Resultados da busca para "ratos"

Doenças bacterianas - infecção por Leptospira sp

A leptospirose é uma infecção transmitida ao homem pela urina do rato. Os ratos são os portadores da Leptospira, a bactéria causadora da doença. Ao microscópio, essa bactéria é delgada, espirilada e alongada. São facilmente destruídas pelo calor, água clorada e salgada.

Raças de cachorro - Yorkshire Terrier

O Yorkshire Terrier é uma raça originária da Grã-Bretanha. História da raça Durante o período da Revolução Industrial, o Yorkshire Terrier era usado como cão de caça. As pessoas o faziam caçar os ratos das minas de carvão. Tarefa que desempenhava com maestria. O Yorkshire Terrier também tornou-se símbolo de status social, pertencendo às damas da mais alta nobreza britânica.

Empresas de dedetização

O controle de pragas começou a ser realizado comercialmente no Brasil na década de 40. Antes disso, ele era responsabilidade do governo em campanhas de saúde pública. Com o crescimento dos centros urbanos, os problemas com insetos e roedores têm se agravado devido, principalmente, ao enorme volume de lixo produzido diariamente sem um destino apropriado. A falta de conscientização das pessoas e a falta de planejamento do governo agrava ainda mais a situação. Sem o tratamento adequado de água e esgoto, ocorre a proliferação de pragas que causam diversas doenças infecciosas e parasitárias ao ser humano.

Manejo do avestruz

O termo ratitas vem do latim e significa rate (jangada), referindo-se ao esterno de algumas aves, que se assemelha a uma jangada, desprovidas de musculatura peitoral, inviabilizando o seu voo. São elas: o kiwi, o casuar, o emu, a ema e o avestruz. Este último tem potencial para se tornar uma verdadeira máquina de transformar alimentos de qualidade inferior em proteína animal de alta qualidade, mais saudável do que as tradicionais.

Raças de cachorro - Buldogue Francês

O Buldogue surgiu de diversos cruzamentos, entre raças como os Alanos e os Dogues. O primeiro padrão da raça ocorreu em 1898, sendo modificado nos anos de 1931, 1932 e 1948. E, finalmente, a última modificação no padrão ocorreu em 1994. O Buldogue Francês era usado como cão de caça por açougueiros e mercadores de vinho. Sua presa principal eram os inúmeros ratos. Séculos depois, tornou-se o cão preferido da alta burguesia francesa.

Pulga - parasita externo causador de desconforto e transmissor de doenças aos cães

As pulgas, nome popular dado aos sifonápteros (Siphonaptera), são uma ordem de insetos sem asas. Parasitas externos, elas se alimentam do sangue de aves e mamíferos, principalmente cães, podendo perfeitamente transmitir perigosas doenças, como o tifo e a peste bubónica aos animais. Sua maior incidência se dá sobre animais de estimação, também chamados de hospedeiros, como o gato, o cachorro, entre outros. Por meio deles, as pulgas garantem sua alimentação e segurança, permanecendo toda a sua vida. Além das incômodas picadas, elas transmitem vermes, parasita hematófagos e podem induzir a processos alérgicos, diminuindo a qualidade de vida dos animais. Devido a sua grande habilidade de saltar, uma pulga é capaz de pular a um metro de distância (200 vezes o próprio tamanho), o que lhe permite passar de um hospedeiro a outro com a maior facilidade. Dependendo da espécie, seu tamanho pode chegar a 5 mm de comprimento. É interessante, então, tanto para donos de canis quanto para os manates de animais, que se saiba tudo sobre as pulgas, como se alimentam, como é o seu ciclo de vida, como evitar as infestações, as principais espécies de maior interesse dos médicos e veterinários e, também, como devem proceder as medidas de controle desse terrível parasita.

Meu cão está intoxicado. O que fazer?

Intoxicações e envenenamentos podem acontecer a qualquer momento, independentemente dos cuidados na manipulação de qualquer veneno ou substância tóxica. Tintas, removedores, produtos derivados de petróleo e até mesmo alguns xampus terapêuticos usados em pet shops podem ser agressivos a alguns cães, causando intoxicações possivelmente letais. Além disso, iscas de venenos para ratos e insetos podem atrair também bichos de estimação como cães e gatos, pois, em geral, esses venenos são palatáveis.

Atendimento Online
Quer Facilidade