WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"quanto-mel-produz-uma-colmeia-de-jatai"

O correto manejo da colmeia aumenta os lucros do apicultor

No Brasil, é fato comprovado que muitos apicultores não preparam suas colmeias para safras futuras. Como resultado desta falta de manejo, eles têm baixa produtividade de mel, deixando de produzir muitos quilos do produto. Essa falta de manejo, no entanto, pode ser facilmente resolvida. Com práticas fáceis, o apicultor pode reverter essa situação aumentando consideravelmente sua produção de mel e, consequentemente, lucros maiores. Para tal, deverá acatar a três fatores decisivos: fornecer alimentação artificial antes da florada, providenciar a substituição anual de rainhas e trocar os favos das colmeias. Sabendo-se que a abelha rainha só bota ovos se houver uma entrada regular de pólen e néctar, indicando estar havendo o início de uma florada, o apicultor, por meio da aplicação da alimentação artificial, poderá induzi-la a botar e, assim, aumentar a postura de acordo com o desenvolvimento da colmeia.

Mel - embalagens apropriadas para o armazenamento e a comercialização

É recomendado que o mel seja embalado em vasilhames de boca larga para que o consumidor possa consumi-lo mesmo em processo de cristalização. A embalagem do mel deve contar com um rótulo frontal identificando o produto, tipo de florada e sua marca, juntamente com ilustrações atrativas. São permitidas informações sobre a qualidade do mel, cristalização, como torná-lo líquido, dicas de consumo e receitas. Por exigência legal e como forma de orientação ao consumidor, o rótulo deverá conter ainda as seguintes informações:

Melado: correção da acidez, remoção das impurezas, ponto certo e acondicionamento

O melado é outro produto obtido da cana, muito procurado no mercado de alimentos naturais. Trata-se de um alimento energético e nutritivo, que pode ser consumido, por exemplo, com pão ou queijo. Além disso, também pode o melado ser utilizado na produção de sorvetes, iogurtes e como adoçante natural para leite, café e saladas de frutas. Na verdade, o melado corresponde ao xarope do caldo da cana em estádio não cristalizável, com a uma concentração de açúcar em torno de 65 e 74° Brix.

Licor de mel - aprenda a fazer

O mel pode ser utilizado em diversos produtos cosméticos e farmacêuticos, como parte de sua composição. Com ele também é possível produzir pães, bolos, balas, biscoitos e licores para serem vendidos em feiras, lojas de artesanato e padarias. Caso o objetivo não seja comercial, ter esses produtos em casa para servir aos convidados é sempre uma excelente opção. Veja como é fácil fazer um licor de mel

Quer mais mel? Leve as abelhas até as floradas!

Quer mais mel? Leve as abelhas até as floradas! “Na apicultura migratória, as colmeias vão para os locais onde estão ocorrendo as floradas. A maior produção acontece por causa do aumento no número de colheitas, duas, três ou até mais vezes por ano, contra apenas uma no sistema tradicional”, afirma Paulo Sérgio Cavalcanti Costa, professor do Curso a Distância CPT Apicultura Migratória - Produção Intensiva de Mel, em Livro+DVD e Curso Online. Por ano são produzidos, em média, nesta modalidade de apicultura, 80 a 100 quilos de mel por colmeia.

Aprenda sobre padrão de qualidade do mel

No Brasil, o consumo de mel tem crescido significativamente, ao mesmo tempo em que as exportações têm garantido bons preços ao produtor. Entretanto, para alcançar sucesso, o apicultor deve contar com uma boa infraestrutura e aplicar as melhores técnicas de manejo. Com isso, chega-se a um mel de alto padrão de qualidade, com alto valor agregado.

Qual abelha sem ferrão criar? Escolha a Jataí!

A criação de abelhas Jataí (Tetragonisca angustula) tem se firmado como uma boa opção aos meliponicultores. Abelha nativa do Brasil, com ampla distribuição geográfica, é encontrada do Rio Grande do Sul até o México. É uma abelha bastante rústica, que tem grande capacidade para fazer ninhos e sobreviver em diferentes ambientes, inclusive em zonas urbanas.

4 dicas importantes sobre a colheita do mel

Define-se mel como produto originado das abelhas melíferas, pertencentes a espécies com ou sem ferrão. Após coletarem néctar das flores e partículas vivas de espécies vegetais específicas, as abelhas levam esses elementos para maturação nos favos da colmeia, até surgir o saboroso mel, que deve ser colhido com base em procedimentos específicos.

Abelhas sem ferrão: Jataí (Tetragonisca angustula)

A criação de abelhas Jataí (Tetragonisca angustula) tem se firmado como uma boa opção aos meliponicultores. A Jataí tem algumas vantagens sobre as africanizadas ou europeias, pertencentes à família Apis: é uma abelha bastante rústica, que tem grande capacidade para fazer ninhos e sobreviver em diferentes ambientes, inclusive em zonas urbanas.

Abelhas sem ferrão: mel com baixo teor de açúcar e ação antibacteriana

O mel das abelhas sem ferrão é considerado o mais delicioso que existe, além de ser diferenciado por sua consistência, aroma, coloração e sabor. Além disso, quase todas as características físico-químicas desse mel atendem aos padrões exigidos pela legislação brasileira, com base no mel da Apis mellifera. Uma das grandes vantagens do mel das abelhas sem ferrão refere-se ao teor de açúcar do mel das melíponas e trigonas, menor que o mel das Apis, chegando a 70%.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!