corte tem adotado pelo menos três sistemas de produção. O de integração é realizado com o integrador sendo o único responsável pelas decisões operacionais. No sistema cooperativo, o criador participa da organização e das decisões, correndo, juntamente com o integrador, todos os riscos de um eventual fracasso das operações.

Economia verde pode gerar mais empregos

Um relatório elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) mostrou que os investimentos na economia verde devem gerar mais empregos. O trabalho foi realizado em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a Organização Internacional de Empregadores (OIE) e a Confederação Sindical Internacional (CSI).

Projeto pretende aumentar a produtividade da pimenta-do-reino

O Pará produz, sozinho, cerca de 80% da pimenta-do-reino de todo o Brasil, que é um dos maiores produtores mundiais. Um projeto desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Amazônia Oriental, em Belém, em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater/PA), pretende aumentar a produtividade da cultura no estado.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!